[ jp / vlm ] [ th / k ] [ p ] [ mod ] [ irc ]

/jp/ - Japão e Cultura Otaku

2d > 3d
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
:
Inserir
Senha (Para excluir arquivos)

Verifique o catálogo antes de criar uma thread nova.

File: 1507485799794.jpg (113.86 KB, 500x640, 55efe8fe36d0f9e902e4ee0404….jpg)

 No.14933

Net-juu no Susume fio!

Anime sobre uma NEET de 30 anos que começa a jogar um MMORPG e faz um char masculino.

 No.14934

File: 1507486193462-0.jpg (198.75 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Net-juu no ….jpg)

File: 1507486193462-1.jpg (154.34 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Net-juu no ….jpg)

File: 1507486193462-2.jpg (1.64 MB, 1636x3448, how a girl feels.jpg)

Mais um anime que irei acompanhar. A premissa é boa, acredito que boa parte dos anões que jogaram MMORPG vão se identificar. E essa garotinha rosada é muito fofinha, além de ser dublada pela Reina Ueda (mesma seiyuu que dublou a Shiori de Sakura Quest na temporada passada, a voz dela é muito fofinha, hnnnnnnnng!). Me lembrou da época que eu jogava Ragnarok Online e fazia um char assim como a Lily, já dizia uma e-amiga da época, que por acaso jogava com char masculino, "garotas doces demais soltam leite condensado pelo palmito". Aparentemente vai ser um bom anime para acompanhar, tem potencial. Parece com o Netoge no Yome só que com adultos e a protagonista é uma mulher, aliás, quem gostou de Netoge pode vir a gostar deste anime também.

 No.14958

Eu não dropei ainda, mas várias coisas já me incomodaram.

O que sempre me incomoda nos animes desse tipo são como eles não se dedicam o suficiente para fazer um jogo melhorzinho, já que vão ficar mostrando cenas dentro do jogo o tempo todo. Eles fazem coisas dentro do jogo que são impossíveis em qualquer jogo, não explicam direito as regras do jogo, e ainda agem dentro do jogo como idiotas.
Eu joguei muito, muito MMO, e nunca vi ninguém indo sentar na taverna com a guild só pra ficar batendo papo (enquanto bebe álcool virtual). Ou ia upar ou conversava sobre o jogo.
Também não acho que alguém vá se apaixonar em um jogo só de ver o personagem do outro jogador, mas sem nem saber o sexo dele na vida real. E muito menos espero ver outros caras dando sermão ou coisa do tipo sobre como se portar ("ainn num faz issu cum ela!"), a não ser em casos de macacagem extrema.

PORRA, MMO não é a vida real, caralho. Quem escreve essas plots nunca jogou um MMO antes? MMO é legal justamente porque não tem essas porcarias, então se vai fazer um anime de MMO, não inventa de enfiar essas coisas, caralho.

Sim, eu mad.

Mas como eu disse, não dropei ainda por que tem Noto Mamiko na protagonista.

 No.14966

File: 1507522331638-0.jpg (496.99 KB, 1443x774, 3a2b917c.jpg)

File: 1507522331638-1.png (1.65 MB, 1360x729, Sem título3.png)

File: 1507522331638-2.jpg (321.88 KB, 1280x768, mabinogi_2014_08_12_004.jpg)

File: 1507522331638-3.jpg (210.37 KB, 853x480, 1494555860913.jpg)

>>14958
>Eu joguei muito, muito MMO, e nunca vi ninguém indo sentar na taverna com a guild só pra ficar batendo papo

Isso depende muito, anão. Sou o >>14914 e também já joguei MMO pra caralho. Já fiquei parado sentado só conversando com membros da guild ou amigos em lugares aleatório, já fiz roleplay com amigos e autismos do tipo e isso é muito comum em MMOs até hoje. O autismo dos japoneses que já vi vai além disso ainda e costumam levar esses rps e a "experiência" a sério, obviamente nem todos são assim, mas guild sociais costumam levar isso muito a sério. Obviamente o anime não mostra bonecos sentado parado com texto subindo no chat por horas para não ficar chato, eles inventam um pouco para ficar mais assistível e não parecer uma stream animada e isso consigo compreender.

>Também não acho que alguém vá se apaixonar em um jogo só de ver o personagem do outro jogador, mas sem nem saber o sexo dele na vida real.


Só de ver a personagem não, mas cara se apaixonando por alguém em MMO e drama rolando é o que mais tem em guilds em qualquer lugar. Quantas vezes já não vi drama porque x se apaixonou por y e descobriu que era homem (tanto que o cringe que mencionei é exatamente uma história dessas) ou alguma garota real começa a jogar e um monte começa a ir em cima dela escravocetar. Aquela parte onde o cara chama a MC de canto e diz que não quer romance na guild já vi acontecer.

Obviamente, só pra reiterar, não digo que é super realista ou defendo com unhas e dentes que ele é bom ou ruim, só expresso que os pontos que ele apresenta, apesar de caricato em uma forma semelhante ao .hack, Netoge e outros animes, são válidos e acontecem, tem jogo que tem social demais e um foco muito grande nisso. E digo que prefiro assim, mesmo tem umas coisas que realmente são baboseira, mas acho melhor assim que mostrarem eles jogando mesmo em uma forma de "stream animada", porém, mostrar umas cenas com gráfico de jogo como acontecia em Netoge acho que tornaria mais legal também.

 No.14969

File: 1507526847923.png (16.45 MB, 3840x2160, TERA_ScreenShot_20171009_0….png)

>>14966
>Já fiquei parado sentado só conversando com membros da guild ou amigos em lugares aleatório
E você ficou conversando sobre a sua vida pessoal ou sobre o jogo?
Nunca ninguém veio chorar dos problemas pessoais pra mim dentro de um MMO, felizmente. Claro que eu conheci pessoas em jogos com quem eu falo até hoje, e também joguei com pessoas que conheci na vida real, mas isso tudo fica fora do jogo (fóruns, icq, msn, teamspeak, steam).
Roleplay eu sei que existe, e apesar de ser extremamente autista, não é o que acontece nesse anime. Se fosse, eu poderia lidar.

>guild sociais

Sorte que eu nunca vi uma aberração dessas. Suponho que não existia na época que eu jogava pra valer.

>Obviamente o anime não mostra bonecos sentado parado com texto subindo no chat por horas

E eu nem esperaria isso. Mas se o jogo vai aparecer no anime todo, ou se ele tem qualquer relevância para a plot, deveriam ao menos explicar rapidamente as regras, objetivos e tal.
Por sinal, no OVA de Lucky Star fizeram algo parecido com o que você disse e nem ficou tão ruim. O ideal seria um meio termo, eu acho, usando 2D e animação convencional, mas mantendo a relevância do jogo quando dentro do jogo.

>mas cara se apaixonando por alguém em MMO e drama rolando é o que mais tem em guilds

Quando eu jogava, mulher praticamente não existia, mas quando aparecia uma, era o que você falou:
>alguma garota real começa a jogar e um monte começa a ir em cima dela escravocetar
Que, novamente, não é o que acontece nesse anime. Felizmente, nesse caso.

>vi drama porque x se apaixonou por y e descobriu que era homem

Tem que ser muito macaco para acreditar que alguém é mulher em um jogo.

>não digo que é super realista ou defendo com unhas e dentes

O meu problema nesse caso nem é a falta de verossimilhança, mas eles fazerem um anime sobre algo, e mostrarem esse algo como algo muito pior do que é.


Also, escreve essa porra direito, anão.

 No.14971

File: 1507530428575.jpg (166.21 KB, 1280x720, 2010_10_29_0006.jpg)

>>14969
>E você ficou conversando sobre a sua vida pessoal ou sobre o jogo?

Sobre tudo, literalmente sentado batendo papo por horas em guild chat, pm ou no chat normal. Já vieram se desabafar de vida real comigo, chorar, falar de anime e outras coisas. Conheci bastante gente e mantenho contato com alguns e com outros já perdi.
Se sua política é manter coisas pessoais fora do jogo, tem muita gente que não tem isso e fala bastante da vida pessoal neles.

>Roleplay eu sei que existe, e apesar de ser extremamente autista, não é o que acontece nesse anime. Se fosse, eu poderia lidar.


Pra mim a MC está fazendo roleplay de homem, pelo menos foi o que entendi. Não parece que ninguém ali sabe que ela é mulher de verdade.

>Sorte que eu nunca vi uma aberração dessas. Suponho que não existia na época que eu jogava pra valer.


Sempre teve, desde a época de rag.

>E eu nem esperaria isso. Mas se o jogo vai aparecer no anime todo, ou se ele tem qualquer relevância para a plot, deveriam ao menos explicar rapidamente as regras, objetivos e tal.


Isso porque o foco não é o jogo em si, mas os jogadores e o social usando o jogo. O jogo é só um hobby em comum entre eles.
Já era meio de se esperar isso quando falaram que o anime seria sobre uma mulher NEET que conhece um cara pelo jogo, se fosse diferente como em SAO, que é sobre o jogo mesmo, eles diriam as regras de cara e o jogo teria maior relevância.
Eu mesmo nem esperava nada sobre o MMO nesse anime.Na verdade não esperava nada do anime em si.

>Quando eu jogava, mulher praticamente não existia

>Tem que ser muito macaco para acreditar que alguém é mulher em um jogo.

Não sei se você é muito sortudo ou se você nunca foi de jogar em guilds muito grandes e participar ativamente delas, mas macaco sempre tem e sempre rola drama desse macaco se apaixonar e dar em briga. Tenho muitas histórias disso, umas engraçadas e outras que é puro cringe.

>O meu problema nesse caso nem é a falta de verossimilhança, mas eles fazerem um anime sobre algo, e mostrarem esse algo como algo muito pior do que é.


Acho que você esperava um anime com foco em um MMO sendo que na verdade é sobre relacionamentos e o social do jogo. O que me parece pelo seu primeiro post é que você tem um ideal de como um MMO tem que ser e como os players tem que se portar e está comparando esses animes com isso.

 No.14975

File: 1507534009278.jpg (733.02 KB, 1920x1080, jorge.jpg)

>>14971
>Pra mim a MC está fazendo roleplay de homem, pelo menos foi o que entendi. Não parece que ninguém ali sabe que ela é mulher de verdade.
Para mim não parece roleplay, deu a impressão de que são sentimentos verdadeiros dela.

>Acho que você esperava um anime com foco em um MMO sendo que na verdade é sobre relacionamentos e o social do jogo.

Não é bem isso. Eu também não esperava porra nenhuma. Essa minha crítica sobre como MMOs são representados em animes não é especificamente para esse anime. Estou comentando sobre isso porque já estou de saco cheio de ver essas péssimas representações de MMO em vários animes.

>O que me parece pelo seu primeiro post é que você tem um ideal de como um MMO tem que ser e como os players tem que se portar e está comparando esses animes com isso.

Ao invés de ideal, eu diria que é mais experiência. Eu joguei fora anos da minha vida e vi como é, e nunca pensei que algum MMO parecia mais com rede social do que com um jogo.

Esses dramas que você está falando eu realmente nunca vi dentro de jogo, felizmente. O máximo que vi foi em fórum'', como no caso da Padaria.

 No.14979

File: 1507554112125-0.jpg (170.5 KB, 1280x720, 101203-151757.JPG)

File: 1507554112125-1.jpg (271.78 KB, 800x600, alice.jpg)

>>14975
>Para mim não parece roleplay, deu a impressão de que são sentimentos verdadeiros dela.

Ela faz o roleplay do personagem dela, assim como o cara faz o roleplay da personagem dele. O roleplay é agir como o personagem sem falar quem você é, é algo totalmente desvinculado como a pessoa se sente.

>Essa minha crítica sobre como MMOs são representados em animes não é especificamente para esse anime.


Já tinha percebido isso e por isso falei no plural, mas isso varia muito de anime pra anime. Animes como este, cujo o foco não é o jogo, vão mostrar nada dele além do básico e vão focar nos personagens e em seus relacionamentos. Talvez mostrem eles fazendo algo, mas nada de muito especial como em SAO, quando eles iam matar um boss de andar ou algo do tipo.
Acho que dificilmente teremos uma representação muito fiél de MMO se não for de um jogo real, como por exemplo, Phantasy Star Online 2. Mas ai geralmente o anime é uma merda, como no caso de PSO2 mesmo.

>Ao invés de ideal, eu diria que é mais experiência. Eu joguei fora anos da minha vida e vi como é, e nunca pensei que algum MMO parecia mais com rede social do que com um jogo.


Mais ou menos disso que estou falando, você tem um ideal criado por suas experiências, mas você nunca experimentou esse lado mais social dos jogos.
Todo jogo que disponibiliza um mínimo de interação entre os players, tem por fim um ambiente social e com isso brigas, rivalidades, romances e afins. Lembro disso desde a época que jogava Mu Online em lan house, grã-finos já ficavam escravocetando elfas e rolava briga pra saber quem ia namorar a "Bianquinha856".
Você realmente é a primeira pessoa que conheço que nunca passou por essas coisas, pra mim é tipo conhecer alguém que nunca pegou uma gripe.

 No.14982

Ninguém aqui se lembra dos caras que ficavam sentados por horas conversando em Prontera nos bons tempos de bRO? O que tem de não realista em fazer o mesmo em uma taverna?

 No.14984

>>14958
O que a foda? Sempre vi essas coisas e bem piores por aí. Joguei Ragnarok Online por 5 fodendo anos, tinha muito e-love entre vários players, e as guilds lotavam a igreja de Prontera nos casamentos depois um player fazia um char novo para ser o filinho. As vezes iam para aquela ilha ou em alguma casa vazia em alguma cidade e ficavam conversando em chats privados por aí. RO era um jogo bem complexo, mas quem quisesse jogar sem entrar em detalhes também conseguia, então muita gente jogava só para se divertir conversando pro aí e as vezes matando uns bixinhos voadores até de manhã.

 No.14985

Ultima Online era o lugar para Roleplaying.

Age of Wars (AOW);
Forgotten Lore Shard (FLS);
Myt;
DnDShard;
entre outros.

Não é incomum pessoas se juntarem para interpretar, muito menos pessoas montarem servidores onde a interpretação é forçada e obrigatória.

 No.15058

>>14958
O MMO é só o plano de fundo, o anime deve focar somente na relação entre os personagens. Acho melhor tu não esperar nenhum desenvolvimento do anime nesse aspecto se não vai se decepcionar.

 No.15064

File: 1507915115494-0.jpg (149.85 KB, 1280x720, mpv-shot0014.jpg)

File: 1507915115494-1.jpg (141.55 KB, 1280x720, mpv-shot0016.jpg)

File: 1507915115494-2.jpg (90.06 KB, 1280x720, mpv-shot0017.jpg)

File: 1507915115494-3.jpg (147.91 KB, 1280x720, mpv-shot0018.jpg)

File: 1507915115494-4.jpg (86.63 KB, 1280x720, mpv-shot0019.jpg)

O anime é puro cliche, mas é engraçado as reações da tiazona. Até o momento estou gostando e acho bastante divertido.

 No.15072

Eu sou exatamente com a Moriko quando jogo RPG's e VN's. Também tento "interagir" com os personagens do jogo, até fico murmurando algumas coisas sozinho, kek.

 No.15121

File: 1508023011187-0.jpg (214.43 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Net-juu no ….jpg)

File: 1508023011187-1.jpg (201.59 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Net-juu no ….jpg)

A Lily-chan seria a melhor garota se existisse, mas é só o avatar online do cara loiro. Meu desu, que garotinha linda.

Estou adorando acompanhar este anime. É nostálgico pois joguei muitos anos MMORPG, mas também é muito interessante pelo enredo e as reações dos personagens. Acho que é um dos animes que mais estou gostando desta temporada.

 No.15124

>A protagonista é mulher, mas usa char masculino
>O protagonista é homem, mas usa char feminino
>ele fica dando em cima do char masculino com avatar feminino
>chamam ele de Sakura-chan

Seria engraçado se ele fosse gay.

 No.15125

>>15124
E não é?



[Voltar][Vá para o topo] [Catalog] [Post a Reply]
Deletar Mensagem [ ]
[ jp / vlm ] [ th / k ] [ p ] [ mod ] [ irc ]