[ jp / vlm ] [ th / k ] [ p ] [ mod ] [ irc ]

/jp/ - Japão e Cultura Otaku

2d > 3d
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
:
Inserir
Senha (Para excluir arquivos)

Verifique o catálogo antes de criar uma thread nova.

File: 1442708905704.png (158.48 KB, 1280x720, best girl.png)

 No.1239[Últimas 50 Mensagens]

Fio de dúvidas e perguntas sobre o Japão e sua cultura. Perguntem aqui no fio coisas que vocês querem saber que os anões tentarão lhe responder.

 No.1242

File: 1442709698162.jpg (246.52 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Non Non Biy….jpg)

Kotatsus são realmente confortáveis? Eles parecem ser apenas uma mesa pequena com um aquecedor por baixo. Isso sem falar que a pessoa que se senta não tem um encosto.

Falando em sentar, os japoneses costumam se sentar sem encostos? Parece muito desconfortável, tendo em vista que aqui no ocidente nós utilizamos cadeiras praticamente o tempo todo.

 No.1885

File: 1444704897557.jpg (335.8 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] YuruYuri S3….jpg)

>>1242
Ah, eles tem encostos!

 No.1962

Aquela historia das famílias japonesas tomarem banho juntas era real?

Lembro que li isso em revistas bem antigas, quando a internet era coisa de filme de ficção.

 No.1963

>>1962

É sim, quando criança eles tomam banho juntos e usam a mesma água da banheira.

 No.1978

File: 1444961887354.jpg (67.14 KB, 1280x720, 1435261203531.jpg)

Eu imagino que é uma duvida bem ridícula e espero que não me apedrejem por isso mas por que exatamente animes são transmitidos durante a madrugada no Japão? É para motivar os japoneses a comprarem os BDs? Os animes sendo transmitidos nesses horários absurdos onde somente os NEETs podem acompanhar é algo recente ou já existia em décadas passadas?

E o que impede os japoneses de piratearem os animes usando sites como Nyaa, por exemplo, ou até mesmo assistir por sites de streaming como os anitubes da vida?

Considerando que 1 BD contendo 2 episódios custa em torno de 80 dólares, isso significa que por um anime de 12 episódios eles acabam pagando quase 500 dólares. Por um único anime. Isso é um tanto quanto absurdo ao meu ver.

 No.1980

>>1978


Não são todos os animes que saem de madrugada, só os que tem mais ecchi e tal e acredito que sempre foi assim. Tem sites de download de anime por lá também e já vi trackers japoneses quando baixo coisas do nyaa. Sobre BD, sai só 1 BD por mês e o preço dos BD devem ser mais baixos lá. Fora que os salários lá são bons e o custo de vida é relativamente baixo, então quem é solteiro pode gastar a bastante com otakisses.

 No.1996

>>1978
Os estúdios pagam para as emissoras para poder passar os animes na TV, e durante a madrugada os time slots são mais baratos. Animes com mais ecchi também precisam ficar para esse horário.

Nada impede os japoneses de piratearem. Tanto que existem programas como share e o perfect dark. Eles evitam usar torrent porque a polícia deles não tem o que fazer, e no tédio eles podem resolver correr atrás de quem tá baixando, o que por torrent é muito fácil.
Mas vale lembrar que a moral lá é muito mais forte do que aqui, então ninguém vai se orgulhar de piratear de sair contando por aí que pirateia tudo. Além disso, eles tem síndrome de colecionadores, então gostam muito de comprar a mídia física e guardar. Tando que até hoje se vende muito CD de música por lá.

Fora isso, o que o >>1980 falou é valido.
Eles ganham bem e, em geral, podem pagar. Esses BDs não costumam vender tanto. Se não me engano teve um BD de kill me baby que vendeu 600. Casos normais vendem entre 2000 e 5000. Se você cobrar muito menos, vendendo tão pouco, não vai cobrir os custos. E se eles cobrassem menos, provavelmente não iria vender muito mais.

 No.1997

File: 1445032128488.mp4 (14.7 MB, 848x480, dvd.mp4)

>>1996
[…] vai se orgulhar de piratear, de sair contando por aí que pirateia tudo.

Ficou faltando uma vírgula aí, foi mal.
Fique com esse vídeo meio relatado como desculpas.

 No.2009

>>1980
Não é só os mais ecchi, quase todos os animê que costumamos acompanhar passam de madrugada, mesmo as séries inocentes da KyoAni ou Dogakobo, por exemplo.
É simplesmente o "otaku no jikan", para canais abertos todos os outros slots são valiosos demais para desperdiçar com animê voltado a um público nicho.
Em BS (TV a satélite) passam animê em horário comum, mas esse serviço é pago e caro.

Muita gente simplesmente usa DVR para gravar e assistir depois, outros veem de madrugada mesmo. Depois disso, muita gente aluga os BDs/DVDs quando saem, pagando um preço bem razoável.

 No.2360

File: 1447554515473.jpg (527.63 KB, 940x1180, anastasia-5.jpg)

Que relação o Japão tem com a Rússia e teve no passado? Não raro vemos personagens russas em animes, bem mais que de outras nacionalidades. Por que eles gostam tanto das russas? Até tinha uma cantora Russa (Origa) que cantava em russo em alguns animes e jogos japoneses.

 No.2361

>>2360
Acho que você tá exagerando. Eu vejo mais personagens francesas do que russas. Já perdi a conta de quantas ojou-samas riquinhas francesas que eu já vi. E quando um personagem viaja pra outro país, quase sempre é pros EUA ou pra Inglaterra.

Essa cantora aí, Origa, eu conheço ela, infelizmente ela faleceu recentemente.

A relação entre o Japão e a Rússia sempre foi péssima. No início do século passado, os 2 países entraram em guerra, e o Japão acabou vencendo. Foi a primeira vez na Era moderna em que um país asiático venceu um país europeu numa guerra. Depois da Segunda Guerra, na época da União Soviética, eles continuaram sendo inimigos. E até hoje em dia também, já que atualmente o Japão é aliado dos EUA, e os EUA ultimamente anda quase que numa nova Guerra Fria contra a Rússia.

Também existe uma disputa entre Japão e Rússia pelo controle de algumas ilhas que ficam entre um país e o outro, as Ilhas Curilas.

 No.2362

File: 1447556512244.jpeg (47.67 KB, 313x470, image.jpeg)

Tem uma seiyuu que é fã da Rússia, Uesaka Sumire. De vez em quando ela até viaja pra lá.

 No.2363

File: 1447556537974.png (630.19 KB, 1407x1995, 009.png)

>>2360

Isso é mais por conta de serem países vizinhos, como o anão >>2361 a relação dos dois sempre foi de conflito historicamente, mas acredito que por serem países vizinhos acaba chamando a atenção, igual Indianos e chineses. Fora que mulheres Russas são muitos bonitase violentas

 No.2380

File: 1447693593090.png (1.17 MB, 1920x1080, tEI3nfb.png)

As pessoas tem o costume de tomar banho juntas como nos animes?

 No.2383

>>2380

Quando crianças, sim. Fazem isso para economizar tempo e água.

 No.2512

File: 1448711583112.jpg (67.82 KB, 843x522, loli.jpg)

O que são lolis? Qual a definição real da palavra? Esta imagem faz sentido?

 No.2516

File: 1448721092761.png (81.8 KB, 453x336, no lolis in prison.png)

>>2512
>>2512
Rapaz, nunca achei que fosse ver uma pergunta dessas aqui.

O termo se refere a Lolita Complex, que é basicamente atração sexual por garotinhas: https://en.wikipedia.org/wiki/The_Lolita_Complex
https://en.wikipedia.org/wiki/Russell_Trainer


Sobre a imagem, existem as true loli e as fake loli, isso é certo, mas tem uma boa diferença entre uma loli e uma petanko. A Sakura de Nozaki-kun como na imagem, não é uma loli, ela tem o corpo desenvolvido de uma garota de 16 anos, só não tem muito peito, o que faz dela uma petanko, ou seja, ela não é uma loli. A Rory de Gate, o character design dela faz ela ter cara de adulta, mas o corpo dela é de uma garotinha de 12 anos, o que faz dela uma fake loli. Resumindo, qualquer personagem com um corpo de uma garota acima de 13 anos não é uma loli e se tiver uma idade maior que isso, mas um corpo de uma garotinha abaixo dos 13 é uma fake loli.

 No.2517

>>2516
Foi mais para confirmar mesmo, eu tenho o mesmo pensamento que você postou. É que hoje em dia é comum ver muitas pessoas cagando regra e chamando qualquer personagem flat chest de loli.

 No.2522

>>2517
"Teen loli" nem faz sentido. Ou é adolescente ou é loli. Um exclui o outro.

Vadias mais velhas que se aproveitam de um corpo pequeno para parecerem lolis também não são lolis. Ainda mais essas que se vestem de gótico. Parecem que estão gritando "olha pra mim, eu sou loli".

Lolis de verdade não são lolis porque querem ser, nem se aproveitam disso, nem acham isso particularmente bom. Elas apenas são e pronto. Um dia não serão mais.

O que importa, realmente, é a idade, sim. Essa imagem ali em cima não tem nada a ver.

>>2516
Loli/lolita não se refere a lolita complex. Isso é lolicon.

 No.2523

>>2522


O termo lolita e o lolita complex tem a mesma origem, está nos links que coloquei.

 No.2524

>>2516
Quase certeza que a Sakura entraria em oppai loli, totalmente o contrário do que você disse.
Ela tem 1.45m, não achei informações dos três tamanhos, mas quase certeza que é hidden oppai loli que estamos tratando aqui.

Also, se você estiver se referindo a idade, seria abaixo de 12. Eu vejo loli porém como um arquétipo, no qual qualquer personagem pequena entraria nele. Há sub-divisões que prefiro não entrar em detalhes.

Alguém tem aquela imagem falando algo parecido com "aos 15 é uma velha, aos 18, um fóssil", nunca mais achei ela nos meus arquivos.

 No.2525

>>2524
>hidden oppai loli

O que a foda acabei de ler? Agora estão tratando como uma espécie de classe de jogo?

Não se trata só de altura e idade, mas como a formação do corpo como havia dito, a Sakura tem o corpo formado de uma garota de 16 anos, apesar de uma baixa estatura, ela não é uma loli nem fodendo, é uma petanko.

Loli ou lolita é uma personagem geralmente criança ou meninas pré-púberes e isso envolve tanto a formação do corpo, geralmente a borderline é usada como 13 por ser a idade legal no Japão, mas pode ser 12 como tu tinha dito e não só isso, a inocência que só uma garotinha como essa pode exibir, o quão bonitinha e fofa ela pode ser, essa é a ideia de lolita. Obviamente, tem pessoas que gostam de considerar as fake lolis, mas aí perde a essência, mas gosto é gosto.

 No.2527

File: 1448750962475.png (946.19 KB, 1024x576, bakemonogatari_characters_….png)

Eu gosto de usar só o critério de idade mesmo, contudo baseado no corpo da personagem e raça, pois algumas garotas de mil anos na sua espécie são adolescentes ou ainda crianças, entre outros fatores em situações específicas. Por exemplo, Bakemonogatari: A Shinobu como aparece no anime é uma loli, contudo no seu corpo original ela não é, a Nadeko e a Tsukihi são pré-adolescentes (teenagers), a Hanekawa e a Senjougahara são adolescentes (nem nome tem, garotas normais de animu).

 No.2530

>>2523
Podem ter a mesma origem (O livro lolita) mas tem significados diferentes.

>>2524
Nem fodendo.

>>2525
Pettanko, com dois ts. Mas a Chiyo-chan tem um pouco de teta sim. Não muito, mas tem.

>>2527
Acho que em bakemonogatari só a Mayoi passa por loli, mesmo. A Nadeko e a Tsukihi já seria forçar um bocado a definição.

 No.2538

File: 1448800936817.jpg (30.92 KB, 480x462, legal loli.jpg)

Ia postar no outro fio, mas já que estamos falando no assunto…

 No.2588

>>2538
Ela não tem mais de 400 anões?

 No.2589

File: 1449023421932.jpg (110.89 KB, 500x500, 1367440806172.jpg)

Anões, comprar mangos ajuda na indústria? Eu quando gosto muito de um animu, costumo comprar o mango dele, mas não chego a comprar o BD porque é muito caro mesmo. Mas eu gostaria de mesmo assim ajudar eles e a minha contribuição é o mango. Eu sei que não ajuda tanto quanto comprar o BD, mas será que dá algum lucro pra eles?

 No.2598

File: 1449063414741.jpg (307.97 KB, 1360x768, 2015-12-01_00005.jpg)

>>2589


É um pingo no oceano, mas ajuda. Mas se você ajudar a ter uma segunda temporada de um anime, só comprando BD. Comprar os mangos e LNs, ajuda a manter aquela historia viva e a industria gráfica japonesa, mas não influencia se vai ou não ter uma continuação em animação.

 No.2600

>>2589
Como o outro anão havia comentado, pode ser só uma gota para a editora e para o autor. Contudo comprar coisas sempre é bom, pois na outra ponta isso muda tudo, por exemplo, se comprar algo em uma banca ou loja, o vendedor irá solicitar mais mangás, então isso trará uma variedade maior que talvez motive outros consumidores que visualizarem a comprarem também. Isso sem falar na transportadora e distribuidora que terá mais pedidos do mesmo produto ou de outros títulos. É uma rede que produz um efeito dominó, por isso é interessante sempre comprar. Eu comprei Hyperdimension Neptunia na STEAM mas nem joguei, pois tenho os de PS3, mas depois lançaram outros títulos semelhantes na STEAM, foi uma venda a mais que fizeram e aumentou no resultado final o que pode ter motivado a inclusão de outros títulos na plataforma. Nada é por acaso, tudo é movido pelo Desu mercado.

 No.2605

Agora que eu parei pra pensar, tirando alguns mangás que eu comprei, os animes que eu assisti foram baixados na internet. Tem vários que eu gostaria de comprar, mas eu teria que importar, esperar meses pra chegar e ainda correr o risco de ser taxado. Assim fica difícil, mas realmente não acho que teria demanda no Brasil para as grandes lojas comercializarem esses produtos ou para as indústrias japoneses localizarem pra cá.

Mas no caso dos vídeo-games eu procuro sempre comprar os jogos que me interessa. No caso do 3DS por exemplo, eu poderia usar um gateway, mas além de ser colecionador, gosto de apoiar os jogos que eu gosto. A mesma coisa para os meus outros consoles. Mas quando lança pra PC, principalmente se foi vários meses/anos depois, eu acho falta de "caráter" da empresa (não foi honesta em anunciar logo de cara quais plataformas iriam lançar e quis lucrar duas vezes em cima dos fãs), nesses casos eu pirateio. Pirateei recentemente o Dead or Alive 5: Last Round, e vou piratear o Akiba's Trip e os Neptunia, são todos jogos que eu iria comprar pra PS3 mas que não vou mais, porque esse é um tipo de comportamento que não aprovo.

 No.2610

>>2605
Mas eles nem sabiam que iam lançar para PC Neptunia. Tanto é que o jogo lançou cheio de bugs. Isso sem contar que foi lançado anos depois. É como falar que não vai comprar Atelier Meruru hoje porque pode ser que daqui a 10 anos a GUST lance um remake para PS6 ou PC na STEAM, ou até disponibilizar de graça em alguma promoção. Eles não sabem para quais plataformas vão portar o jogo no futuro ou o que farão dele.

 No.2612

File: 1449106086211.jpg (218.58 KB, 1436x800, DoAX3-First-Footage_10-14-….jpg)

>>2610
Não sei no caso específico do Neptunia, mas tem várias empresas que lançam os jogos como exclusivos de console, pra depois lançarem pra PC e lucrar de novo.

O problema não é lançar pra determinada plataforma, mas sim querer enganar o consumidor. Se quando anunciassem o jogo falassem em quais plataformas ele estaria disponível, a pessoa comprava onde achava melhor.

No caso do Akiba's Trip mesmo, eu até entrei no chat da Big Boy Games perguntando quando ia chegar, mas pensei "a Xseed está lançando um monte de jogos pra PC, vou ficar com muita raiva de pagar R$150 nesse jogo pra depois lançarem por R$50~R$70 na steam". Não deu outra, não deu nem três meses e o jogo já lançou pra PC. Quando lançaram o jogo inicialmente pra consoles já tinha uma equipe portando pra PC, isso se o port já não estivesse pronto desde o começo. E já vi isso acontecer em outras situações, é uma estratégia que muitos desenvolvedores japoneses estão adotando.

>É como falar que não vai comprar Atelier Meruru hoje porque pode ser que daqui a 10 anos a GUST lance um remake para PS6 ou PC na STEAM

Ironicamente, eu evito de comprar jogos da Xseed e da Tecmo Koei justamente por causa disso, dou preferência para jogos que são exclusivos de verdade e que não correm o risco de lançar pra PC, como os da Nintendo e alguns exclusivos das plataformas da Sony. Os que tem grandes chances de lançar pra PC eu espero e pirateio para desincentivar a prática.

 No.2682

File: 1449368478329-0.jpg (282.63 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Owarimonoga….jpg)

File: 1449368478329-1.jpg (205.78 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Owarimonoga….jpg)

Light Novels são vistas com maus olhos no Japão? Sempre pensei que fossem como livros normais…

 No.2683

>>2682


Acho que é igual anime, tem que goste e não goste e ache bobeira. Se não me engano em Lucky Star comentam sobre Light Novel como literatura juvenile falam que é mais comum que manga.

 No.2684

>>2612
Você está falando como se ser exclusivo fosse algo bom, o que não é verdade.
Eu entendi o que você quis dizer e até concordo em parte que é uma prática errada a empresa não anunciar que tem planos para outras plataformas, mas se você fosse esperto mesmo, não compraria jogo nenhum de console, apenas os que saísse para computador.

Consoles são plataformas fechadas, hardware que não te dá liberdade nenhuma. Pelo contrário, te prende o máximo que conseguirem. Justamente o inverso do computador. Eles só conseguem cobrar esses preços exorbitantes em jogos de console, hoje, justamente por causa disso.

Also, para quem quer ajudar a indústria de animes, mas não pode pagar pelos BDs, sempre existe a possibilidade de assinar o Crunchyroll. Não precisa nem acessar o site deles, pode continuar assistindo como sempre assistiu.

 No.2688

File: 1449410662315.jpg (77.37 KB, 705x960, 1387087646544.jpg)

>>2684
Então anão, essa prática me irrita não pelas plataformas, mas porque ninguém sai ganhando (exceto a empresa em questão). Como eu disse, jogo no PC e em consoles, e da perspectiva de quem joga no PC é horrível porque a pessoa tem que esperar meses/anos por um port que pode nunca acontecer, e muitas vezes o port ainda é capado, como o do Dead or Alive 5: Last Round que lançou pra PC sem multiplayer, sem alguns estágios e sem a soft engine (basicamente o port usava a tecnologia da versão de PS3, e a versão de PS4 tinha efeitos melhores de pele). Ninguém gosta de ser tratado como cidadão de segunda classe.

Da perspectiva de quem joga em console não faz muita diferença porque a pessoa já se divertiu com o jogo e lançar pra outras plataformas não muda em nada a diversão que ela já teve, mas trás uma imagem enganosa quando a empresa coloca um "Only On Playstation" pra depois lançar pra outras plataformas.

>mas se você fosse esperto mesmo, não compraria jogo nenhum de console, apenas os que saísse para computador.

Mas isso não faz sentido, anon-kun, ninguém que gosta de jogos japoneses de verdade se contenta só com PC, apenas casuais entry-level. As maiores obras primas da geração passada são exclusivas de consoles e essa geração já tem vários títulos exclusivos lançados e anunciados. Sem falar que PC gaming não é popular no Japão.

Cada um tem seu gosto, mas eu vou continuar pirateando os jogos que lançam pra PC e investindo meu dinheiro em exclusivos de consoles, pode ser uma gota no oceano, mas pelo menos estou fazendo minha parte.

 No.2689

>>2688
Você está fazendo a sua parte para que os jogos continuem saindo apenas para console, e que você precise continuar pagando 180 reais eu um jogo, além de ter que comprar dois consoles a cada geração, que nada mais são que computadores travados.

 No.2761

File: 1449613206508.jpg (506.96 KB, 850x1235, img000002.jpg)

>>2757

>Por que o costume de dá uma lista de compras para um criança ir em uma loja sozinha e seguir ela escondida pela sua pequena aventura?


É um costume no Japão e serve pra criança ganhar mais indepencia e confiança e pra ver se ela consegue se virar sozinha e não seguir estranhos.

 No.2762

>>2761
Obrigado pela resposta.

 No.2880

File: 1450310313521.jpg (162.3 KB, 801x601, Sem título.jpg)

Por que os japoneses em geral não fazem os olhos diferentes entre ocidentais e orientais? Digo, se os personagens de anime são japoneses e possuem os olhos orientais ("puxadinhos"), por que não fazem os ocidentais com olhos diferentes? É uma curiosidade que me surgiu ao comparar com as obras ocidentais, onde não raro fazem esta distinção nos traços de orientais, africanos, indianos, etc, mas em animes raramente vemos diferenças, até como na pica do OP por exemplo, uma inglesa e uma japonesa com os traços bem semelhantes (tirando a cor do cabelo).

 No.2882

File: 1450311537960.jpg (289.27 KB, 700x988, 40859362.jpg)

>>2880

Isso varia muito do estilo do artista, mas no geral é por que a arte deles é assim. Não tem uma explicação lógica ou exata que descreva com exatidão o por que, é simplesmente assim.

 No.2900

>>2880
Vou puxar o clichê da manga e dizer que eles ligam muito para os olhos, toda aquela baboseira de "os olhos são a janela da alma". Ligam o suficiente para não se importar com inconsistência como esta que você disse.

Há também a teoria de minha avó, que diz que eles fazem tudo diferente da realidade deles, os cabelos são coloridos e com vários estilos enquanto eles tem cabelos todos iguais, os olhos, peitos e pinto são grandes exatamente por eles não possuirem estas características.

 No.2961

File: 1450631317504.jpeg (129.63 KB, 954x1272, 34618103.jpeg)

Porque no nome da Senjougahara tem um "ke" em katakana pequeno que não é pronunciado?

>戦場ヶ原ひたぎ


Aliás, o que significa esse "ヶ" é como o "っ" que repete uma letra?

 No.2978

>>2961
Olha, eu não sei explicar o porquê desse "ke" se ler "ga", mas sempre quando tem um "ヶ"(geralmente no meio de kanjis) é pronunciado como "ga/ka".

>旭ヶ丘(AsahiGAoka)

>霞ヶ丘(KasumiGAoka)

É usado também para determinar quantos mêses.
>一ヶ月(iKKAgetsu)
>二ヶ月(niKAgetsu)

Talvez seja coisa lá do passado, mas como não estudei sobre isso, então não posso dizer nada… ;_;

 No.2998


 No.3295

File: 1451849083316.jpg (318.97 KB, 1024x576, Zoku Sayonara Zetsubou Sen….jpg)

Alguem sabe o que está escrito no quadro? É algo relacionado ao 2ch?

 No.3304

>>3295
Seiyuu > 2ch > shishou (mestre).

Não vi o anime, então não sei o contexto.

 No.3307

>>3304
Acho que nem quem viu o anime entende muito bem essas escritas que estão nos fundos.

Pelo menos eu não entendi muito.

 No.3310

>>3295

Não era em SZS que tinha sempre algumas coisas aleatórias no quadro? Nesse caso acho que independe um pouco do contexto que o Sensei fala. Talvez seja relacionado à importância das opiniões emitidas por esses três.

 No.3311

>>3304
>>3307
>>3310
É, as frases nunca fazem muito sentido, algumas vezes até aparecem desenhos.

O fansub da temporada anterior traduzia as escritas do quadro mas infelizmente esse não o faz, apenas fiquei curioso por conta desse "2ch".

 No.3960

File: 1454967414935.jpg (102.18 KB, 600x855, CGzKGxJVIAAC_ZQ)

Estava pensando, nestes animes musicais como Hibike Euphonium e Haruchika sempre cada personagem toca um instrumento, mas e como é na prática? Nesses clubes eles direcionam alguém para outro instrumento quando já tem mais de um naquela função? Não é como um clube de esporte onde dá para manejar mais facilmente já que cada instrumento requer muito tempo de prática para aprimorá-lo.

 No.3967

>>3960
Mágica de animê, mesmo.
As cores e cortes de cabelo também magicamente não se repetem entre as protagonistas do harém e não vai ter dois arquétipos repetidos, e por aí vai, pisando na verossimilhança.

 No.3969

>>3960
Eu imagino que os clubes devem aceitar os alunos e deixar eles tocarem o que quiserem e deve selecionar os alunos para as competições baseado em skill ou ano.

Como a maioria quer participar das competições, os que não conseguem ficar com os instrumentos mais populares devem acabar indo para outros, só para poder participar, e também para ajudar a banda a funcionar, afinal, é o próprio clube deles.

Além disso, apesar de ser verdade que instrumentos não podem ser trocados como em posição num mesmo esporte, algumas partes servem para qualquer instrumento (com aprender a ler partitura e ter noção de tempo) e outras servem para vários (fôlego e destreza). Provavelmente quem toca um instrumento profissionalmente deve saber pelo menos o básico de outros parecidos. (Ex.: quem toca teclado vai conseguir fazer algo em um piano/órgão/sanfona, mesmo sem nunca ter tocado antes).

Fora isso, provavelmente o nível não é tão alto quanto o que aparece no anime. Deve ter mais iniciantes do que alunos que já tocavam antes, tirando, talvez, algumas escolas específicas com foco nessa área.

 No.4916

File: 1460248005549.jpg (141.77 KB, 1336x1781, 1460166917087.jpg)

Qual seria um bom VPN para se usar no Japão?

Tenho medo de acabar sendo multado por baixar animus legendados ilegais.

 No.4918

File: 1460248530380.jpg (13.09 KB, 635x357, yunocchi.jpg)

>>4916
Please no bully.

 No.4922

File: 1460254930144.png (86.7 KB, 887x428, Untitled.svg.png)

>>4916
Use o Perfect Dark.
Não é uma VPN, mas os pacotes são todos criptografados de forma que não tem como o seu provedor saber o que você está baixando. É bem seguro.
Se não me engano, o único cara que foi pego, foi um uploader, que upou um vídeo que tinha uma marca da emissora só para aquele local específico onde ele morava.
Tipo

 No.4924

>>4916

http://www.vpngate.net/en/

Usa esse, ele é bom pra caramba.

 No.4928

File: 1460294345141.jpg (12.89 KB, 348x216, Sem título.jpg)

>>4918
8/10
>>4922
9/10

 No.4937

File: 1460306198104.jpg (28.42 KB, 484x400, 13608906001.jpg)

>>4916
>baixo anime no utorrent por 3 anos
>fodas dadas : -1

 No.4951

File: 1460328811498.png (1.3 MB, 1920x1080, Osomatsu-san - Episode 3.5….png)

>>4916
>>4937
Desde que vocês não sejam desempregados com 40 anos ou mais, dificilmente serão pegos.

 No.4970

File: 1460340563841.jpg (168.21 KB, 1248x663, 1399148792832.jpg)

>>4922

Seria esse programa? http://kasumi.moe/pd/

Só queria algo para baixar animus e alguns torresmos comuns. Obrigado pela dica.

>>4924

Gostaria de um VPN privado, já que não quero esperar uma eternidade para baixar meus desenhos chineses. Mas obrigado mesmo assim.

>>4937
>>4951

Melhor não arriscar, um deslize eu já posso correr o risco de perder o meu visto.

 No.4976

>>4970
Esse mesmo. O site oficial é esse aqui: http://perfectdark.benri-tool.net/

 No.4978

>>4916
Quando eu estive no Japão só assinei usenet e baixava por lá a deliciosos 12MB/s.
Não sei se ainda tem indexers que focam em animê (na época tinha o fanzub), mas qualquer coisa você acha no binsearch. Exemplo:
https://www.binsearch.info/?q=flying+witch&max=100&adv_age=1100&server=

Outra opção é baixar tudo por XDCC no IRC, melhor que sai de graça. Conecta na Rizon, registra um nickname e vai pra #news que tem muito bot lá.

 No.4981

>>4978
Ah, outra coisa, não sei quanto tempo vai passar lá, mas eu passei uns bons 2 meses e praticamente não assisti animê enquanto estava lá.
Considerando que você está numa viagem que provavelmente vai repetir poucas vezes na vida, é muito melhor aproveitá-la ao invés de gastar seu tempo fazendo coisas que pode fazer em qualquer lugar.

 No.5253

File: 1461541271846.jpg (236.97 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Kuma Miko -….jpg)

Como os japoneses em geral encaram a religião? Sei que eles costumam ir bastante em templos, mas eles levam tão a sério quando os ocidentais cristãos? Digo, tem pessoas que não aceitam de maneira nenhuma piadas com símbolos da Igreja, mas neste anime da pica nós vemos várias piadas ao redor da miko que é a personagem principal, e de certa forma em animes e jogos vemos várias vezes a roupa de sacerdotisa usada como fetiche. Na cultura japonesa eles não se importam com essas coisas? Não ficam ofendidos? Até que ponto vai a crença deles? Acho meio estranho a mistura que eles tem com a crença ocidental e a oriental, como comemorar o Natal por exemplo.

 No.5262

File: 1461576586399.jpg (208.58 KB, 1284x768, Evgenia Medvedeva.jpg)

>>2362
>>2360
Mas também há russas fãs do Japão, da cultura e de animes.

 No.5263

>>5253
Mas você sabe que para eles o natal tem um significado totalmente diferente do nosso, não é?

 No.5266

File: 1461598342823.png (254.5 KB, 301x401, jailbait.png)

>>5253

Sabe aquela historia de quanto mais desenvolvido um país é mais desvinculado de religiões é? É um dos motivos o outro é que o Xintoísmo não tinha tantas diretrizes a se seguir como as religiões ocidentais, então os japoneses nunca foram exatamente tão ligados a seguir uma religião ao pé da letra. Por fim, acredito que sejam um povo maduro o suficiente para diferenciar o que é sátira e o que não é, por isso não ligam de fazer piadas com religião, politica e outras coisas e nem tem bobeiras como o "politicamente correto" lá.

 No.5274

>>5253
O shinto não é dogmático e não exclui nenhum pensamento, religião ou ideologia. Ele não é nada mais que a soma das tradições animistas locais. É comum o culto de uma ou outra divindade local, e também é comum somar isso ao budismo.

Já o budismo também não tem a intenção de guiar tanto a vida das pessoas quanto as religiões abraamicas. Apesar de citarem devas como deuses, o mais apropriado é dizer que o budismo não é teísta nem ateu, ele apenas incentiva que cada um obtenha essa e outras respostas por conta própria.

Você pode frequentar um templo shintoísta, ser budista e se dizer ateu ou não, se dizer comunista ou capitalista, azul ou branco, sem ferir um princípio fundamental das tradições. É um humanismo interessante, mas em tempos de pessoas que se dizem católicas e acreditam em espíritos e religiões maçônicas, é esperado que essas tradições nao afetem em nada as pessoas.

 No.5495

File: 1462673350881-0.jpg (169.36 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Flying Witc….jpg)

File: 1462673350881-1.jpg (293.77 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Flying Witc….jpg)

Qual a função destes espelhos que tem nas ruas? É comum colocarem estes espelhos em quais pontos das ruas? Em várias cidades japoneses eles fazem isso?

 No.5497

>>5495

Para ver se não tem alguém ou algum veiculo vindo antes de passar no cruzamento.

 No.5902

File: 1464958189173-0.jpeg (1.7 MB, 4032x3024, image.jpeg)

File: 1464958189173-1.jpeg (1.98 MB, 4032x3024, image.jpeg)

So passando para agradecer os anons sobre o vpn.

Estou sem computador mas ja posso fapar no exhentai sem temer pelo meu cu.

Fiquem com foto do nihon.

 No.5903

File: 1464960246303.png (Imagem Spoiler, 1.48 MB, 809x1080, hentai pelados.png)

>>5902
>mora no Japão
>não comprando os desenhos pelados

Anão, por favor.

 No.5904

>>5903

>tfw sem dinheiro e 日本語わからない

 No.5908

>>5904
Anão, faz um vídeo quando você for até uma konbini ou algo assim. Filma o caminho e posta aqui. Só pra dar aquele feel de primeiro mundo.

 No.6148

File: 1465940445664-0.jpeg (2.1 MB, 4032x3024, image.jpeg)

>>5908

Desculpe o atraso. Estou morando em uma cidade razoavelmente pequena, nao tem muito a sensacao de primeiro mundo.

Grande parte da cidade e rodeada de plantacoes de arroz e de pequenas ortas. Tentarei gravar um video, so nao espere muito.

 No.6149

>>6148
>casas pichadas
Finalmente primeiro mundo.

 No.6160

>>6149
Caralho, que horror!
Estrangeiros no Japão só trazem lixo cultural.

 No.6162

File: 1465992718009.png (26.13 KB, 243x190, 136240133770.png)

>>6160
>scq foi o anão que pichou

 No.6164

>>6148
Mande um abraço e um beijo para Ren-chon e outras meninas se contrar a mesma.E aperto no bumbum da hotarun

 No.6165

>>6148

Anon Anon Biyori.

 No.6166

File: 1466021291068.jpg (70.27 KB, 1280x720, [SOFCJ-Raws] Pocket Monste….jpg)

>>6164
>este spoiler

 No.6197

File: 1466076956664-0.jpeg (2.58 MB, 4032x3024, image.jpeg)

>>6149

Engracado que sempre me lembro da ren-chon quando estou andando no meio dos campos de arroz.

Aqui outra foto, muito dificil de gravar enquanto ando de bicicleta.

>>6149
>>6160

Foi a unica pixacao que vi, por isso a foto. No geral e tudo bem limpo e tranquilo. Passo a noite andando pelas ruas e nem mesmo um cao late. Uma pena que nada alem de combinis ficam abertas 24hrs.

 No.6208

>>6197
>essa foto
Lembrou dessa música. Também fico imaginado que só deve ter idoso por ai…

 No.6209

File: 1466123050983.mp3 (3.09 MB, 11. Homegrown.mp3)


 No.6714

File: 1468367950505-0.jpg (50.52 KB, 225x327, 50389.jpg)

File: 1468367950505-1.jpg (114.48 KB, 400x600, Anne-happy-anime.jpg)

File: 1468367950505-2.jpg (10.41 KB, 251x397, Assassination_Classroom_Vo….jpg)

Anões, no Japão existem escolas que dividem as turmas pelos desempenho dos alunos de uma mesma série? Já vi isso em vários animes, picas relatadas. Algo como os que tiram as melhores notas ficam na turma A e as piores nas letras subsequentes.

 No.6720

>>6714
Olha cara, eu tenho a séria impressão de que o colégio que eu fiz o ensino médio, aqui no Brasil, era assim. Pelo menos, eu sempre achei que fosse.

Por sinal, eu estudei na sala D.

 No.6721

>>6720
Pelo menos o meu não era, sempre estive no topo e estudei no D.

 No.6722

>>6721

O 2ºD é forte na gente.

 No.6724

>>6720
Aqui no Brasil isso não é permitido (se acontece na prática é outra coisa). Eles tem aquele paradigma da inclusão e de misturar os diferentes, então não iam segregar por desempenho avaliativo.

 No.6734

>>6724
Sem querer ser chato, mas você tem certeza disso?
Claro que em escolas públicas daqui isso não acontece, mas eu não quero acreditar que exista uma lei ou regra proibindo as particulares de fazer isso.

Imagina só um clube de futebol que não pode separar os jogadores por habilidade.

 No.6736

File: 1468382224728.png (52.99 KB, 1000x1000, 1467289293803.png)

>>6714

Comentei com um amigo que nasceu no Japão e se mudou pra cá quando adulto, ele me disse que isso rola em algumas escolas particulares que são de "alto nível", mas o mais comum é de ter uma sala só "Advanced" e as outras serem normal.

>>6734

Não sou o anão, mas aqui no Brasil isso é considerado discriminação e portanto é proibido.

 No.6881

File: 1469044080694-0.jpg (191.83 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] New Game! -….jpg)

File: 1469044080694-1.jpg (117.62 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] New Game! -….jpg)

File: 1469044080694-2.jpg (260.74 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] New Game! -….jpg)

Normalmente qual é a carga horária de uma jornada de trabalho no Japão? Assistindo New Game vi os horários e isso parece absurdo, algo como das 9:00 às 23:00. Os escritórios e empresas no Japão funcionam normalmente em quais horários?

 No.6882

File: 1469044308109.jpg (215.43 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] New Game! -….jpg)

Outra dúvida, que também surgiu assistindo New Game, normalmente quando alguém chega atrasado no emprego tem que fazer uma justificativa por escrito do atraso? Isso é um habito comum? Os japoneses não costumam tolerar atrasos?

 No.6884

>>6881
>>6882

Sobre horários, varia de com que você trabalha, mas escritório geralmente é 8~10 horas. Acredito que nesse caso do New Game é "Overtime", que é hora extra, algo bem comum no Japão. Principalmente quando tem algum projeto que precisa entregar, muita gente até acaba dormindo no escritório para terminar o projeto a tempo.

Sobre atraso, isso é em qualquer lugar que seja sério, você sempre tem que avisar seu chefe quando vai se atrasar por qualquer motivo que seja. No caso ai de entregar algo escrito deve ser política da empresa para ter um registro de porque tal funcionário atrasou e tal.

 No.6903

File: 1469102476723.gif (374.59 KB, 300x169, 1375570326868.gif)

Em qual circle os anões me recomendam ir no comiket?
Já estou preparado.

 No.6904

File: 1469107987952-0.jpg (Imagem Spoiler, 518.99 KB, 768x1120, Anzu_Ame_01.jpg)

File: 1469107987952-1.jpg (Imagem Spoiler, 565.26 KB, 1409x2000, biribiri_Byakko_2_01.jpg)

>>6903

Sniff Dogs e Abnormal Terminal.

 No.6905

>>6882
>normalmente quando alguém chega atrasado no emprego tem que fazer uma justificativa por escrito do atraso?

Em qualquer lugar é assim, para sair mais cedo você também precisa de uma justificativa.

 No.6906

File: 1469110272218.jpg (Imagem Spoiler, 314.71 KB, 716x1011, 2016071715554757f.jpg)

>>6903
Noraneko no tama sempre relatado.

 No.6907

File: 1469111590233.jpg (232.99 KB, 728x516, lolicon kill beam.jpg)

>>6904
>>6906
Obrigado, seus lolicons.
Só vou esperar o catálogo chegar para checar onde eles vão ficar.

 No.6909

>>6907
Eu não sei se o Kantoku ainda participa, mas o circle dele era 5 Nenme no Houkago.

O filha da puta desenha as meninas mais fofas que eu já vi.
Ele já desenhou muita coisa ecchi, mas não acho que vá ter mangá hentai pra vender lá.

 No.6910

File: 1469117973855.jpg (390.85 KB, 1075x1518, 2016-04-21p.jpg)

>>6909
Mas mesmo assim, ainda deve ter coisa que vale a pena comprar.

 No.6911

>>6909
Eu também acho o Kantoku muito bom. Vou dar uma pesquisada aqui depois se ele vai.

 No.6937

File: 1469241731541-0.jpg (244.36 KB, 1000x1000, strawberry-banana-au-lait.jpg)

File: 1469241731541-1.jpg (114.31 KB, 375x500, 3572817041_1f4077df89_z.jpg)

Que gosto tem essas bebidinhas? Do que elas são feitas (>INB4: banana e leite)? Elas são doces? A origem é japonesa mesmo ou pegaram de algum outro lugar?

 No.6940

>>6937

Quase certeza que é como chamam yogurte lá.

 No.6943

File: 1469256503069.jpg (60.64 KB, 1280x720, 1369677126581.jpg)

>>6937
>INB4: banana e leite

Mas é, anão. Pra não falar que é só isso mesmo, está escrito ali na banana da segunda pica que é com leite condensado.
>Strawberry au lait
>Banana au lait
A origem eu não faço ideia.

 No.7218

File: 1470019685677.jpg (113.7 KB, 1024x768, f76b834934771e45a0bc23c02a….jpg)

Duas perguntas sobre escolas no Japão:

A primeira é sobre os assentos. Tem uma orientação padrão nas escolas de onde fica o quadro? Digo, sempre o lado esquerdo dos personagens fica para a janela, nunca o direito. Digamos que o quadro fosse na outra parede, seria o lado direito que ficaria virado para a janela. É mera coincidência ou existe um padrão nas salas de aula?

A segunda é sobre o uso de celulares. Normalmente, aqui no Brasil, usamos celulares para consultas em sala de aula. No Japão eles não permitem que usem celulares durante as aulas? Muitas vezes é útil para pesquisar sobre alguma coisa que algum professor citou ou procurar algo em um dicionário de língua estrangeira.

 No.7219

File: 1470020221160.png (645.11 KB, 748x822, 1450262924662.png)

>>7218
A primeira não sei responder, mas a segunda é sim.
Eles proíbem o uso de celulares porque senão os alunos iriam começar a jogar Puzzle&Dragon ou Tsum Tsum no meio da aula.
Pode ser que seja bem útil mesmo, mas pro outro lado tem o problema que eu citei.

 No.7220

File: 1470020619626-0.jpg (113.7 KB, 1024x768, 1470019685677.jpg)

File: 1470020619626-1.jpg (99.59 KB, 686x502, janela lado esquerdo.jpg)

>>7219
Sobre os celulares, nas faculdades também é assim ou lá eles permitem?


Isso me leva a outra pergunta, as universidades japonesas possuem as mesmas regras que as escolas em geral? É que aqui no Brasil as escolas costumam tentar pregar mais disciplina, enquanto no ensino superior é tudo mais "liberado" (horário, saída e entrada, local para se sentar, etc).

 No.7222

File: 1470022221481.jpg (2.21 MB, 2839x2157, LuviagelitaUCopening.jpg)

Já perguntei uma vez no primeiro fio sobre isso, mas ninguém soube me dizer, então pergunto de novo. Qual é a origem das ojous? Tem tantas mansões assim no Japão?

 No.7223

>>7218
>Muitas vezes é útil para pesquisar sobre alguma coisa que algum professor citou ou procurar algo em um dicionário de língua estrangeira.

Rapaz, que idiotice é essa que você acabou de escrever? Na teoria é realmente lindo os alunos utilizarem o celular para fins didáticos mas você sabe muito bem que acabaria sendo utilizado apenas para mandar mensagens, vídeos e jogar aquele joguinho de andar nos trilhos.

E quanto a ter menos disciplina na faculdade, ensino superior é algo opcional, ninguém é obrigado a ir como no EM e como os alunos são todos maiores de idade, não é necessário ter uma babá mandando um marmanjo parar de jogar bolinha de papel no coleguinha ou que não pode desenhar um pinto na cadeira.

 No.7226

>>7223
Mas no Japão o ensino médio também é opcional, mesmo assim tem muita disciplina lá.

Sobre o uso para fins didáticos, na faculdade a gente vê que muitos usam para ficar no cancro sim, mas tem muitos que usam para pesquisar coisas úteis. Varia muito de pessoa para pessoa. Teve uma aula semestre passado que boa parte dos estudantes tinham os textos das aulas no celular mesmo, nem precisavam imprimir ou tirar xerox.

 No.7234

>>7222
Tem muita ojou porque tem muita gente que gosta de ojou. Só isso.
Se tem público, os autores vão escrever sobre, mesmo que não seja realístico. Além disso, serve como plot device para inserir maids, e essas sim tem um público enorme.

A verdade é que as pessoas muito ricas hoje preferem morar em um apartamento grande no centro e ter uma casa fora da cidade para passar os finais de semana e feriados. Mansões só servem para ostentar, e quem gosta de ostentar é pobre.

 No.7373

File: 1470600499924-0.jpg (35.77 KB, 600x356, 090_2.jpg)

File: 1470600499924-1.jpg (59.44 KB, 620x385, cabce-lightnovelsample.jpg)

Anões, o que DE FATO muda entre uma light novel e um livro de literatura japonesa? Dizem que as light novels usam kanjis mais fáceis, mas tem muitas que usam kanjis complexos e ainda assim são chamadas de light novel. É só frescura de nicho de mercado ou existe alguma alteração significativa entre um livro e uma light novel?

Estou organizando minhas prateleiras, não sei se coloco as LNs com os mangás ou com os livros literários.

 No.7374

>>7373
No Brasil isso é livro.
Agora, os japoneses categorizam esse tipo de livro seguindo essas regras:

http://anime.stackexchange.com/questions/13301/what-exactly-is-a-light-novel

Basicamente, é livro escrito com adolescentes e jovens adultos como público alvo.

 No.7384

File: 1470612406342.jpg (393.49 KB, 726x1024, melhor volume.jpg)

>>7374
Yappari, não tem diferença, ambos são livros literários. Mas são estilos ligeiramente diferentes. É como distinguimos Romances de Novelas e de Contos, são todos literatura. As Light Novels seriam como as Novelas.

Vou colocar as LNs junto com os livros literários em geral. O.brigado.

 No.7385

>>7373
>>7374
Eu considero Light Novel como a nossa literatura Young Adult, aqui do Ocidente.

 No.7498

File: 1471217191705.png (Imagem Spoiler, 1.51 MB, 697x927, noraneko no tama.PNG)

>>6904
Voltei.
Sniff dog eu fui, mas já havia lido o da Anzu e o outro que ele estava vendendo era da Ram e da Rem. E Ram e Rem não se sexualiza, então não comprei.

Esse Abnormal Terminal eu não gostei, então não comprei também. Mas obrigado pela sugestão.

>>6905
Pica relatada.

Obrigado pelas sugestões.
Foi muito divertido, mas ao mesmo tempo sofrido. Muita gente empurrando, MUITA gente mesmo, todo mundo suado e com calor. Mas no final valeu a pena.

 No.7534

>>7498

Meus parabéns e bom trabalho. Ia falar pra ir pegar o novo doujin do as109, mas ele só fez um joguinho com os doujins passados dele.

Só de ver os relatos de gente esperando 5 horas pro primeiro da fila conseguir um autógrafo, meu desu. Queria muito ir, uma pena que só fiquei sabendo do evento faltando dois dias, se ao menos eu tivesse uns 60 mil de sobra…


Enfim, bom final de feriado. Acho que esse vai ser o último feriado longo nesse ano.

 No.7536

File: 1471361012600.png (Imagem Spoiler, 1.81 MB, 697x925, livros finos.PNG)

>>7534
Obrigado, anão.

Fiquei esperando quase 1 hora só para entrar e depois mais 50 minutos no sol do inferno para comprar o hentai do ItoLife. Valeu a pena.

Mas o resto foi tudo de boa. Só os mais famosos que tinha fila mesmo.

Deu 33 livros no total. Era pra ter comprado mais, mas estava de saco cheio dos caras me empurrando, hue.

Also, rateiem o meu gosto.

 No.7538

File: 1471388072595.jpeg (28.51 KB, 346x352, image.jpeg)

>>7536

>evento com circles de música, jogos, Artworks, cosplay, goods

>gasta tudo em hentai

 No.7540

>>7536
>>7538
Faria o mesmo. Mentira, compraria algo da Shibayan records e da IOSYS também.
>>7536
10/10.

 No.7544

File: 1471401641946.jpg (139.34 KB, 696x549, 1410667829060.jpg)

>>7538
O meu cérebro desceu para o meu pau. Nem fui ver outros lugares.

 No.7566

File: 1471569803431-0.jpg (144.06 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Kono Bijuts….jpg)

File: 1471569803431-1.jpg (190.65 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Kono Bijuts….jpg)

File: 1471569803431-2.jpg (36.26 KB, 320x533, waifu.jpg)

Duas perguntas.

A primeira é sobre esse formulário de "o que você quer ser no futuro?" que aparece muitas vezes em animes. Existem garotas que realmente preenchem como "dona de casa", "esposa" ou algo equivalente, ou é coisa de ficção?

E a segunda é sobre esta piadinha do "você quer o jantar, um banho ou… e-eu?", o original surgiu aonde?

 No.7568

>>7566
>essa pica da homura

MEUS LADOS! Estou rachando aqui.

Não sei te responder.

 No.7570

>>7566
Sobre shinkon santaku, não sei exatamente a origem, mas é algo mais antigo que manga, anime e light novels.

Quanto a profissão, eu chuto que seja só piada. Mas yome nesses casos não é só "esposa", é mais para dona de casa.

 No.7571

File: 1471579465982.jpg (674.25 KB, 1600x1349, 57263175_p0.jpg)

>>7566

Acho que ninguém vai conseguir te responder exatamente essas perguntas. pois é algo que só um professor japonês mesmo saberia. Apesar que deve existir sim, já que tem meninas que não tem grandes ambições por lá.

Sobre a outra pergunta, não lembro de uma origem especifica, mas é meio que considerado o "sonho de todo homem" isso.

 No.7572

File: 1471620438448.png (312.69 KB, 423x595, 017.png)

Sempre tive essa dúvida: Como lolicon é visto no Japão?

O termo "lolicon" é realmente usado como eufemismo pra pedófilo no Japão, como eu vejo nos animes/mangos/LNs? Ou eles usam estritamente pra quem curte 2D, como aqui no ocidente?

Um pedoleiro por lá é visto como é visto no ocidente ou eles são mais "Nojento, mas se não tiver mexendo comigo ou minha família, foda-se"? Existem pessoas abertamente pedoleiras como eu vejo nos animus?

É verdade que a Yakuza mantém bordeis de prostituição infantil em alguns lugares?

Mangás de natureza lolicon estão realmente ameaçados por causa das olimpiadas de 2020 ou isso é meme da imprensa ocidental?

Como o governo japonês e os japoneses veem modelagem infantil por lá? Junior Idols semi-nuas é algo legal e aprovado pelo primeiro-ministro? Uma vez eu achei um site japonês (na web mesmo) desses e fiquei de boca aberta porque eles nem ao menos tentam ser discretos e vendem vídeos pornôs e sets fotográficos de garotinhas semi-nuas com fantasia de gatinho lado a lado.


Enfim, desculpem pela natureza das perguntas. Eu só ia perguntar sobre como lolicon era visto, mas aí foram surgindo outras perguntas na minha mente e quando vi já tinho escrito isso tudo.

 No.7573

File: 1471634473527.jpg (113.07 KB, 648x968, 1469428356897.jpg)

>>7572
>Como lolicon é visto no Japão?

Da mesma forma como pedófilos são vistos aqui.

>O termo "lolicon" é realmente usado como eufemismo pra pedófilo no Japão, como eu vejo nos animes/mangos/LNs? Ou eles usam estritamente pra quem curte 2D, como aqui no ocidente?


Pedófilos mesmo.

>É verdade que a Yakuza mantém bordeis de prostituição infantil em alguns lugares?


Não que eu saiba, prostituição é "proibido" lá.

>Mangás de natureza lolicon estão realmente ameaçados por causa das olimpiadas de 2020 ou isso é meme da imprensa ocidental?


Sim, a ONU já a anos vem tentando matar a indústria japonesa. Malditos judeus.

>Como o governo japonês e os japoneses veem modelagem infantil por lá?


Modelos seguem os conjunto de regras iguais aos de idols e tem todo um conjunto do que poem e não podem fazer e segue para modelos infantis, juvenis e adultos. Esse que você viu deve ser de videos e revistas eróticas e quase certeza que adulto. Apesar que realmente tinha um canto de pornografia infantil, mas que foi proibido recentemente

 No.7582

>>7572
Lolicon é pedófilo, mas a gente entende pedofilia errado.
Pedófilo é quem sente atração sexual primariamente por meninas que ainda não menstruaram. Não é um estuprador que sai por ai comendo menininhas.

Na verdade, a grande maioria dos casos de estupro de crianças não é cometida por pedófilos, mas por pessoas normais que vêm a criança como alvo fácil, e acabam por se contentar com ela.

Ou seja, você pode ser pedófilo e levar uma vida normal, sem nunca ferir a lei, pois ser pedófilo não é crime. Crime é estuprar menininhas ou possuir cp.

Lolicon é pedófilo para eles, mas eles entendem melhor o significado da palavra. Eles sabem que o cara não é criminoso só por ser lolicon. E tem muito lolicon só 2D (que seria o que nós chamamos de lolicon aqui).

>>7573
A Yakuza não dá uma foda se é proibido ou não, né. É a Yakuza. Mas eu duvido que realmente exista, e se existir, deve ser extremamente restrito.

E eu não acredito que manga lolicon vá acabar por causa das olimpíadas. Já estão tentando atacar isso tem muito tempo e nunca conseguiram nada, os japoneses não são idiotas.

 No.7590

File: 1471657126506.jpg (1.42 MB, 1400x2100, 52377026_p0.jpg)

>>7582

Eu sei, por isso as aspas em proibido. Na verdade existe bordeis lá disfarçado de bares e casas de massagem e alguns podem até possui menores, mas são em maioria adolescente de 16+ que praticam Enjou Kousai, mas criança mesmo não eu acredito. Só que essas coisas são extremamente restritas a somente japoneses e quem pertence a um certo circulo de pessoas conhecidas e de confiança. isso é o que eu ouvi falar e não é bem diferente do que existe aqui também e acredito que seja verdade.

 No.7595

File: 1471666216085.jpg (210.09 KB, 640x926, 83a3c989-s.jpg)

>>7573
>>7582
Pera aí, prostituição é proibida no Japão? Não sabia dessa.
Já vi uns amigos americanos falando sobre ir no Japão comer prostitutas japonesas, então sempre tive a ideia de que lá fosse bem diferente dos EUA, com bordéis a céu aberto.

>>7572
>O termo "lolicon" é realmente usado como eufemismo pra pedófilo no Japão
Creio que sim, é como o >>7582 falou. Eles também usam "pedófilo" lá, e tem a mesma conotação que aqui. Mas quando usam "lolicon" parece ter uma conotação de pedoleiro light que fica só nas fantasias e desejo platônico.

Pica relatada, uma back cover da COMIC LO com uma propaganda para lolicons não saírem apalpando menininhas. Já vi outra recomendado que os leitores não puxassem as randoseru de menininhas que vissem na rua ou algo do tipo.

 No.7596

>>7595
>Pera aí, prostituição é proibida no Japão? Não sabia dessa.
Sim. Até algumas "prostitutas" não fazem sexo com penetração, mas só sumata.

 No.7599

File: 1471702419007.png (280.95 KB, 600x450, 1456678218277.png)

>>7595

Sim, é proibido e os bordeis escondidos da Yakuza é proibido para Gaijins. Teve até um anão do antigo Brchan que teve um problema com um Yakuza por chegar perto de um. Entretanto, tem sites onde você pode marcar de se encontrar com as prostituas e tal, mas é como o >>7596 elas não fazem sexo com penetração. Elas até podem fazer, mas só se forem MUITO com sua cara e essas coisas são bem caras.


>>7595

A LO geralmente faz essas propagandas nas capaz dela, ela tambem tem um "centro de recuperação de lolicons" para pessoas que tem desejos de transpor a borderline pro 3D.

 No.7620

>>7599
>centro de recuperação de lolicons
Hue, vou me internar nesse centro.

 No.7625

>>7620

É real, já postei aqui sobre isso: >>1115

 No.7676

File: 1472078212960-0.jpeg (47.54 KB, 400x368, image.jpeg)

>descubro site de leilão japonês, ヤフオク
>jogo loli na busca
>mfw

 No.7677

>>7676
É aqueles que mandam teu IP para o FBI quando se procura por loli?

 No.7678

File: 1472083936288.png (195.29 KB, 1137x606, Pizza de Queijo.png)

>>7676

Hue.


>>7677

Sites japoneses não fazem isso.

 No.7679

>>7678
>diana
>candydoll

 No.7682

>>7679
>candydoll よりもいい小学生
>estudantes melhores que a 'candydoll'

 No.7902

File: 1473303651988.jpg (60.81 KB, 1024x659, toast.jpg)

Estive pensando, já que é bem comum sair de manhã com uma torrada na boca, quando eles escovam os dentes? Ficam sem escovar de manhã? E após os lanches e almoços na escola também não escovam os dentes? Pensei nisso agora porque recém escovei os dentes e vi essa cena da torrada em um anime.

 No.7904

>>7902

Brincadeiras de lado, japoneses não escovam os dentes após as refeições. Muitos tem dentes amarelos como a foda.

 No.8452

File: 1477238760405-0.jpg (846.1 KB, 1920x1080, 1477015665510.jpg)

File: 1477238760405-1.jpg (130.84 KB, 1280x720, mpv-shot0003.jpg)

Pergunta:

Existe algum motivo para essa quantidade trevos de quatro folhas nos animes? É alguma coisa em relação época do ano ou algo assim?
Sinceramente, estou começando a pensar que é uma referência ao 4chan.

 No.8455

>>8452

Não, trevo é só um simbolo da sorte lá.

 No.8458

>>8455
Ele simbolo da sorte em diversos lugares, porém, a proximidades da aparições e uma época que aparentemente não tem nada haver com mesmo é que me faz pensar não questão de ser uma referência.(O USUÁRIO FOI BANIDO POR ESTA MENSAGEM)

 No.8459

File: 1477287257735.png (216.05 KB, 558x628, 1460657520804.png)

>>8458
Acho melhor você reescrever esse post.

 No.9075

Por que a família imperial nunca aparece em animes?

 No.9671

File: 1484846000133.jpg (53.7 KB, 640x480, [Exiled-Destiny]_Excel_Sag….jpg)

Atropelamentos envolvendo caminhões são frequentes no Japão ou isso é apenas falta de criatividade que acabou virando um clichê?

 No.9687

File: 1484919711787.webm (1.53 MB, 634x463, japasene truck.webm)

>>9671

Grande maioria dos atropelamentos/acidentes de carro ocorrem com motoristas/pedestres de idade, fora disso é bem raro algum estudante não respeitar o sinal ou olhar bem os dois lados da rua.

Sem contar que os motoristas do Japão são obrigados a fazer de 4~6 verificações nos cruzamentos e nos sinaleiros, tanto os lados, quando na frente e atrás. E o pedestre tem sempre a preferência na faixa, sendo o motorista obrigado à parar caso veja algum pedestre querendo a atravessar.

Mas claro, acidentes acontecem.

 No.9703

>>9687
Esse tipo de acidente é muito comum.
O motorista para pra dar passagem só que o outro que vem atrás não quer saber ou não percebe, entra na contra-mão e acaba atropelando pessoas ou batendo no veículo que queria entrar na pista.

 No.9705

>>9687
Não é a toa que dá acidente, olha só, tá tudo do lado errado.

Usar o sistema inglês de transito é quase tão estranho quanto o usar o sistema imperial de medidas.

 No.9710

>>9687
>>9703
>>9705
O engraçado é que a loli tenta desviar e o caminhão vai atrás, perseguindo ela pelo cheiro de sangue.

 No.9740

>>7902
>>7904
E? No Brasil também nunca vi alunos escovando os dentes após a merenda.
Eu mesmo costumo escovar os dentes somente antes de dormir.

>>9705
>>9710
Pode ser que este motorista seja brasileiro.
Parece um macaco dirigindo a caminhonete.

 No.9798

File: 1485376549212.png (49.75 KB, 600x600, qt.png)


 No.9927

File: 1485789489246.jpg (95.32 KB, 1773x822, 1485193531869.jpg)

Anões, como é a questão de relacionamentos casuais no Japão?
No ocidente, festas rave, 'baladas' e 'pegação' são muito comuns.
É comum 'ficar' com as depósitos, beijar por beijar e esse tipo de coisa sem compromisso.
Eu sempre tive a impressão que isso não acontece no Japão, ou pelo menos não é tão comum ou socialmente aceito quanto é por aqui. Não é tão recorrente.

E então? No Japão é comum ver jovens 'ficando' entre si, ou eles estão mais interessados em namorar, como vemos nos animes?

 No.9928

>>9927
Esse negócio de ficar beijando e dando pra pessoas por quem você não tem nenhum interesse romântico é pura vadiagem nossa.
Nunca fui pro Japão, mas a impressão que eu tenho é que, felizmente, lá isso é muito menos aceito.
Agora, falar que não existe, é mentira. Com certeza deve ter, a diferença é que muito menos pessoas devem ter interesse nisso por lá.

 No.9929

>>9927
Ouvi falar de um amigo que conhece um japonês que passou um tempo por aqui que o cara "passou o rodo" em várias festinhas por aqui. Não sei se por lá isso ocorre, mas quando eles vem pra cá alguns curtem é por aqui.

 No.9930

>>9928
Eu também acho que isso seja fruto da cultura ocidental. É lógico que eu sei que isso também acontece por lá, do contrário não haveria indústria pornográfica, porque não haveriam atores, mas em relação aos jovens acho que deve ser realmente mais incomum.

Por aqui, tudo é mais banalizado.
Estar na sexta série e nunca ter beijado é 'esquisito', mas nos animes é frequentemente retratado jovens de até 18 que nunca namoraram, e não são necessariamente otakus falhos. A impressão que tenho é que lá esse tipo de coisa é mais valorizada.

Os animes podem não ser 100% precisos sempre, mas ainda refletem a cultura do país, assim como nossos filmes, livros e seriados refletem a nossa.

Eu nunca vi um 'Skins' japonês, por exemplo.

 No.9934

File: 1485798100074.png (9.84 KB, 284x284, 1481674864786.png)

Grifinorismo e Femilixismo: Existe no Japão?
Como é o Japão em relação à isso?

 No.9936

File: 1485801188349-0.png (412.5 KB, 645x509, japan banter.png)

>>9934

Segundo Japoneses que postam no /pol/ do 4chan existe, mas é bem pouco entre os japoneses mesmo, a maioria dos esquerdistas lá são professores de inglês que vão dos EUA pra lá pra doutrinar a molecada. Mas coisas retardadas como Antifa e tal não existe lá e se existisse bem provável que iria bater de frente com Yakuza e seria cortada.

Feminismo lá é bem mal visto, maioria das mulheres acham bobeira e loucura de gaijin, então não é bem aceito. Os que os esquerdista mais forçam lá e racismo e xenofobia contra koreanos e chineses, não tem como forçam contra negros, já que negros são extremamente mal visto lá e não tem como serem aceitos tão facilmente. Basicamente os crime de guerra lá são o "Yellow guilty" dos japoneses.

Enquanto o Nippon Keiji estiver no poder lá o Nipão estará a salvo dos judeus, reze pra que continue assim.

 No.9937

>>9936
>Nippon Kaigi

Escrevi isso ai igual um retardado, peço perdão pelo vacilo.

 No.9939

>>9936
E coisas como 'Orgulho Goy'? Existe esse tipo de ativismo por lá?
Vi uma vez um vídeo de entrevistas gravado no 'Tokyo Rainbow Pride', mas não foi o suficiente pra saber se é um evento isolado ou se acontece com frequência.

 No.9940

>>9939

Essas porras são organizadas por estrangeiros lá e acontece, mas nada realmente japonês ate onde eu sei. Igual todos os protestos de esquerda lá como BLM, você só vê gaijin neles. Essas coisas são muito mal vistas entre os japoneses mesmo.

 No.9982

>>9936
Eu não quero estragar a graça, mas fui eu que fiz esse post com uma proxy. Japoneses de verdade no 4chan falam inglês com frases muito simples e curtas, mas também não caia no meme de broken Engrish, se você notar erros demais em um único post, pode apostar que é um LARPER mais experiente.
Pela minha experiência, pelo menos no 4chan, os japoneses são bem calmos e não manifestam posições políticas radicais, mesmo no /pol/. Acho que eles (novamente, pelo menos no 4chan) são centristas ou conservadores moderados. Eles passam a maior parte do tempo com bantz e conversando em japonês com os outros. Há um nipo-brasileiro de verdade no /luso/ do /int/ confirmado por timestamp que está trabalhando no Nipão, mesmo ele é bem centrista e moderado.

 No.9989

>>9982
Tem lógica esse argumento. Não faz sentido ser japonês nacionalista e não estar usando o glorioso 2ch.net ou mesmo o futuba.

>Japoneses de verdade no 4chan falam inglês com frases muito simples e curtas

Entendo esse sentimento com perfeição.

 No.9993

>>9982

O post eu usei mais pra ilustrar do que servir como "prova" de algo. Já acesso o /pol/ tem um tempo e sei que tem muitos proxys por lá e também vários anões que são professores de inglês no Japão, mas da pra diferenciar um japonês mesmo da forma como você falou e é deles mesmo que estou falando. Alguns aparecem de madrugada para postar no /pol/ e esses mesmo dificilmente são centristas, muitos tem opinião política formada e pelo menos os que postam lá são de direita, eles são bem de boa e dificilmente entra em discussões bobas ou shitpost.

 No.10121

File: 1486385927808.png (407.36 KB, 508x624, 1481752313697-1.png)

A impressão que tenho dos japoneses é que eles tendem a ser mais acomodados e calmos do que nós. Falo isso de maneira positiva.
Eles não parecem viver reclamando, questionando e protestando. Reclamando de decisões do governo, de leis, e de normas sociais. Eles parecem viver pacificamente, aceitando sem muita hesitação. São bem passivos, e eu acho isso interessante.

Não são como as porcas SJWs que vemos por aqui, que querem 'hurr durr quebrar padrões sociais hurr'.

 No.10122

E sobre os chans japoneses, anões? Alguma ideia de como são as comunidades por lá?

No ocidente, a comunidade channer tende a ser mais 'ácida'. Existe uma cultura channer, gírias presentes no chanspeak, as raids, etc.
No Japão, os chans têm uma aparência semelhante?

 No.10131

>>10122
Regra universal: existem comunidades e comunidades além de comunidades dentro comunidades maiores.
O 2ch.net não temos acessos devido questão do pass pago e de aceitar somente IPs japoneses nas boards principais.
Já 2chan.net(nsfw) esta aberto para todos e parece ser bem caótico.
Também temos o twitter, mas não entra no caso.
>inb4 normalfag
Maior parte dos algoritmos de censura do twitter só funcionam em relação caracteres ocidentais. Não sei relação aos japoneses, mas os muçulmanos fazem o que querem com twitter.

>>10121
Povos insulares são mais "calmos". Vinde britânicos. Como li em livro de ex-kamikaze(a guerra acabou antes do ataque dele), os americanos são panelas comuns e os japoneses são panelas de pressão.

>sjw

Meh. Eu vejo como evoluções da flash mobs. Além de contar que político se tornou popular.

 No.10142

>>10121
Faz parte da cultura deles, eles tem valores morais diferentes dos nossos. Em geral, países colonizados (EUA, Brasil, México, etc - com exceção da Austrália) costumam ser mais "inquietos" e turbulentos. Países do velho mundo são mais calmos, até outros como Noruega e Finlândia por exemplo. Contudo eles fazem críticas quando é necessário, por exemplo nos animes Sayonara Zetsubou Sensei e Joshiraku (que por acaso são do mesmo autor) há diversas piadas sobre política e a sociedade japonesa em geral, então eles possuem senso crítico e não são acomodados, mas lidam com isso de maneira diferente dos ocidentais.

Outro fator que influencia bastante é a origem do pensamento da sociedade, razões históricas. Tinha lido o resumo de um artigo, que tenho que ler completo ainda, que comentava que os japoneses tem uma visão mais de sociedade e menos de autonomia individual se comparados com os ocidentais, ou seja, para eles a pessoa conscientemente é parte de uma engrenagem no sistema social, enquanto os ocidentais defendem que cada pessoa é autônoma e dona de si mesma. Fora a influência do pensamento marxista atualmente nos países colonizados (hurr durr, minorias oprimidas, revolução, derp), que eles não sofrem tanta por sua origem ser diferente (focado em pensamentos de filosofias e religiões orientais).

 No.10143

>>10142
Você poderia compartilhar esse artigo conosco, anon?

 No.10146

>>10143
Ainda não li, e o foco nem é uma análise sociológica, mas em bioengenharia humana, só abstraí a partir do que o autor afirma no que fundamenta a ética deles. O artigo é "Reasons Against the Selection of Life: From Japan's Experience of Prenatal Genetic Diagnosis" de Susumu Shimazono (foi publicado no livro "Human Enhancement" organizado por Nick Bostrom e Julian Savulescu). ~~Pesquisando como tornar Nekopara real.~~

 No.10147

>>10143
>>10146
E tem outro artigo escrito por um japonês também no mesmo livro. Também ainda não li, mas pelo resumo também comenta que a ética ocidental, principalmente utilitarista, parece ser estranha à eles. Este outro artigo fala da modificação genética mesmo ("Should we improve human nature? An interrogation from an asian perspective" de Ryuichi Ida). Mesmo sendo assuntos bem pontuais, quando fala de ética se fala de cultura, então afeta muitas coisas além da analisada.

Quando eu ler daqui algumas semanas provavelmente comento aqui e vejo o que abrange nos assuntos do fio.

 No.10306

File: 1486930437783.jpg (170.35 KB, 1920x1081, purin.jpg)

Anões, por que tantas personagens de anime e jogos japoneses amam pudim? Em Yuru Yuri tem umas que adoram pudim, nos jogos de Disgaea e Neptunia os pudins são muito importantes também, e em várias vezes em diversos animes vemos as garotas querendo pudim.

É um doce muito apreciado no Japão? O pudim deles é diferente do nosso pudim? Se sim, o que muda?

Ouvi falar que os doces japoneses não são tão doces quanto os nossos, será que o pudim seria uma exceção? Ou o pudim deles não é tão doce quanto o nosso?

 No.10307

File: 1486932721387.jpg (594.45 KB, 662x500, 1481754435049.jpg)

Anões, tenho uma dúvida acerca da palavra 'otaku'. Imagino que muitos também partilhem dessa dúvida.

Não é raro vermos pessoas dizendo que os ocidentais deturparam a palavra 'otaku'.
Já li desde pessoas dizendo ser errôneo relacionar o termo à fãs de anime, já que no Japão isso supostamente não faria sentido (já que, de acordo com eles, você pode ser um 'otaku' de trens, se gosta muito de trens, ou um 'otaku' de guitarras, se gosta muito de guitarras.)

Também já li pessoas dizendo que no ocidente, tal expressão perdeu o sentido, já que no Japão 'otaku' viria a ser uma ofensa, algo ruim.

Porém, isso me parece um bocado confuso e errado. Por mais que muitos metidos à espertos digam isso, não é o que vemos em animes, como por exemplo em OreImo e Saekano.
Eu nunca vi um personagem otaku de um anime dizendo ser 'otaku de anime', apenas 'otaku'. E também, nunca vi ninguém tratando isso como 'uma ofensa', exatamente.

O que parece, é que o Japão interpreta a palavra de uma maneira quase idêntica à nossa. Por mais que você possa ser um otaku de trens e que faça sentido, parece que o sentido principal ainda são os animes.

Algum bondoso anão poderia me tirar essa dúvida?

 No.10309

File: 1486935662467-0.jpg (243.12 KB, 700x984, img000027.jpg)

File: 1486935662467-1.jpg (228.68 KB, 700x984, img000028.jpg)

File: 1486935662467-2.jpg (346.13 KB, 821x1200, img000014.jpg)

File: 1486935662467-3.png (280.96 KB, 1528x1100, img000011.png)

>>10307

Anão, a palavra "otaku" é muito abrangente, pode se referir a tanto animes, quanto qualquer tipo de "hobbies incomuns" ou "obsessões" que a pessoa tenha, obviamente personagens de animes referem-se a mais anime pois é o foco deles, mas pode ser mesmo de trens, insetos ou qualquer outra coisa, o cara é um otaku.

Chamar alguém de otaku também não é exatamente uma ofensa como chamar alguém de filho da puta, só não é legal, pois ser otaku não é bem visto para os normalfags em geral. Ser otaku significa que você tem um hobby não muito bem aceito pela sociedade e isso pode comprometer sua amizade com certas pessoas, a menos que ela sejam otakus também, ai não tem problema. Por exemplo a Kirino em Oreimo precisou achar a Kuroneko e outros amigos otakus para poder falar dos hobbies dela.

Se quiser entrar mais em detalhes leia obras como Molester Man, Densha Otoko que são obras baseadas em acontecimentos reais e falam um pouco sobre otakus e como as pessoas os veem. Pode encontrar alguns documentários, mas esses não falam exatamente sobre outras coisas, mais sobre fãs de animes.

No geral é questão mais nossa sim imaginar que otaku = anime, sendo que é bem mais que isso.

 No.10310

File: 1486935856286.png (110.28 KB, 299x483, Otacon_MGS4.png)

>>10307
Então, eu acredito que o sentido é muito parecido com o que temos da palavra "nerd" aqui no ocidente.

Uma pessoa pode ser nerd nos estudos, vídeo-games, quadrinhos, filmes, etc. Você dizer que você é nerd não diz muito sobre os seus gostos, só diz que você é obcecado por atividades que não são sociais.

Um exemplo é o Otacon de Metal Gear Solid, ele diz que costumava ser um otaku, pois era fã de animes de mecha, e por conta disso se tornou um cientista. Você encontra no PC dele papéis de parede de Policenauts e Zone of the Enders, além de figures de mechas (Metal Gears). Por ele se auto-declarar otaku, mostra que não é uma palavra ofensiva em si, apenas não é algo que a pessoa teria orgulho de se auto-declarar.

Also, o sentido das palavras mudam com o tempo, o significado das coisas é dinâmico. Eu acredito que na década de 80 e 90 era muito mais ofensivo ser chamado de nerd ou otaku, mas hoje em dia com a popularização e exposição de hobbies menos sociais, acabou banalizando o sentido ofensivo de antes.

>>10306
Acho que é porque os ingredientes são fáceis de se conseguir (leite, leite condensado, ovos, açúcar e água). Por conta do clima e do Japão ser uma ilha, eles não tem tanto acesso à diferentes ingredientes quanto outros países do mundo, por isso muitos doces de lá usam ingredientes exóticos, como doce de feijão.

Pudim é um dos doces mais gostosos e fáceis de fazer, por isso deve fazer sucesso por lá.

 No.10311

>>10309
Obrigado pela explicação e principalmente pelas recomendações, anão, vou checar sim.

Mas, nesse caso, significa que um japonês não associaria a palavra 'otaku' à animes automaticamente sem antes um contexto maior?

 No.10312

>>10311
Talvez, até alguns normalfags associem a anime ou video game sem um contexto maior por se o mais popular, mas geralmente perguntam "otaku de que?". Mas se tu tiver em um ambiente de algo, por anime eles ja associam direto,como a historia da garotinha que contou pro irmão que era otaku pro irmão depois de ver Oreimo e a hana Kana influenciou ela a assistir o anime junto com o irmão em um programa de rádio. Aí já sabe que e otaku de anime.

 No.10315

Tem muita mãe solteira no Japão? Pois sempre vejo personagens de anime sendo chamados de senpai.

 No.10317

File: 1486953959708.jpg (6.09 KB, 229x132, 840.jpg)


 No.10318

>>10307
Atualmente acho que associam direto a anime e coisas relacionadas (LN, jogos weeaboos, etc), talvez justamente pelos ocidentais chamarem quem gosta de animes de otaku. Eu tive um professor de japonês que era japonês mesmo, a gente ficava zoando na aula sempre, e quando eu falava alguma coisa bem weeaboo do tipo "estava jogando THE [email protected]" ele falava "OTAKU DA…", hue.

 No.10319

File: 1486956135599.jpg (6.94 KB, 199x225, 1466317863995.jpg)


 No.10478

File: 1487348343071.jpg (33.7 KB, 225x325, kuzunohonkai.jpg)

Vocês sabem como Kuzu no Honkai está sendo visto no Japão? Tem sido polêmico?

 No.10481

>>10478
Por que seria polêmico?

 No.10504

File: 1487434501599.gif (129.41 KB, 228x310, 1481743185203.gif)

>>10481
Por abordar temáticas como 'sexo casual' e coisas parecidas.
Ao meu ver, os japoneses tendem a ser conservadores nesse ponto. Essa questão de ter relações sexuais com várias pessoas, e apenas pelo prazer, não seria muito bem vista por lá, em meu ponto de vista. E isso é retratado em vários momentos no anime.

 No.10505


 No.10510

File: 1487447313988.png (44.58 KB, 330x330, 1481752692367-0.png)

>>10505
Fico aliviado ao ler isso, já estava começando a imaginar que o Japão talvez estivesse contraindo a doença ocidental.

Apesar desses comentários retardados dos 'uh gringos uh derp' serem de dar nojo. Não consigo ouvir pessoas defendendo futilidade e 'liberdade' sem quase vomitar.

 No.10516

File: 1487448340764.png (404.28 KB, 691x822, 38676253_p0.png)

>>10505
Do mesmo jeito que Shimoneta recebeu várias reclamações e vi anões aqui nesse recinto mesmo ficando de bunda ardida.

O Japão vai continuar fabricando esse material do mesmo jeito que vai ter gente reclamando.

 No.10517

File: 1487450028998.jpg (35.85 KB, 352x750, cfcfbfb1520f8a8041dc5a5599….jpg)

>>10516
Shimoneta e Kuzu no Honaki são totalmente diferentes.

Shimoneta é um anime de comédia, em um mundo de fantasia, e mesmo assim, nem os personagens "rebeldes" faziam sexo com qualquer um a troco de prazer físico.

Kuzu no Honaki é um anime que retrata a… realidade do ocidente. Só que com garotas de aparecia e vozes fofas. Eu acho bastante contraditório (por que não fizeram live action, então?), mas talvez seja essa a graça.
Eu estou assistindo principalmente pelas vozes e pelo character design. Adoro a voz da protagonista, e a Toyosaki Aki me fez passar a achar a Kofuku uma santinha.
Alias, só em questão de dublagem que dá pra comparar com Shimoneta. Aquela Matsuki Miyu (never forget) e Arai Satomi…

 No.10520

File: 1487451962704.png (363.84 KB, 642x611, DMM_Ranking.png)

>>10517

Fizeram anime justamente para promover o mango. Os 6 primeiros volumes alcançaram o terceiro lugar no ranking da DMM no mês de janeiro, o que já é um feito. Bem provável que vão fazer um dorama depois, grande parte do público é feminino mesmo.

 No.10565

File: 1487632092244.jpg (126.26 KB, 800x533, gueixas-lua-de-mel-no-japã….jpg)

Algum dos confrades aqui presentes sabem da existência de alguma agência de turismo realize viagens ao Nihão em grupo?

Eu não gosto de viajar sozinho, e o único impecílio que me impede de conhecer a terra do sol nascente é a companhia. Nenhum dos meus amigos têm dinheiro pra nada parecido.
Estou em busca de alguma agência que monte grupos para viajar.

 No.10568


 No.10574

>>10568
Fornicando isso. Obrigado, anon.

Céus, que viagem excelente.

 No.10658

File: 1487984361265.jpg (23.37 KB, 306x319, 1481752239109-1.jpg)

Tenho uma dúvida sobre a direção dos carros japoneses.

Frequentemente vejo em animes o volante do lado direito, mas às vezes também o vejo do lado esquerdo.
Seriam as duas formas existentes por lá?

 No.10659

>>10658

Carro importado.

 No.10721

File: 1488130549986.jpg (246.04 KB, 1920x1080, [HorribleSubs] Demi-chan w….jpg)

As escolas japonesas costumam colocar a nota de todos os alunos em quadros assim ou só dos que estão em melhores colocações? Eles possuem provas individuais para cada matéria ou são essas gerais quase como vestibulares que ocorrem todas no mesmo período?

 No.10722

>>10721

Depende da escola, no Japão as escolas tem uma liberdade muito maior de escolherem a forma como vão ensinar. Mas geralmente toda escola tem um modelo de "ranking" que postam as notas das provas mais importantes.

Os exames geralmente duram uma semana inteira e cada matéria tem uma prova especifica, que depois somam todas as notas e fazem a média total para postar no quadro.

 No.10758

Essa eu não sabia.
Trem-bala para homenagear Evangelion!
Postei por curiosidade.

 No.10845

File: 1488642040523.jpg (188.11 KB, 700x699, 1481752289272-1.jpg)

Como os anões deste recinto pronunciam 'H-anime' e 'H-mangá'?
Eu pronuncio como 'ecchi (êtchi) aníme'. O mesmo vale para mangá.

 No.10846

>>10845
E-Eu nunca precisei falar uma plavra dessas, então não sei como eu faria. Provavelmente falaria o H em inglês (aitch/eitch).

 No.10847

>>10846
Eu também nunca precisei, mas gosto de ter uma ideia.
Até porque, quando eu leio, eventualmente pronuncio na minha cabeça.

 No.10848

>>10845

Pra animação chamo de hentai, para manga chamo de doujin ou ero-manga, dependendo do tipo.

 No.10849

>>10845
Falo corretamente, oras.
A pronúncia não é difícil.

 No.10867

>>10849
E qual viria a ser a pronúncia correta, anãozinho?

 No.10868

>>10845
Eu pronuncio "eti-anime" e "eti-mangá", mas normalmente falo "doujin" ou "doujinshi" errado mesmo (seria "doudin" e "doudinshi"). Apesar disso pronuncio "JRPG" errado, falo "jota érre pê gê".

 No.10869

>>10867
H como ecchi, o resto da forma comum.
Era essa a sua pergunta ou a dúvida é outra?

 No.10898

>>10868
Mas tá certo falar JRPG em português, ué. É assim que eu falo também. Assim como K-Pop (Ká Pop).

Já H-anime, nunca gostei dessa expressão. Eu falo simplesmente mangá hentai e anime hentai, ou simplesmente Hentai.

Doujinshi eu uso de vez em quando, mas com o sentido literal, ou seja, mangás feitos por autores amadores, sem ser publicados oficialmente por nenhuma editora. Até porque um doujinshi não precisa necessariamente ser um hentai. E existe um monte de mangás hentai oficiais, que não são doujinshis.

 No.10925

>>10869
Era essa minha pergunta, mesmo.

 No.11423

File: 1491531978106.jpg (95.58 KB, 752x501, sake.jpg)

Tive a ideia de experimentar sake. O que preciso saber? Que tipo devo procurar? Como devo me portar em uma loja de garrafas de sake? É apropriado comprar uma garrafa e levar para consumir em casa? Qual é a maneira certa de tomar? O gosto lembra algo? Moro no bairro da Liberdade, se isso for relevante.

 No.11429

File: 1491613611066.png (822.48 KB, 1280x720, holo1.png)

>>11423
Se quiser só experimentar, por que não vai comer uma Asuka e pede um sake pra acompanhar?

 No.11430

>>11423
Lembro de eu ter visto uma casa especializada em sake lá na Liberdade, um quarteirão depois do Sogo Plaza se não me falha a memória.

Mas não sei, tomar bebida "à seco", ainda mais bebida quente igual sake, não seria uma boa ideia ao meu ver. Se quer realmente experimentar, procure algum restaurante local que também sirva sake e vá dando umas "bicadas" na bebida. Pelo menos com comida o alcool não subirá rápido para a cabeça hue.

 No.11431

File: 1491617675607.jpg (199.58 KB, 700x963, 1457598278594.jpg)

>>11423
Bebi uma vez e achei terrível, assim como todas as outras bebidas alcoólicas que experimentei.

O sake, em especial, parece que desce queimando a garganta.

 No.11572

File: 1492131257793.jpg (231.19 KB, 1631x897, Sem título.jpg)

O salário de um professor no Japão é baixo? Ele é baixo como os daqui ou apenas recebe menos que outras profissões? Professores recebem menos que um salaryman? Pensando bem tem vários personagens que são professores de escola e vivem sozinhos naqueles apartamentos de um cômodo só.

 No.11576

>>11572

Não, depende de onde você ensina. Maioria das escolas no Japão são particulares, então depende da instituição. Mas acredito que em média é um salário razoável que da pra viver relativamente bem se for solteiro, mas não o suficiente prase construir uma família só com ele.

 No.11625

Ok, essa vai ser um pouco mais difícil.

Acho que todo mundo sabe o motivo de haver censura de genitálias no japão, mas e as palavras? Não é raro você pegar um eroge e ter censura quando as garotas falam ochinchin, chinko, chinpo, manko, etc. Sempre que falam tem um *pih* no meio. O mesmo vale para alguns hentais que até evitam de falar, eu achei que a censura de genitálias tivesse relacionado à isso, mas parece que não, já que 2 animes dessa temporada também usaram essas palavras e não rolou censura.

Para quem consome esse tipo de material é um belo pote de ouro achar um eroge que não tem esse tipo de censura, digo isso por experiência própria.

 No.11628

File: 1492359402463.png (1.15 MB, 1280x720, [GJM] Space Patrol Luluco ….png)

>>11625
Acho que não tem nenhum motivo em especial, só pra dar tempero ao jogo. Não duvidaria que há pessoas que curtem esse tipo de coisa.

 No.11634

File: 1492387824880.jpg (219.02 KB, 840x962, Kimosa.jpg)

>>11625
Acho que era mais comum a falta de censura nas décadas passadas.
Após o surgimento da Internet, mangas e animes ficaram mais comportadinhos, pois fora do Japão, ninguém sabia das putarias contidas neles e algumas vozes de exterior começaram a azucrinar.
Conteúdos de Shōnen Magajin ou Bouken-ou da década de 70 eram mais pesadas na minha opinião.

 No.11637

>>11628
Eu sou um desses. Meua migo, existe doujins em formato de audio, são a melhor coisa que você pode ouvir.

 No.11639

>>11625

Existe um a regulamentação pra esse tipo de coisa, semelhante a que temos aqui. Então algumas coisas são censuradas e outras não. Por exemplo, penis, vagina são censurados, mas pau e pinto não, pois são palavras com duplo sentido.

 No.11659

File: 1492562686982.jpg (205.54 KB, 926x1077, 1492294044204.jpg)

Temos algum anão não-descendente que mora/já morou no Japão por aqui? Por um período considerável, é claro.
Quais são as formas possíveis de tornar isso realidade?
Falam de emprego, e estudo, mas isso só vale pra quem estuda em alguma Federal (Ciência Sem Fronteiras) ou trabalha em alguma empresa que pode, por ventura, te transferir pra terra do sol nascente?

Pra um anão de 23 anos que ainda não está fazendo faculdade e não tem um emprego (nem se decidiu sobre qual área seguir), qual seria o caminho das pedras pra chegar no Japão?

(Me casar com uma pasteleira está fora de cogitação. Os únicos Japoneses que conheço são meus professores de Japonês.)

 No.11662

File: 1492564728861.png (1.14 MB, 1360x768, Davido-kun.png)

>>11659

Não cheguei a morar, mas conheço um descendente que morou lá por volta de 10 anos, casou e teve filhos lá e um japonês que migrou pra cá.

Se você não é descendente as formas que você pode ir pra lá pra morar são: como empregado de uma multinacional, como professor de inglês, como investidor ou via intercâmbio.

O mais viável pra você é um intercâmbio na minha opinião.

 No.11663

File: 1492565897909.gif (27.59 KB, 590x332, bolsas_estudo_japao_mext.gif)

>>11659
>>11662
Bolsas do MEXT também é uma forma, tem várias modalidades como graduação, pós, curso profissionalizante, etc. Esses dias eu estava vendo uma revista acadêmica e cruzei com um artigo sobre filosofia japonesa, o cara que escreveu fez o mestrado no Japão e depois voltou para cá, ficou uns 2 anos lá pelo visto através de uma dessas bolsas.

http://www.sp.br.emb-japan.go.jp/pt/cultura/bolsa1.htm

 No.11664

>>11663

Não tinha comentado pois o anão falou que não estuda e nem sabe o que quer estudar, já que é algo semelhante ao Ciência sem fronteiras.

 No.11674

File: 1492623646615.png (186.56 KB, 480x360, 1442599753526.png)

>>11659
Você precisa de alguém que banque seu visto de longo prazo. Esse alguém pode ser cônjugue, uma empresa ou uma instituição de ensino.

Tenho um colega que foi convidado por um professor a ir para uma universidade japonesa fazer um curso (ou algo do tipo) por um mês. Após o curso, o sujeito acabou ficando por mais algum tempo ajudando em pesquisas. O ponto aqui é que essa pessoa está terminando seu doutorado.

Se você fosse descendente, poderia ir para lá trabalhar como peão de fábrica e, uma vez lá, tentar conseguir algo melhor. É o que pretendo fazer após terminar minha faculdade, no fim do ano.

Então, se quiser fazer sua vida lá, você tem algumas opções e nenhuma é fácil: ensino superior; obter destaque na sua área de atuação profissional, de modo que alguém no Japão queira seus serviços; fazer carreira numa multinacional japonesa e convencê-los a te mandarem para lá; ou o caminho que é mais comum aqui no Brasil - se casar com uma descendente. Boa sorte, anão.

 No.11679

>>11674
>fazer carreira numa multinacional japonesa e convencê-los a te mandarem para lá
Isso me lembrou um caso que eu vi de uma pessoa que trabalhava no Banco do Brasil e foi trabalhar no Japão pois o BB abriu agências por lá, então ficou uns anos no Japão. O curioso é que quando ele foi para lá não sabia nada da língua, ele foi porque precisava de alguém que se dispunha a ir trabalhar lá com mais uma meia dúzia de brasileiros. Tem algumas empresas que expandem para países estrangeiros, talvez seja uma boa opção também (empresas grandes que buscam abrir filiais em outros países ou trabalhar em outros mercados).

 No.11680

>>11674
Topa fazer um casamento gay comigo e me levar junto?

Eu sou hétero. A gente casa de mentirinha e vive como bros no glorioso, cada um com sua waifu.

 No.11710

File: 1492879199142.jpg (114 KB, 500x400, cowboy Tanaka.jpg)

>>11662
A que exatamente você se refere quando diz "intercâmbio", anão?
Já fiz um intercâmbio para a Inglaterra, mas foi apenas por um mês para estudar Inglês e foi através de uma agência de intercâmbio.
Que tipo de intercâmbio me possibilitaria viver lá? E, se for do mesmo tipo que eu fiz, imagino que sairia uma fortuna.

>>11663
Estava cogitando o MEXT. Minha sensei estava falando sobre ele comigo nessa semana, mas parece ser bem concorrido.

Qual seria a dificuldade média do MEXT? Já temos algum anão que já fez a prova e conseguiu uma bolsa neste recinto?

Qual seria a categoria mais fácil para se conseguir uma vaga? Imagino que Graduação seja a mais concorrida.

>>11674
O mais engraçado é que é muito comum ver macacos sem nenhuma ligação com o país indo viver por lá, como se fosse extremamente simples.
Uma antiga professora de Sociologia minha simplesmente foi morar lá no ano retrasado, provavelmente por causa do seu marido, que deve ter sido transferido.
Ela não tem NENHUMA ligação com o país, sequer fala Japonês.

Uma senpai da minha escola de Japonês também está estudando pela mesma razão: Marido transferido, terá que viver por lá.

Eles fazem parecer tão simples que é detestável.
Adoraria me casar com uma pasteleira, mas imagino que precisaria de muita sorte.

 No.11712

File: 1492880103489.jpg (94.1 KB, 960x540, battle.jpg)

>>11710
>A que exatamente você se refere quando diz "intercâmbio", anão?

O mesmo sistema que você fez na Inglaterra, você pode fazer por uma instituição de ensino e fazer home staying lá pra estudar japonês. Sim, é uma fortuna.

Sobre Mext, acho que conversei com uma conhecida sobre isso e além de uma prova, você faz uma entrevista pra eles selecionarem. Se não for Mext é outro programa.

 No.11730

>>11712
>>11710
Acredito que a entrevista não vá matar o anão. Boa sorte e lembre-se de servir de proxy para os anons querendo importar LO's.

 No.11731

>>11730

Matar não vai, mas se for o que estou pensando é muito difícil passar, tanto porque é concorrido. Also, é mais uma apresentação que entrevista. Se ele quiser tentar, recomendo duramente ele pesquisar sobre como funciona e se preparar MUITO.

 No.11733

>>11710
Na época em que eu considerei fazer a prova do Monbusho, há vários anos, costumava frequentar uma comunidade no finado Orkut para buscar conhecimento. Lembro de ver algumas provas de graduação para exatas e desisti porque era burro demais. Pelo o que eu saiba, não mudou muita coisa de lá pra cá, então acho que pode lhe ajudar um pouco.

https://orkut.google.com/c12258594.html

>>11680
N-não…

 No.11787

File: 1493092654486.gif (40.43 KB, 243x236, yotsuba 3.gif)

>>11730
>>11731
>>11733

Pesquisei algumas coisas em fóruns gringos, e parece que é mesmo muito difícil de conseguir. Principalmente na América do Sul, já que a demanda parece ser maior por aqui.
Não sei porque estava com expectativas irreais sobre isso. É óbvio que é muito difícil. Estou me sentindo um idiota.


Acho que vou voltar pro plano de me casar com uma pasteleira. Deve ser mais fácil.

Será que ela precisa existir?

 No.12513

File: 1496449251111.jpg (117.2 KB, 777x700, 1491427270435.jpg)

Mandioca: evite de dar notas grandes na hora de pagar, e sempre que possível pague no valor exato.

Acabei levando uma bronca por pagar com uma nota de 1000, sendo que tinha várias moedas no bolso.

 No.12526

>>12513
Parece um típico caso de xenofobia. Duvido que fariam isto para qualquer outro cliente.

 No.12527

>>12526

No caso foi um amigo japonês que falou isso.

Ele disse que era algo para facilitar a vida da dona da lojinha.

 No.12615


 No.12616

>>12615

Isso é MEXT e já foi discutido aqui: >>11712 >>11731 e >>11787

 No.12617

File: 1497046500102.jpg (53.65 KB, 1280x720, [HorribleSubs] Haifuri - 0….jpg)

>>12616
Não confie em você, confie em mim que eu confio em você.

 No.12648

File: 1497119835350.png (230.43 KB, 485x521, Kyouko_Kyoko_Kirigiri_Half….png)

Eu sei que muitas pessoas já fizeram essa pergunta mas, quais são as chances da indústria acabar de vez? Gostaria de apresentar essa questão por um prisma diferente.

Algumas semanas atrás, eu estava dando uma olhada nesse artigo da Wikipédia: https://en.wikipedia.org/wiki/North_American_video_game_crash_of_1983

Quais são as chances de acontecer algo semelhante com animes? Cada temporada que passa vejo mais e mais gente reclamando que não há nada bom pra ver ou que vai esperar reação geral pra pegar algo pra assistir, e como as vendas continuam a cair, animadores recebendo menos do mínimo que se dá pra viver no Japão, etc, etc.

Em outras palavras, mesmo que se recuperem depois, quais as chances da indústria acabar "explodindo"?

 No.12649

>>12648
Crash seria financeiro, os shekels que animes fazem estão mudando de cara mas ainda existem.
Ainda sonho com um segundo crash da indústria de jogos para que finalmente tenhamos uma revitalização, pensando desta forma talvez um crash na indústria de anime faria algo de bom, teriamos menos anime, claro, porém finalmente voltariamos a ver animes feitos com o coração e não com intenções judaicas, algo que poucos fazem atualmente (vou tirar do meu cu e falar que Shaft, Kyoani, Ufotable e Trigger ainda fazem animes tirados do kokoro).

 No.12654

File: 1497121519869.png (1.15 MB, 900x1200, 1469996590132.png)

>>12648

De anime? Baixas.

Única forma de alguma mudança ocorrer na atual indústria de animarias japonesas seria uma mudança brusca nas políticas japonesas que afetariam de alguma forma. Por exemplo, Abe sair e a oposição entrar e dar mais forças a censuras, levando ao banimento de lolicon/shotacon e outras coisas.
No mais, economicamente por enquanto acredito que vai demorar muito e só se não fizerem nada.

 No.12667

File: 1497132016688.jpg (123.49 KB, 598x458, 1427015827227.jpg)

>>12649
>>12654
>indústria finalmente morre
>estúdios como KyoAni, Shaft, etc que antes eram líderes no ramo finalmente falem
>não sabem o que fazer com tanto material que sobrou porque ninguém compra mais
>enterram tudo em algum terreno baldio, tudo por baixo dos panos
>vira uma lenda urbana que de tempos em tempos alguém relembra
>inb4 a lenda era que somente cópias de Musaigen No Phantom World e Munto foram enterradas porque literalmente ninguém comprou
>anos passam
>por algum motivo resolvem desenterrar o terreno pra ver se é verdade
>todos os BDs, DVDs, figures, goods de todos os tipos e de todas as franquias pertencentes à esses estúdios estavam enterradas
>começam a vender tudo no Yahoo! Auctions por mais de 220,000 anime dollars por causa do valor histórico™

Imagina só que louco seria.

 No.13480

O fio sobre morar no Nihão não existe mais? Que coisa.
Vou utilizar este aqui mesmo, já que é do mesmo tópico.
Estou seriamente estudando sobre me mudar para a terra do sol nascente e requesto protips, desde comunidades internacionais e/ou brasileiras, até o uma lista negro do que caralhos evitar. Xenofobia não é um problema pra mim, sou descendente mas não tenho família lá (tinha, mas todos voltaram).
Não, não tenho casa, sei atualmente algumas dúzias de kanjis, mas se me ajeitar com trabalho/visto, planejo estudar diariamente umas 4 horas de japonês, pagar curso e aprender no mínimo toda a gramática até o dia da viagem.
Segundo meus cálculos, o gasto básico que terei será de ~140K por mês (aluguel, água, luz, gás, internet fixa, internet móvel e comida). A expectiva mínima de salário é de ~190K em 5x2, que não é lá muito bem a realidade de 12 horas que é o esperado, mas o importante é conseguir se manter e sobrar dinheiro. Até 6x1 é tranquilo, afinal é a minha realidade aqui na HUElandia.
Fode não, só queria um parente para parasitar.

>>11710
>Adoraria me casar com uma pasteleira, mas imagino que precisaria de muita sorte.
Se você não for um completo fresco com beleza, não deve ser tão difícil. É só participar das atividades culturais que você logo conhece mais japonesas do meio, suas famílias, puxa o assunto sobre a descendência dela casualmente e vai filtrando até encontrar uma para investir. Agora, encontrar uma com família no Japão, que saiba japonês, bonita e que tenha vontade de morar lá, talvez dê um pouquinho de trabalho. Mas encontrar um grande número de japonesas em potencial não é tão difícil.

 No.13550

>>12648
Eu sou oficialmente otaku desde 2007, por aí. E pode acreditar: desde aquela época, todo ano, sem falta, sempre existem os mesmos tipos de rumores. Em 2007 um monte de gente também falava que só tinha anime ruim, e que a indústria estava prestes a falir, etc., etc. E em 2008 também. E em 2009 também. Em 2015, a indústria de animes teve o maior lucro de todos os tempos, e um monte de gente continuava falando que ela estava prestes a falir.

Não tem como acontecer com animes a mesma coisa que aconteceu com a Atari. No ramo de videogames só existem poucas empresas com console próprio. Hoje em dia, Nintendo, Sony e Microsoft. Então se uma dessas 3 se ferrar, realmente vai dar um baque grande. Mas com animes são dezenas de estúdios diferentes. No pior dos casos possíveis, o máximo que pode acontecer é a quantidade de estúdios diminuir. E essa história de que os animadores não têm dinheiro nem pra comprar pão é mito também. Quando os estúdios realmente querem economizar, eles contratam animadores de outros países, como o Vietnã, onde os salários são em média bem menores que no Japão.

Até acho que os animes antigos eram melhores mesmo, na média. Mas é porque eram lançadas muito menos séries. Tô chutando, mas por exemplo, antigamente tinha 10 séries por temporada. Hoje em dia tem umas 30. Como a quantidade de séries aumentou muito, a quantidade de animes porcaria sempre vai aumentar junto.

Mas sempre vai ter esse tipo de rumores. Isso é espalhado mais por sites sensacionalistas, e também por gente que não gosta de animes, tipo esses fanboys de videogame, que há décadas sempre falam que "a Sony está prestes a falir" ou que "a Nintendo vai falir a qualquer momento".

 No.13557

File: 1501972395564-0.jpg (6.23 MB, 4032x3024, IMG_20170805_164717.jpg)

File: 1501972395564-1.jpg (5.2 MB, 4032x3024, IMG_20170805_161533.jpg)

File: 1501972395564-2.jpg (6.37 MB, 4032x3024, IMG_20170805_162004.jpg)

File: 1501972395564-3.jpg (2.25 MB, 4032x3024, IMG_20170805_155254.jpg)

As Sakuras estão florescendo no Parque do Carmo, São Paulo. Ainda deve dar para vê-las por mais alguns dias.

 No.13558

>>13557
Creio que seja do tipo Okinawa-zakura.
O tipo mais apreciado no Japão é o Somei Yoshino e Shidarezakura mas o mais bonito é o Yaezakura.

 No.17050

File: 1517951322147.jpg (864.99 KB, 1000x1214, BB.jpg)

Não é bem uma pergunta sobre o glorioso, mas é sobre viagens ao glorioso. Ouvi falar que o Banco do Brasil permite que saquemos de nossa conta brasileira o valor diretamente em Yenes se estivermos nas agências do BB no glorioso. Alguém já utilizou deste serviço? Qual é a taxa cobrada? Eu tentei procurar mas não encontrei.

 No.17055

File: 1517961474545-0.png (1.9 MB, 4962x3508, Indústria de anime em 2017….png)

File: 1517961474545-1.png (1.49 MB, 4962x3508, Indústria de anime em 2017….png)

>>12648
Apesar de que 4 em cada 10 estúdios estão na linha vermelha, o mercado prossegue com estabilidade. Quem reclama e mete a indústria no meio dizendo que ela está decaindo confunde gosto com produção. A real é que há pouca mão de obra dentro do glorioso para suprir a demanda, especialmente por causa da questão salarial dos animadores que há décadas obriga os comitês de produção a terceirizarem o serviço em outros países.

O que está em uma crise séria é o mercado de mangás.

 No.17061

>>17055
>overseas
Pelo que entendi overseas são as licenças para redes de televisão em outros países ao redor do mundo?
Caso for isso, eu realmente queria ver mais detalhando essa parte já que o grosso do dinheiro deve ficar algumas obras "populares".

 No.17102

>>17050
Já fiz isso. É uma operação de cambio basicamente, não lembro se custou algo mas lembro que a taxa de câmbio pelo caixas eletrônicos nas 7-Eleven era mais atrativo.
Dava pra simplesmente colocar seu cartão de débito de conta corrente lá e sacar, nas 7-eleven mesmo.

Mas não garanto nada porque:
1. foi 5 anos atrás
2. é melhor você se certificar com algum gerente na sua agência que vai conseguir fazer isso

 No.17104

File: 1518212698708.jpg (356.56 KB, 604x659, genshiken_1.jpg)

Vou pro glorioso no meio do ano ficar na casa de um amigo em Tóquio e pretendo gastar uma quantia razoável em figures e merchs, principalmente figures usadas em Akiba. Quero comprar figures grandes que ficariam caras demais pra comprar do Brasil, são as que eu mais gosto. Mas minha dúvida é, vocês sabem se posso comprar até a bunda cair e nenhuma foda será dada na hora de voltar, ou corro o risco de ter que pagar imposto? Quanto posso trazer sem precisar declarar e sem a alfândega estranhar/pensar que é pra revender?
Meu objetivo era comprar uma bagagem extra não muito grande no Nihão e enchê-la com meus pertences. Claro, não vou comprar muitas figures, não sou rico, mas estou preocupado com a quantidade porque pretendia realmente dar uma investida legal na minha coleção nessa viagem.

Also, podem me sugerir lojas famosas onde posso encontrar figures usadas por um preço camarada por lá?

 No.17105

File: 1518213689835.jpg (69.73 KB, 960x720, 1438480452_hot glue.jpg)

>>17104
Você está no fio errado.

>>15667.

 No.18323

File: 1534709524810.png (382.23 KB, 650x400, ClipboardImage.png)

Gostaria de tocar em um assunto com os confrades que talvez interesse à muitos por aqui: Morar na terra do sol nascente.

Eu gostaria de poder viver no glorioso por um período curto, pela experiência. Não gostaria de morar para sempre. Pensei que eu talvez pudesse ir como professor de Inglês, mas com dez minutos de pesquisa já pude concluir que seria muri pois Inglês não é minha primeira língua. Nem com um certificado seria tão fácil, só faculdade (e não tenho a menor intenção em me formar nessa área).

Com 40 minutos de vídeo um americano que foi pro glorioso ensinar Inglês me convenceu a desistir da ideia mesmo que eu fosse nativo, não tem nada a ver com o glamour que os professores japoneses que vêm ensinar Japonês no Brasil pela JICA recebem.

Fora isso, a vida parece só me dar três opções: MEXT (extremamente improvável), ser transferido pelo emprego (pouco provável pois é aleatório) e me casando com uma japonesa (improvável, mas de longe o mais provável).

MEXT: Com 15 minutos lurkando no Google você consegue entender o tamanho dessa porcaria. É uma competição desgraçada e extremamente acirrada, um exame difícil pra dedéu nos padrões japoneses e eu não tive cérebro nem pra vencer no ENEM/vestibular brasileiro, fui pra uma particular logo de cara. Também não teria nem tempo hábil pra me preparar pra isso. Vi na internet que tem gente aqui da América do Sul que vai prestar o exame em outros países pra tentar escapar da concorrência, de tão insana que é por aqui, kek. Sem falar que ainda podem te eliminar pela entrevista.

Transferência pelo emprego: Depende do seu emprego, e não é todo emprego que vai te mandar exatamente pra onde você quer. Podem te mandar pro glorioso como podem te mandar pro Sudão ou pra Mongólia, não dá pra saber.

Casando-se com uma japonesa: Fica difícil. Já fui pro Nipão e é difícil como a foda ter contato com nativas não-promíscuas, estrangeiro no glorioso só tem presença quando é loirinho de olhos azuis e vem de algum lugar legal. Latino não é estrangeiro em lugar nenhum, talvez na África ou outros poços de fezes do tipo. Infelizmente somos quase como baratas, estando um pouco acima de chineses e indianos. Não dá pra contar com o bônus racial.

Minha pergunta é: os senhores conhecem mais alguma alternativa fora as que eu citei?

 No.18324

>>18323
>Morar na terra do sol nascente.
Anãozinho, ao meu ver isso é furada se você não tiver um foco gigantesco em uma vida "segura".
As grandes cidades japonesas são como países a parte do glorioso (igual Sampa e Rio de Janeiro não são o Brasil).
Tirando essa questão, o primeiro passo é colocar o japonês no bolso, algo que é extremamente difícil ou estar dama para viver no meio de uma colônia brasileira na terra do sol nascente.
Talvez um método estranho, mas que é provavelmente funcional é perguntar para youtubers brasileiros que vivem lá. Eu sei parece retardo mental, mas reposta deles vai ser um banho de água fria que normalmente toda pessoa sonha ir para lá precisa. Nunca testei isso.

>Casando-se com uma japonesa

Casamento é uma furada em qualquer sociedade fazer isso com uma japonesa é algo ainda mais arriscado ainda. Mesmo for casamento de fachada é preciso algum tempo parceria para garantir que não apronte para cima de você.
Tente usar um aplicativo de paquera só para tentar fazer amizade e ganhar um suporte com japonês para você ver como elas são.
Caso tiver querendo contato com homens só por amizade eu aconselho comprar um serviço VPN e brincar no Futuba.
Japão parece muito com Brasil na questão de morar apesar das gritantes diferenças. É um lugar legal para visitar se você tiver dinheiro, mas horrível de se viver se for pobre.

 No.18328

>>18324
Eu concordo com morar no glorioso ser uma furada das grandes, e eu jamais pensaria em morar pro resto da vida. Eu só tenho uma grande vontade de vivenciar a experiência de morar em outro país por uns dois anos, acho que só pra poder sentir que já morei fora. Deve ser uma experiência cultural muito boa.

É como você disse, glorioso pode ser uma maravilha para se visitar (se tiver dinheiro), mas morar parece ser um tiro no pé. É só que depois de conhecer programas para japoneses como os da JICA, que trás professores japoneses para ensinar japonês aqui no Brasil (por 2 anos), eu estava esperançoso de que talvez encontrasse um programa parecido para pelo menos poder compartilhar e dividir minha cultura. Já tive muito contato com esses professores por aqui e todos são muito bem recebidos, com abraços quentes, muito bom humor e carisma. Acho que meu erro foi imaginar que isso não é só porque brasileiros adoram puxar uma sardinha pra qualquer gringo, e que um programa bonitinho desses jamais existiria no glorioso para nós, hue. Talvez para americanos ou estrangeiros de algum país "legal".

Mas você me deu uma boa ideia, vou tentar perguntar para algum memetuber que esteja morando por lá se existe algo parecido com o que eu quero.

 No.18331

>>18328
Ok, maior parte da postagem vai ser com base em meus achismo, mas vamos lá:
>Eu concordo com morar no glorioso ser uma furada das grandes,
Não é tão das grandes, mas questão toda bagagem que você tem por ser brasileiro vai ser algo para aviadãoalhar. Por mais que não gostamos do Brasil, nós temos maninhas por viver no mesmo.
Se você quiser ser um Otaku de quarto que esconde o Power Level nos momentos normais, lá vai um lugar de boa se conseguir fazer dinheiro.
>Eu só tenho uma grande vontade de vivenciar a experiência de morar em outro país por uns dois anos
Bem, faça isso enquanto estiver na universidade. Pelo jeito você perdeu a chance de participar do Turismo sem Fronteiras quando era mais simples. Nesse caso valeria 100% a pena.Eu acho.
>e que um programa bonitinho desses jamais existiria no glorioso para nós
Isso se deve ao motivo que o Turismo sem fronteiras era programa favorito dos universitários. Sem responsabilidades sem custo. Para que você vai trazer para seu país um bando de estudantes ricos para macaquear lá?

 No.18335

Já leram sobre a bolsa de pesquisa do MEXT? Você tem até 34 anos para obter um diploma em uma faculdade respeitável e submeter uma proposta de pesquisa que seja aceita. Depois, passa 2 ou 3 anos no glorioso, fazendo pesquisa. O meu plano é estudar o estado da arte de Robótica e Inteligência Artificial como um louco e submeter minha aplicação eventualmente. Enquanto estiver lá, procurarei por um emprego e, se tudo der certo, começaria a trabalhar assim que meu visto de estudante acabar. A bolsa é de 150k円/mês, deve ser suficiente para cidades médias, certo? O meu trem de raciocínio faz sentido ou é mania de grandeza?

 No.18337

File: 1534865371714.png (170.63 KB, 339x353, cansaço.png)

>>18335
>O meu trem de raciocínio faz sentido ou é mania de grandeza?
Depende das suas capacidades, irmão anão. Pra mim esse plano já estaria melado, estou me formando em uniesquina e não estou nem conseguindo acompanhar o curso de tão burro que sou. Essas coisas que exigem destaque ou bolsas não são pra mim. Meu negócio é ver o preço, pagar e ir pro abraço. E olha que não sou rico, é só que é mais fácil pra mim correr atrás do dinheiro do que ficar esperando ter algum sucesso em coisas assim.

Sem falar que é MEXT, leve em consideração que estamos em uma das regiões mais concorridas do planeta. Enfim, mas não sei como o MEXT é pra coisas assim. Você já rasga a boca do balão no Nihongo?

 No.18338

>>18335

Diria que é mais fácil entrar em uma empresa japonesa que tenha uma sede no Brasil, e se tudo der certo, pedir transferência para o Nihon.
É um processo que leva muito tempo, mas que certamente vai ter um impacto forte na hora de procurar emprego lá fora.



[Voltar][Vá para o topo] [Catalog] [Post a Reply]
Deletar Mensagem [ ]
[ jp / vlm ] [ th / k ] [ p ] [ mod ] [ irc ]