[ jp / vlm ] [ th / k ] [ p ] [ mod ] [ irc ]

/jp/ - Japão e Cultura Otaku

2d > 3d
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
:
Inserir
Senha (Para excluir arquivos)

Verifique o catálogo antes de criar uma thread nova.

[Voltar][Go to bottom]

File: 1486828316183.jpg (109.35 KB, 960x691, The Legend of Zelda - Brea….jpg)

 No.10264[Últimas 50 Mensagens]

Weaboo General Fio


Fio para comentarem sobre jogos japoneses em geral (e outros jogos, de forma casual).

10ª edição. O fio anterior entrou em bump limit >>6005.

Pica relatada: The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Wii U/Nintendo Switch).

 No.10265

File: 1486828445910.jpg (66.88 KB, 540x690, 4b6a3f4f074cf013867db4421b….jpg)

>>10257
>Já eu faço o contrário.
>Só compro consoles quando os mesmos possibilitam desbloqueio

Acontece que ter jogos originais nos consoles e piratear no PC é objetivamente superior do que piratear nos consoles e comprar pra PC.

Pra começar, pirataria eficiente nos consoles costuma demorar anos, e nem sempre é 100%, com risco de brick, diversas restrições pra jogar online e coisas do tipo. Já no PC, você pode piratear Day One, e como os jogos são digitais, você terá a mesma experiência de quem comprou, na verdade até melhor porque não precisa ficar lidando com DRM.

Outro ponto é que faz parte da experiência dos consoles ter os jogos originais em mídia física, colecionar, apreciar a arte da capa e dos manuais, manusear a caixa e a mídia, etc. Você não está tendo a experiência real ao jogar via pirataria com meros downloads.

Além disso, você tem que desembolsar um dinheiro considerável pra comprar um console, sendo ruim gastar tal grana se não é pra fazer as coisas direito. Já PC todo mundo tem e usa pra outras coisas.

Por fim, exclusivos em mídia física pra consoles costumam ficar raros e valorizar, tendo grande potencial de colecionismo, principalmente se for uma edição especial. Já no PC, é sempre aquela coisa, "comprei Tales of Berseria por R$130 na Steam", legal, daqui uns meses caso eu tenha vontade posso comprar com 50% ou 75% de desconto, ou por menos de $10 em um Humble Bundle da vida. Não tem incentivo pra comprar no PC e você só está jogando dinheiro no lixo ao comprar lançamentos, já que depois de uns anos qualquer um pode montar a mesma coleção que você gastando muito menos.

>Não tive problemas com o desempenho do jogo, as pequenas quedas de fps ocorrem apenas nos menus, e o uso de CPU fica abaixo de 15% na maior parte do tempo, dando alguns picos para 85%.

É só abrir a página do jogo na Steam e ver a quantidade de pessoas reclamando da otimização. Tem gente que não liga de comprar um jogo e ainda ter que ficar perdendo tempo configurando e fazendo diversas gambiarras pra funcionar direito uma coisa que já deveria ter lançado perfeita, mas eu não tenho vocação pra beta corno, valorizo o meu tempo livre.

>Não consigo lembrar a última vez que um jogo single player me prendeu por tantas horas diárias já estou com 40 horas de jogo.

Que bom que você está gostando, anão. Realmente não consegui gostar, acho que por eu ter jogado muitas obras primas, o meu nível de exigência para jogos ficou muito elevado.

 No.10267

File: 1486829047460.jpg (77.82 KB, 970x545, 111014_TysonTweet_FEAT.jpg)

>>10265
>Realmente não consegui gostar, acho que por eu ter jogado muitas obras primas, o meu nível de exigência para jogos ficou muito elevado.

 No.10268

>>10267
É só o consolefag dos exclusivos, anão. Não aprendeu ainda? Tem que ignorar.
Ele acha que o gosto dele é melhor que o gosto dos outros.

 No.10269

File: 1486829745256.jpg (109.82 KB, 462x348, 66236569.jpg)

>>10265
>Realmente não consegui gostar, acho que por eu ter jogado muitas obras primas, o meu nível de exigência para jogos ficou muito elevado.

 No.10270

File: 1486833620067.png (2.27 MB, 1080x1920, Screenshot_20170211-152407.png)

>essas primeiras postagens do fio

Caralho, não façam isso, anões. Não transformem o fio no /jo/, pelo amor de Odin.

Vou postar aqui de novo pros 3 anões que eu quotes não perderem a discussão:

>>10250
É, faz bem em esperar. Novas cartas daqui a 4 dias. Vou deixar minhas pedras guardadas pra usar nesse evento.

>>10259
Como agora ele tem uma boa Hammer user, não precisará se preocupar muito com os slimes, mas dependendo do skill que essa carta tem, não será uma boa unidade pra acabar estágios com campo grande.

Tomara que no próximo pull ele dê sorte e pegue uma spear user e alguma carta ranged. Fazem muita falta em cenários grandes.

>>10258
>A
Crie uma conta americana ou compre físico, é o único jeito.
Por mais que a PSN BR seja uma extensão da PSN US, sempre tem um título ou outro que acaba não sendo lançado por aqui.

>B

PS4 esquenta como a foda sim, mas nunca me preocupei com isso em 2 anos e meio de uso já deixei ligado por 3 duas seguidos e não aconteceu nada. Deixe o console num local ventilado, e a parte de trás com pelo menos 2 palmos de distancia da parede ou algo que venha ficar atrás. Ou se te der paz de espírito, encalçe os 4 lados do console.

 No.10280

File: 1486857234968.jpg (62.65 KB, 671x665, 136226046198.jpg)

>>10270
Caralho, se eu conseguir logar 13 dias sem falta até o dia 03/03, eu ganho essa Haruka 4*?
Isso tem com bastante frequência ou só no Valentine?
Fiquei empolgado agora.

 No.10281

>>10280
''A Moment's Winter Love Login Bonus Challenge
Time Period: 2/15 @ 0:00 JST ~ 3/3 @ 23:59 JST

Log in every day to get special rewards!

-6 Day Login: 500k Coins
-13 Day Login: Limited 4* Card [Bubbles of Love] Haruka (Spear)

[[Bubbles of Love] Haruka]() [Spear]

Skill: Avisal Gleam:
Gains super armor for 10 seconds.''

Caralho, nem tinha prestado atenção nisso! Preciso frequentar mais vezes o Reddit do BGHS. Já ia passando batido.

E nem sei dizer. É a primeira vez que vejo esse tipo de evento. Agora também fiquei bem empolgado hue.

 No.10282

File: 1486860767298.png (3.33 MB, 1000x1414, 59479813_p0.png)

>>10270

Carta de Hammer é só boa contra boss ou cenarios com muito slime. Ranged é ruim em geral, so contra monstros fracos contra ranged mesmo, unica boa ranged é dual gun na verdade.
Uma carta spear com skill rank S ou S+ já da conta de tudo, nem precisa se preocupar com tamanho de stage, o problema é que são muito limitadas cartas assim.

>>10280

Tem tido muito disso, mas as cartas são só de roupas.

 No.10283

File: 1486862893572.png (2.05 MB, 1080x1920, Screenshot_20170211-232736.png)

>>10282
Pior que o skill da carta da Valentine Asuha corrigiu esse problema das hammer units justamente por aplicar Storm nos ataques físicos. Antes eu precisava depender muito dos skills da minha Kaede pra limpar o mapa, mas agora que ela tem Storm, ficou super simples de limpar waves grandes, apesar de ainda ter o problema da mobilidade baixa.

>Ranged é ruim em geral

Pois é, nem ando usando minha Anko direito justamente por ela ser staff user. Não é um tipo de arma muito boa pra se usar, tem range limitado, precisa ser recarregada no meio dos combos, e é sofrível abater inimigos que usam escudos.

Bem, foi a primeira carta que tirei no jogo, então ela sempre será minha xodó :3, mas ainda penso em pegar 3 cartas 4* que não estou usando atualmente pra pegar a Anko da pica, só pra dar mais ação à ela. E como já tenho outras duas spear users boas para serem usadas como sub-cards, eu não teria que me preocupar em planeja-la às cegas. Eu só precisaria ter sorte pra conseguir pescar uma boa spear na roleta de armas. ;-;

 No.10285

>>10282
>mas as cartas são só de roupas
Quer dizer que o status dela não é tão legal assim?

Sou novo nas putarias de BGHS.

 No.10286

File: 1486875560279.png (836.87 KB, 875x2620, 53654254_p0.png)

>>10283

Recomendo so puxar armas com sure 4* na roleta de armas, ou pode tentar a basica que vem as armas das flora, a foice verde da Sadone é a melhor spear até o momento. Mas é capaz de tu gastar uns bom 1k+ gems até pegar.

>>10285

Sim, elas são fracas pra cartas de 4*, mas pra quem acabou de começar pode ser útil.

 No.10291

File: 1486903751174-0.png (1.71 MB, 1080x1920, Screenshot_20170212-104231.png)

File: 1486903751174-1.png (1.66 MB, 1080x1920, Screenshot_20170212-104243.png)

>>10286
>Mas é capaz de tu gastar uns bom 1k+ gems até pegar
Já devo ter gastado 600 gemas na roleta de armas e de bom só consegui essas duas armas o que já está ótimo, já que são armas excelentes, mas é incrível como eu só consigo dropar aquilo que não pretendo usar de imediato. Pedi por um cetro e me caiu esse martelo. Pedi por outro cetro e me caiu essa espada. Pedi mais uma vez outro cetro e não me caiu NENHUMA arma de 4* na roleta… RNGesus me odeia. ;-;

Falando no martelo, eu reparei que a forma gamma da Anemone (o martelo da pica) adiciona uma mecânica que não entendi direito, que é a Transform. Levando em rápida consideração o nome, e o breve tutorial que rolou, a usuária de tal arma poderia se transformar em sua forma Flora, mas aí vem a questão: Eu precisaria ter a carta flora da Kaede pra poder efetuar tal transformação?

Como ainda não fiz a forma gamma da Anemone por falta de recursos, bateu essa dúvida justamente pra saber se realmente vale a pena gastar 1M + recursos pra ter o poder do Transform. Apesar que além de adicionar Transform, o stun da Anemone sobe pra lvl6, deixando mais roubado ainda o stun dessa arma…

 No.10298

>>10291

Você não precisa ter a carta flora, transformação é apenas umbuff e a roupa pra qual ela transforma você escolhe em uma aba extra ao trocar de roupa. transformação come muito mp com tempo, mas da um buff foda em ataque e skill.

 No.10314

File: 1486947206490.jpg (382.21 KB, 1920x1080, 20170209224415_1.jpg)

Consertaram o problema com o uso da CPU nos dois jogos (Atelier Sophie e Yoru no Nai Kuni):

http://steamcommunity.com/app/527270/allnews/

http://store.steampowered.com/news/?appids=527280

 No.10321

Fazer meu primeiro relato sobre Atelier Sophie. Atualmente estou com um pouco mais de 20 horas de jogo, mas estou jogando no meu ritmo desfrutando o jogo (normalmente levo umas 60, 70 e poucas horas para terminar um Atelier). No início confesso que pensei que não ia gostar tanto quanto os outros jogos da série, mas me surpreendeu positivamente, mesmo sem ter uma história mais elaborada que move o plot (como em Ayesha ou Totori), ele se move ao redor das memórias da Purafuta enquanto a Sophie aprende novas receitas. O clima lembra bastante o de Atelier Rorona com a cidade principal, a garota alquimista querida por todos, e as explorações nos mapas pequenos em busca de itens e cumprir algumas requests. Por causa disso tenho grandes expectativas com o Atelier Firis que parece ser como foi o Totori, com a alquimista do primeiro jogo como sensei acompanhando a jornada da nova protagonista.

O sistema de batalha é mais simples do que dos últimos jogos, mas é divertido. O combate me lembrou muito o de Atelier Rorona (novamente), mais estático e com pequenas estratégias de ordem de habilidades e uso inteligente dos itens. Na trilogia de Dusk o combate era mais complexo (principalmente em Atelier Shallie), destacando uma relevância maior além do sistema de alquimia. Em Sophie é mais importante criar bons itens do que saber exatamente o que utilizar em combate (bem como foi em Atelier Rorona, uma bomba poderosa era o suficiente para vencer os inimigos mais poderosos).

O sistema de alquimia sim é a maior evolução. De todos os Ateliers que eu joguei este é de longe o sistema mais complexo (não de dificuldade, mas de possibilidades). Ao invés de só juntarmos os itens e apenas a ordem importar e os efeitos agregados, temos um sistema de "tetris" de encaixar no caldeirão os itens. Com algumas variações no caldeirão podemos girar os ingredientes, adicionar bônus e até utilizar alguns especiais como o com tempo que adiciona bônus em porcentagem (que até agora me recusei a usar, hue). E no início do jogo os itens usáveis terminam, porém depois de alguns eventos com a Cory recebemos a possibilidade de recarregar os itens pagando uma quantia de cole.

Como já estou bem acostumado com a série comecei o jogo no nível hard, e já tomei vários wipes em dungeons e mapas. O jogo não pune tanto quanto nos outros títulos da série, apenas faz com que perca diversos itens que coletou até o momento na sua cesta e algum tempo passa, voltando ao Atelier. Inclusive o tempo neste jogo é pouco importante, é quase como em Atelier Shallie e o Iris 1 e 2, se pode jogar sem se preocupar com deadlines (algumas requests tem tempo, mas é dado um prazo bem longo). No nível normal acho que o jogo ficaria bem fácil, mas pode ser o recomendado para quem não está acostumado com o sistema de alquimia (fazer bons itens no início deixa o jogo bem mais simples, mas conseguiram limitar bem para evitar combos quebrados com essa evolução progressiva das receitas e locais de coleta). Quando eu tiver itens melhores e começar a achar o jogo muito fácil vou subir o nível para o Despair.

As personagens do jogo são todas bem interessantes. Adorei o screentime da Pamela, bem maior que nos últimos jogos, e o design dela ficou muito bom. A Monika é meio normal demais, sem nada que chame a atenção. A Cory é muito bonitinha e engraçacinha (lembra um pouco da Miruka de Atelier Shallie). A Leon não é tão interessante quanto eu imaginei que fosse, mas tem um bom character design. A Teiss é muito bonita e interessante. Dos homens só não gostei muito do Harol, achei ele meio chato. O cavaleiro é um Sterk (da série Arland). O Oskar é engraçado, é o gordo fazendo gordice (mas a mãe dele é 10/10). Ainda não testei o Fritz em batalhas, mas os eventos dele são engraçados, gostei dele (gosto de colocar esses tiozões no time, como o Gio e o Keith das trilogias de Arland e Dusk). Acho que meu time vai ser Sophie, Cory, Leon e Fritz, talvez quando a Purafuta entrar eu tire a Leon ou o Fritz (ou deixe assim). Como eu jogo no hard as vezes as personagens morrem e eu troco por outras e continuo explorando, então uso vários.

 No.10323

>>10321
Jogando no normal, meu time se manteve quase o tempo todo Julio, Harol e Fritz, que eram os que tinham mais dano.

>mas conseguiram limitar bem para evitar combos quebrados


Eu acho que quebrei os bonus de equipamentos do Julio de alguma forma. Cheguei até o último boss sem saber que teria uma luta naquele momento, com o grupo meio mal de vida. Todos morreram na primeira skill do boss, menos o Julio, que acabava se curando mais do que perdia de vida, e muito raramente tomava mais de 10 de dano. Acabou que consegui matar o boss só com ele.

Acabei o jogo com umas 45 horas, mas ainda vou jogar mais para completar pelo menos os recipes. Não entendi qual a utilidade daquele "System save" que liberou depois de terminar o jogo.

 No.10324

>>10323
Ele é forte e tem muitas skills de dano em área e uma defesa naturalmente alta. Se tiver equipamentos que aumentam os atributos dele e efeitos de curar, aumentar ATK e dano de skills ele fica bem overpower mesmo. Nos Ateliers antigos era mais absurdo ainda, dava para por 4 danos elementais nas armas, então todo hit valia por 5. Costumo usar os chars que eu gosto mais, mesmo que não sejam os mais fortes, a não ser que tenha alguma batalha muito difícil (mas como depende mais de itens do que do char é só passar os equipamentos bons para a char que preferir).

Lembrando que o jogo não termina quando vence o lastboss. Tem muitos eventos para fazer e chefes extras (que são mais difíceis que o lastboss da história). E acho que o system save serve para um "new game+" se alguém quiser fazer outro save, aí já começa com a enciclopédia preenchida, eu acho.

 No.10336

File: 1487017254698-0.png (1.87 MB, 1080x1920, Screenshot_20170213-181351.png)

File: 1487017254698-1.png (1.67 MB, 1080x1920, Screenshot_20170213-181447.png)

Eu me perguntando como podia subir poder de ataque de minhas garotas, sem depender de armamentos do gacha da decepção, e eis que a resposta estava todo esse tempo guardada no livro de tarefas de casa! Rushei como a foda até o estágio 63-3 e passei a farmar Shinju's Drop das armas de minhas garotas. Acho que de ontem pra hoje devo ter abusado da pobre Sadone mais de 150x hue.

Se eu conseguir outra carta hammer com o mesmo potencial da Valentine Asuha, minha Kaede vai chegar facilmente nos 6000 de ataque. :3

Aí é só trabalhar em cima da Anko e da Urara pra ter o time perfeito.

 No.10358

File: 1487062823653.png (25.82 KB, 591x466, sweaty kirby.png)

>quase 600 pedrinhas em BGHS
O dedo do gacha chega a tremer.
Estou me segurando pra não rolar.

 No.10360

>>10358
Junte mais 150 e segure a mão, anãozinho! Já já vem outro evento de gacha com 4* garantida. Aí você pode fazer a festa.

Eu mesmo estou com 500 na mão. Pensei em dar Pull na roleta de armas, mas 4* garantido só no próximo evento.

 No.10361

File: 1487077568506.jpg (97.47 KB, 1280x720, 1485737733877-0.jpg)

>>10360
>4* garantida
O que a foda? Isso é possível?

 No.10362

>>10361
Quando começa um evento novo de gacha, geralmente pulls de 10 que são de 11 dão automaticamente uma unidade de 4*. Quando isso acontecer, haverá um indicativo abaixo do botão do pull de 10, avisando que você ganhará uma 4* junto das outras 10.

Agora, tem que ver quantos pulls com essa 4* garantida você poderá fazer. Se não me engano são 2 por dia, mas é só usar o indicador que descrevi como referência.

 No.10369

File: 1487112770556-0.png (2 MB, 1080x1920, Screenshot_20170214-195751.png)

File: 1487112770556-1.png (893.77 KB, 1080x1920, Screenshot_20170214-203305.png)

Doeu no coração gastar tantos recursos na Anemone, mas meu desu, como ficou apelona! O Transform, além de ser muito legal, elevou demais o poder de ataque da Kaede. 10k [+ bônus] em ataques físicos, e skills tirando mais de 30k!

O consumo de MP realmente é grande, mas como só costumo usar o skill da Valentine Asuha 3x, pra aplicar todos os 3 bônus do Storm, sobra bastante MP pra manter a transformação.

 No.10382

File: 1487164177655-0.png (55.45 KB, 486x640, V7KY8Tjl.png)

File: 1487164177655-1.png (49.18 KB, 486x640, GkvtpoDl.png)

File: 1487164177655-2.png (66.24 KB, 486x640, c9ES4obl.png)

File: 1487164177655-3.png (67.37 KB, 486x640, 6bwXlu1l.png)

File: 1487164177655-4.png (64.41 KB, 486x640, a0LfOTQl.png)

Silver Memories Comemoration Gacha

Time Period: 2/16 @ 15:00 JST ~ 2/28 @ 14:59 JST

Once per day from 2/16 @ 15:00 JST to 2/19 @ 23:59 JST:

- When doing a 10+1 draw, you are guaranteed at least one 4* card, since it's fixing the 11th card as a 4*.
- In total, you can do this four times since the special event period lasts four days.
- This resets every day at midnight JST.
- This set is called Snow Play. Characters include: Subaru, Nozomi, Kurumi, Mumi, Sadone, and Shiho.

 No.10383

Depois de iniciar o Atelier Sophie fui ver um pouco do gameplay de Atelier Firis, e meua migo… O jogo é delicioso! Ele pega o que tem bom em Atelier Sophie e melhora o que não foi bem executado como a batalha (ficou mais próximo à trilogia de Dusk) e exploração, que inovaram muito neste último quesito com mapas grandes (como nos Atelier de PS2). Vai ser mesmo o melhor Atelier feito até hoje. Comprarei na pré-venda novamente pela Steam.

 No.10409

Anões possuidores da PSN, acabaram de lançar uma promoção de carnaval com vários jogos da Idea Factory em promoção, eu com toda certeza vou comprar o Neptunia VII e o Advent Dark Force. Dito isto, vale a pena comprar o Blazblue que se encontra em promoção?

 No.10413

Primeiros números de vendas de Atelier Sophie na Steam. Na primeira semana venderam mais de 15.000 cópias do jogo. Para comparação, a combinação de PS3/PS4/PSVita vendeu em um ano 170.000 cópias do jogo. Então em uma semana apenas a Steam conseguiu atingir quase 10% do total de venda do jogo nos consoles em um ano. Temos grandes chances da KT continuar focando na Steam. Espero ao menos ver a trilogia de Dusk e os primeiros Ateliers também portados (a trilogia Iris, Arland e Mana Khemia são mais difíceis porque foram lançadas em parceria com a NIS America).

http://steamspy.com/app/527270

 No.10414

File: 1487242709733.jpg (52.92 KB, 600x735, 081.jpg)

>>10413
Acho que as vendas não foram lá muito boas comparando com outros jogos, porque pelo que pude observar não houve absolutamente divulgação alguma por parte da Steam, parecia que eles queriam esconder o jogo.
>após o lançamento, continuou por quase 1 dia la lista de "Em Breve"
>não apareceu na lista de "Lançamentos Populares"
>não apareceu na lista de "Mais Vendidos"
>não teve nenhum banner na página inicial da loja mostrando o bundle

Enquanto isso QUALQUER "Shit Simulator #84912894" lançado ganha algum destaque.

 No.10416

>>10414
Isso aconteceu mesmo, muita gente que usa a Steam nem sabia da existência do jogo. Eu estava contando os dias para o lançamento porque acompanhava pelos sites de notícias de jogos japoneses. A KT tem que focar mais na franquia Atelier. Atelier Firis vai ser lançado mês que vem e não se tem divulgação, nem na página deles no cancro estão divulgando bem o port para Steam.

Talvez seja intencional. Com o tempo o jogo vai ficando popular e muitos vão comprar nas sales. Imagino que sabiam que o port inicial teria alguns probleminhas, então evitaram divulgar demais e manchar o nome do jogo, tanto é que se caso houvesse uma grande divulgação e muitos usassem o refund e postassem reviews negativas isso iria atrapalhar vendas futuras. Com menos pessoas conhecendo no início só fãs da série e alguns que descobriram por indicação iriam chegar no jogo e depois fazer reviews positivas (atualmente está com nota 9/10, 87% de reviews positivas). Mas aqui já é especulação.

 No.10425

File: 1487261757211.png (1.48 MB, 750x1334, 2017-02-17 01.16.47.png)

Caralho, anões. Eu quero morrer.
>dia 1, 4* da Nozomi
Ok, feliz pra caralho já que não tenho ela.
>dia 2, Nozomi de novo

Por favor, me matem. Esse jogo está me deixando triste.

 No.10426

File: 1487267538441.png (497.35 KB, 540x960, Screenshot_2017-02-14-23-3….png)

>>10425

Recentemente eles deram um up geral na dificuldade do jogo. Tanto farmar gem ou pegar carta no gacha ficou mais foda. Desde o final do ano passado não pego uma carta que quero e as vezes carta nenhuma, os eventos também tem varios que dão bem menos gems. Pra mim que tenho quase nenhum meio mais de farmar gem está bem complicado. Devem ter feito isso pra fazer as pessoas a comprarem mais gems com dinheiro.

 No.10427

File: 1487270256752.png (2.13 MB, 1080x1920, Screenshot_20170216-162803.png)

>>10425
Meu caso foi ligeiramente melhor. Primeiro pull só veio a Nozomi, e todas as outras 10 cartas eram dupes de 2* pra baixo nem tirei screenshot de tanto desgosto. No segundo pull nem esperei virar o dia, de tanto ódio já veio a Subaru e a Michelle, mas todo o resto também foram dupes de 2* com exceção de uma Anko 3* que eu não tinha.

O que o anãozinho >>10426 falou é a mais pura verdade. Reduziram os rates de 4* pro povo gastar mais dinheiro. Era super fácil de tirar um punhado de 4* em algum evento, mas depois ficou bem mais difícil. O jeito é rezar pro RNGesus, para que venha alguma carta que você queira muito, ou alguma carta com skill bem roubado, como as cartas da Subaru e Michelle deste evento que possuem skills multi-hit com grande área de atuação e multiplicador de dano.

Ao contrário do anãozinho, você ainda tem chances de farmar bastante pedrinhas. Eu também tenho muitos e muitos estágios para concluir, e missões do livro de lições de casa pra cumprir, mas logo logo minha única alternativa será lidar com os cristais ganhos em eventos novos, e em novas missões da história, com dificuldades altíssimas e objetivos cada vez mais variados.

Enfim, só não deixe o azar te desanimar, anão. Além de ser um evento bem fácil de se completar a tabela de premiações se usar as cartas ganhas no evento + os 5 helpers diários, não se esqueça da Haruka 4* que ganharemos daqui a 10 logins. :3

 No.10431

>>10413
Na verdade, segundo o VGChartz, Atelier Sophie vendeu 250 mil cópias físicas do jogo nas plataformas PS3/PS4/PSVita até o momento. Esses 250 mil não contam com as vendas digitais, que podem fazer esse valor dobrar ou ir até além.

Outro ponto é que existe uma intersecção de públicos, algumas pessoas possuem tanto PC quanto consoles, e podem deixar de comprar o jogo no console pra comprar pra PC. Nesses casos, a Tecmo Koei e Gust não ganharam uma venda à mais com a versão de PC, ela apenas veio de uma plataforma diferente.

Além disso, no mercado de consoles os jogos tendem a ter um comportamento "evergreen", onde quando o jogo lança, existe um pico no volume de vendas devido ao hype e por estar em alta, que dura por algumas semanas. Depois o volume de vendas desce e estabiliza em um valor praticamente constante, onde o jogo continua vendendo por vários meses ou até mesmo anos.
Já no PC, não tem muito isso, o comportamento padrão é que o jogo venda praticamente tudo que ele tem pra vender nos primeiros dias (ou semanas, dependendo se é um jogo muito popular) de lançamento, e pouco tempo depois o volume de vendas zera praticamente, com uma ou outra pessoa aleatória comprando. Só tem alguns pequenos aumentos em épocas de sales, mas não impacta muito na receita da empresa, porque não é um volume tão alto assim e eles lucram bem menos com cada venda (50%/75%/90% de desconto, em muitos casos).

Então não será nada incomum que o jogo seja rapidamente esquecido no PC, e que se você olhar daqui alguns meses, as vendas ainda estejam em 20 mil, 25 mil ou algo assim. Tendendo a diminuir ainda mais conforme lançarem outros Ateliers e jogos parecidos na Steam, porque as pessoas se acostumam, não é mais novidade e elas não querem mais "jogar o quinto jogo daquela série com garotas fofas", e sim jogar a nova moda do Twitch.

Um outro ponto é que a facilidade de piratear acaba impedindo muitas vendas em potencial.(O USUÁRIO FOI BANIDO POR ESTA MENSAGEM)

 No.10433

>>10431
>Tendendo a diminuir ainda mais conforme lançarem outros Ateliers e jogos parecidos na Steam
Na verdade a reação é oposta, como observado em Neptunia por exemplo.
Quando lançavam um novo, a série era lembrada e os jogos anteriores aumentavam as vendas.

 No.10434

>>10433
Secundado. E isso não acontece só com jogos weeaboos, Skyrim fez muito sucesso, e isso fez com que as pessoas buscassem os jogos antigos, assim como Fallout, The Witcher, etc…

 No.10436

File: 1487286235038-0.png (1.47 MB, 1600x1204, Steamspy Neptunia.png)

File: 1487286235038-1.jpg (78.14 KB, 876x520, Neptunia - Gráfico de vend….jpg)

>>10433
>>10434
Contra fatos não existem argumentos, anons.

 No.10441

>>10436
Curiosa a discrepância entre o Re;Birth1 e o Megadimension Neptunia VII. Típico caso de "expectativa Vs. realidade". Por mais que eu goste da franquia, se excluir o Megadimension Neptunia VII e os spin-offs, todo o resto é igual…

 No.10442

File: 1487287951210.png (906.77 KB, 1024x576, 316_by_kenthnisshoku-dayix….png)

>>10436
Isso reforça o que foi dito antes: sempre que lançam um novo os jogadores compram os antigos pois gostaram do que jogaram. Isso explica o motivo de sempre vender mais o primeiro (além dos que compraram o primeiro para começar a conhecer a série) e formar uma "escadinha" de vendas. Quando sair o Four Goddesses Online os jogos anteriores vão voltar a vender e o novo título vai ficar em último lugar nas vendas.

 No.10443

>>10436
>>10441

Rebirth 1 já esteve em várias promoções a 75% off e em uma Humble Bundle. Este gráfico só prova que a userbase da steam só compra jogos em promoção (o que é verdade).

 No.10444

>>10442
>>10443

Fora que muitos acabam comprando só o primeiro para conhecerem e desistem nele, pois não gostaram do jogo/série. Por isso o primeiro sempre vai vender muito mais.


Só para reforçar como em todo fio, evitem discussão de PC vs console, deixem para fazer isso em outro lugar. Sei que muitos anões entendem, mas é preciso reforçar para alguns que não entendem.

 No.10445

File: 1487289020356.jpg (47.94 KB, 544x328, certinho.jpg)

>>10444
Mas nesse caso as pessoas poderiam fazer refund e isso diminuiria o número de owners do jogo, e as análises poderiam ser negativas também, mas está 10/10 indicado pelo Google e 90% positivas na Steam (e a primeira negativação em português que me apareceu foi "o jogo limita em 60 FPS, não adianta nada ter monitor 144hz").

 No.10446

File: 1487289214432.jpg (607.94 KB, 1536x1613, 81cfa85ajw1f2vxkt1l8jj216o….jpg)

>>10442
Não me lembre do Four Goddesses Online que eu já começo a me coçar de ansiedade, anão. ;-;

Não importa o preço. Comprarei day one na Steam. Preciso dessa delícia pra ontem!

>>10443
>Este gráfico só prova que a userbase da steam só compra jogos em promoção
>(o que é verdade)

Toda a userbase da Steam? Não me canso dessas implicâncias sem fundamento… Mas nem vou discutir, não quero descarrilar o fio com discussões sem sentido.

>>10444
>Fora que muitos acabam comprando só o primeiro para conhecerem e desistem nele, pois não gostaram do jogo/série

Triplos da verdade. Re;Birth 1, 2 e 3 são literalmente iguais, pois foram ajustados pensando primeiramente no PS Vita. Muitos compraram o primeiro Re;Birth, à título de curiosidade, como vários anões daqui na época em que o jogo foi lançado na Steam. Alguns gostaram, e foram pegando os outros que saíram em seguida. Enquanto outros largaram o jogo e passaram a ignorar a franquia.

No fim, é natural a queda de vendas representadas pelo gráfico do anão >>10436. Se sales também influenciassem tanto as vendas no geral, eram para estar iguais em volume de vendas, já que a Iffy vive botando seu portfólio em promoção na Steam.

 No.10447

>>10445

Ah mas tem gente que joga ate o final e nem da review, mas não compra os outros jogos. Tenho pelo menos dois conhecidos que jogaram o re;birth 1 e não gostaram, mas não deram review negativa.

 No.10451

>>10446

>Toda a userbase da Steam?


Toda? Não. Mas o grosso sim. As poucas pessoas que compram o jogo no lançamento são por impulso ou os que estão realmente interessados no jogo. Tanto é que a maioria (se não todos) os lançamentos na steam vem com um desconto de 15% inicial.

>clama que minha "implicância" não tem fundamento

>porém acredita em um gráfico que não leva em consideração promoções e humble bundles

OK.

 No.10453

>>10447
Acho isso chato. Gosto bastante da ideia da comunidade poder dar reviews com tanta facilidade. Várias das minhas compras na Steam foram feitas se baseando nos reviews da comunidade, mas são poucos os usuários que fazem uso disso.

 No.10470

File: 1487335737503-0.png (1.89 MB, 1080x1920, Screenshot_20170217-103602.png)

File: 1487335737503-1.png (1.68 MB, 1080x1920, Screenshot_20170217-104247.png)

Na falta de um cetro, consegui dois de 4*!

Melocoton (o primeiro da lista) tem auto-reload e aumenta o dano em combo, enquanto Dahlia tem Skill Burst, aumento de dano no geral e redução de SP gasto por skills ambos possuem Transform.

Por mais que o auto-reload do Melocoton seja super útil para staff users, Dahlia tem um potencial enorme de dano. Em sua forma gamma a arma terá 793 de ataque, atropelando o dano da Anemone (martelo), que até então era minha arma mais forte.

Pena que estou sem materiais de craft. Vou precisar farmar muita coisa pra fazer a Dahlia gamma, mas valerá muito a pena!

 No.10471

File: 1487336485138-0.jpg (121.37 KB, 800x480, 2017-02-17 10-18-20 37.jpg)

File: 1487336485138-1.jpg (58.95 KB, 811x734, Chrzm3nUgAAAT9Q.jpg)

9 de vida. O boss ficou com 9 de vida.

 No.10472

File: 1487337926401.jpg (23.17 KB, 495x297, images.jpg)

>>10471
Pera, tu deixou o boss com 9 de vida e tomou wipe?!

Não manjo de Kancole.

 No.10473

File: 1487338525654.jpg (61.42 KB, 850x850, __yukikaze_kantai_collecti….jpg)

>>10471
Você já sabe o que fazer anon.

Cometa sudoku


>>10472
Em Kancolle para completar os mapas de evento, você deve necessariamente matar o boss, caso contrario vai ter que repetir o mapa novamente, que dependente da dificuldade é um gasto absurdo de recursos.

 No.10474

File: 1487339295395.jpg (91.13 KB, 372x282, Let_the_salt_rain_.jpg)

>>10473
Já se foram 70k de combustível.
Eu nem ligo mais, só estou esperando meus recursos acabarem.

 No.10477

File: 1487343798123.png (1.44 MB, 750x1334, 2017-02-18 00.03.44.png)

Finalmente 4* que não é dupe!

Vou tentar juntar mais 100 pedrinhas para amanhã e torcer para não pegar cartas repetidas novamente.

 No.10479

>>10477
Boa, anãozinho!

Só não se esqueça de ir fazendo as missões do Silver Memories. As missões de dificuldade mais alta estão dropando gifts, que são uma bela forma de subir rapidamente o nível de afeição de suas garotas. Dá um puta trabalho chegar no nível 40 (que é quando abre todos os três slots de sub-cards), então é uma boa investir nisso também.

E eu já estou satisfeito com o gacha desse evento, mesmo que as três 4* que eu tirei Nozomi, Subaru e Michelle sejam cartas com armamentos que eu não costumo usar minha party é sempre composta por uma sword user (Urara), hammer user (Kaede) e staff user (Anko). São cartas de potencial de ataque baixo, mas os skills da Subaru e Nozomi são bem interessantes. Vou acabar investindo futuramente na Subaru, só pra ter uma boa reserva em eventos específicos.

 No.10480

File: 1487352622802.png (644.2 KB, 799x478, 29a1cc1600a84d3f89b344ffbf….png)

>>10474

Sei como é, eu perdi minha conta antiga e agora tenho que nivelar um monte de DDs e CLs no mapa 1-5-1.

Vou demorar pelo menos 3 meses até constituir uma nova equipe para eventos.

 No.10487

>Tales Of Berseria - CPY [SCENE CRACKED]
>Tales of Berseria CPY (Multi8) Inc All DLCs - RePack by CorePack [P2P]

Conseguiram quebra o Denuvo do Tales of Berseria?
Hoje começou a surgir alguns lançamentos no cenário pirata.

 No.10490

>>10487
Denuvo não é aquele DRM que prometia ser impossível de quebrar?

 No.10497

>>10490
Sim. Uma pequena história do Denuvo.
**O primeiro crack levou mais de três meses, depois teve um release que foi crackeado com um mês.
Outros que levaram uma semana e o recorde, se não mudou, é de cinco dias. Desse mesmo grupo (CPY).
No começo tinha bastante grupo tentando crackear, era uma disputa/corrida entre eles.
Depois da última brecha de segurança no site eles anunciaram uma nova versão do Denuvo, para novos títulos a serem lançados.
Resta saber quanto tempo levará até o crack sair.**

 No.10499

Eu estava até duvidando que iam desbloquear Berseria já que é um jogo weeaboo, diferente de Resident Evil 7 que é bem popular.

 No.10502

File: 1487432192689-0.png (1.46 MB, 750x1334, 2017-02-19 00.36.25.png)

File: 1487432192689-1.jpg (18.45 KB, 222x260, 137196511944.jpg)

MEUS LADOS!!

Todo o azar que eu estava tendo foi uma mentira.

 No.10503

File: 1487434025803.png (1.83 MB, 1080x1920, Screenshot_20170218-110228.png)

>>10502
Caralho! Que sorte danada, anão!

Eu já não posso dizer a mesma coisa. ;-;

 No.10533

File: 1487530494378.jpg (54.51 KB, 600x299, Metal-Gear-Solid-Snow-Mobi….jpg)

Nossa, anões, terminei o Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots nessa madrugada!

Meu desu, ainda estou me recuperando de tantas emoções.

Um pouco de background. Eu conheci a série Metal Gear Solid na época do PSX, quando eu tinha uns 11 anos eu joguei o Metal Gear Solid original pela primeira vez. Na época, eu adorei o jogo, a história e os personagens, devo ter zerado depois mais umas duas vezes.

Os jogos seguintes eu não joguei em suas respectivas épocas, mas em 2013 ganhei de aniversário a Legacy Collection e desde então estou jogando todos os jogos da série. Eu tenho uma regra pessoal de só jogar sequências depois de pelo menos alguns meses, por isso que não terminei tudo ainda.

Em 2014 eu re-joguei o Metal Gear Solid original pra relembrar o plot, e o jogo é até melhor do que eu lembrava, é incrível como os temas continuam modernos até hoje, e Shadow Moses é muito atmosférica. O que mais me impressionou foram as reflexões sobre como os genes influenciam na nossa vida e como cada um escolhe viver.

Depois de alguns meses, joguei o Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty, e pra minha surpresa, o jogo é uma sequência direta do Metal Gear Solid, ao invés de um jogo independente. O Metal Gear Solid 2 tem um dos plots mais inteligentes que eu já vi em um vídeo-game, e as partes final é um mindfuck tão grande que já vi o jogo ser citado, compreensivamente, como o Neon Genesis Evangelion dos vídeo-games.
Eu gostei muito do jogo porque ele se passa após os eventos do primeiro jogo, você reencontrada o Solid Snake e o Otacon, e descobre sobre os Patriots e toda a dominação da informação, história, ideias e cultura. O tema do jogo são os memes, no sentido original do Richard Dawkins. O Raiden e a Rosemary também cativam bastante.

Em 2015, eu joguei o Metal Gear Solid 3: Snake Eater. Esse sim é um jogo mais "independente", pois volta pro passado, se passando na época da Guerra Fria e contando a história do Big Boss. O plot do jogo não é tão complexo e ambicioso como do MGS2, mas em compensação o jogo é muito emocionante, tem algumas inspirações de 007 e conta a história da Boss e a origem dos Patriots, que foi de onde começou a merda toda.
Além disso, o gameplay da série evoluiu muito no MGS3.

Agora eu terminei o Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots, e posso dizer que o jogo é uma carta de amor para os fãs da série. Você realmente precisa ter jogado os jogos anteriores para apreciar o jogo totalmente, pois a quantidade de referências é insana.

O jogo se passa alguns anos depois do MGS2. Os supercomputadores de inteligência artificial que os Patriots criaram (MGS2) começaram a dominar toda a humanidade, informação, leis, cultura, economia, guerra, etc. Essas AIs criaram uma economia de guerra, então na época do jogo o mundo gira em torno da guerra, com facções rebeldes e PMCs (Private Military Companies) guerreando, com armas com ID controladas pelo supercomputador dos Patriots, nanomachines nos corpos dos soldados controladas pelos Patriots, e por aí vai.
O Snake começou a envelhecer de forma acelerada porque como um clone do Big Boss, ele foi programado pra ser infértil e envelhecer mais rápido, tudo parte do projeto Les Enfants Terribles.
Porém, o Colonel Roy Campbell pede pra ele fazer uma última missão: parar o Liquid Ocelot, que está tentando obter controle sobre os supercomputadores dos Patriots.

 No.10534

O gameplay do jogo é ótimo e o melhor da série até então, tudo é muito fluído e pega as melhores mecânicas dos jogos anteriores. O gunplay é muito prazeroso, e o stealth também é muito legal, principalmente com a OctoCamo que faz com que a roupa do Snake fique da cor de onde ele está encostado, igual um camaleão de verdade.
O meme de que o jogo é um filme é mentira, acontece que ele tem quase o dobro do tamanho dos jogos anteriores, por isso tem muito mais cutscenes. Em nível de comparação, demorei cerca de 10~12 horas pra terminar cada um dos jogos anteriores, enquanto no MGS4 demorei cerca de 23 horas.

O jogo tem uma grande diversidade de cenários, com capítulos no Oriente Médio, América do Sul, Leste Europeu, Shadow Moses e Outer Haven. A série MGS sempre flertou um pouco com o terror, mas o MGS4 é de longe o que mais faz isso, pois os chefes que o Old Snake enfrenta fazem parte da Beauty and the Beast Unit, que são mulheres com histórias macabras e que são máquinas de matar nos campos de guerra. Além disso, as nanomachines tem vários efeitos similares à coisas paranormais.

O jogo conclui a história de praticamente todos os personagens dos jogos anteriores, mostrando o Old Snake, Otacon, Campbell, Rosemary, Mei Ling, Raiden, Meryl, Sunny, Naomi, Vamp, Eva, Big Boss, Zero, etc; e conclui o plot sobre os Patriots. Na analogia de MGS ser o Neon Genesis Evangelion dos vídeo-games, MGS4 seria o End of Evangelion.

Um momento que eu literalmente chorei foi na parte que o Snake passa pelo corredor com microondas e nas cenas seguintes quando chega no supercomputador. O jogo tem muito essa mensagem de "chega um momento que a sua época já passou e você precisa descansar com o pouco tempo que você tem sobrando", mas ainda assim ter que realizar uma última missão.

Ainda tenho o Metal Gear Solid: Peace Walker, o Metal Gear Rising: Revengeance e o Metal Gear Solid V. Estou ansioso mais pro PP e o Rising, mas jogando o MGS4 ficou claro pra mim que é o término da série.

 No.10542

File: 1487559714313.jpg (431.2 KB, 1920x1080, 20170219172830_1.jpg)

Meu desu, como essa roupa da Purafuta é linda! Peguei o DLC e testei as várias roupas dela, tem umas muito lindinhas, mas essa é a minha favorita. Sou o >>10321, já estou quase terminando a história normal, mas antes quero tentar abrir todas as receitas, fazer todos os itens e terminar todas as histórias. Peguei nível 20 recentemente e agora estou pensando no que gastar os primeiros 10 pontos de adv. O sistema é igual ao de Atelier Shallie, então imagino que não dê para pegar todas as habilidades com todo mundo.

O Julio é o personagem mais quebrado em status possível. Ele tem muita defesa e as skills ADV dele conseguem diminuir o dano que ele toma. A Cory é outra, tem uma skill que ganha mais SPD e todos os outros atributos aumentam proporcionalmente a SPD dela.

Meu time atual está sendo a Sophie, a Purafuta, a Cory e o Julio (com acessório de atrair atenção para tankar).

 No.10546

File: 1487592758578-0.jpg (176.53 KB, 720x1280, photo_2017-02-20_08-56-14.jpg)

File: 1487592758578-1.png (1.37 MB, 1080x1920, Screenshot_20170220-085910.png)

File: 1487592758578-2.png (1.76 MB, 1080x1920, Screenshot_20170220-091451.png)

Pare de me dar martelos, RNGesus. ;-;

Pelo menos consegui levar a Dahlia pra forma beta… E que potencial! Vou aproveitar o desconto de 50% na Mitsurugi pra fazer a Dahlia gamma, mas tenho que rushar as missões do evento de inverno pra pegar os materiais de craft que me faltam.

Tá dando um puta trabalho, mas dá gosto ver a minha party atual. :3

 No.10578

Essa música do Doll Making é muito fofinha! Vídeo relatado. Tradução da letra:

>Which part should I make this time? Well, it will works out even if I can’t decide! (Yey!)


>Let’s make a wonderful body! Don’t use any weird ingredients! (No-no!)

>Ah, but I don’t have any good ingredients and it’s troublesome to gather some
>I think it’s okay to simply use anything inside my basket
>Let’s make it using fishes, bugs, and flower petals! (One, two, three!)

>Just pretend not to hear the protest I actually hear (Sounds good!) and let’s proceed!

>Just trust me and it will be okay! It’s so fun! (Wo~)

>If it’s to see your smile, I will (Even more!) work harder!

>If you watch over me, it will be a hundred man-power! So no need to worry! (Ne~xt!)

>Let’s make a powerful weapon! Crush all of those enemies! (No-no!)

>Ah, but I want it to be cute too! What kind of ingredients should I use?
>I think I can make it with something inside my basket
>Let’s make it using medicines, poisons, and bombs! (One, two, three!)

>Just pretend not to hear the scream I actually hear (Sounds good!) and let’s proceed!

>Simply use the momentum at that time! It’s an adventure! (Wo~)

>If it’s to see your smile, I will (Even more!) work harder!

>If you keep chatting with me, it will be a thousand man-power! So no need to worry!

>Sometimes I feel sad when I come across something I can’t do

>But I believe that someday my hand will reach it

>Just pretend not to hear the gratitude I actually hear and put it away in my chest

>It’s still too fast to be satisfied! I’m so happy! (Yay!)

>If it’s to see your smile, I will (Always!) work harder!

>If you watch over me, it will be a hundred man-power! So no need to worry!

http://exceterra.tumblr.com/post/136453539802/dollmake-no-uta-by-tsukiko-lyrics

 No.10579

>>10578
Versão com a Sophie cantando ao fundo, mais fofinha ainda!

 No.10599

>>10546
Qual é a garotinha com o maior poder de luta ataque dos anões? Eu vejo que as convidadas mais fortes que posso chama-las para uma batalha tem em torno de 4000~4700. Gostaria de saber se as dos anões são mais fortes ou se é mais ou menos isso mesmo.

 No.10600

File: 1487754539064-0.png (1.77 MB, 1080x1920, Screenshot_20170222-060733.png)

File: 1487754539064-1.png (1.76 MB, 1080x1920, Screenshot_20170221-220103.png)

>>10599
Varia muito. Já vi helpers com mais de 6000 de ataque. Pra chegar a tal ponto, além de precisar de uma garota com um bom poder dr ataque, e outras três sub-cards com bons potenciais, é preciso ter uma arma muito boa, como armas co-op que ultrapassam facilmente a barreira dos 900 pontos de ataque. Porém, são armas super difíceis de fazer porque além de comerem muitos recursos, requerem drops raros dos bosses da arena co-op, que geralmente são dropados nas dificuldades mais altas.

Atualmente a minha garota mais forte é a Kaede mesmo.

 No.10640

File: 1487948347929.jpg (35.96 KB, 357x399, IMG_0889.JPG)

Caralho, anões. Faz literalmente uns 10 anos desde a última vez que eu desejesei um jogo tão duramente como esse NieR : Automata. Ouvi dizer que vai lançar na steam dia 10 de março. Estou preparado para comprar.

Alguém também está hypado?

 No.10641

File: 1487950341890.jpg (121.92 KB, 996x1280, IMG_20170224_123256.jpg)

>>10640
Hype é pouco. Amo de paixão o universo que Taro Yoko criou para Drakengard/Nier, e estou super ansioso pra jogar o Automata, principalmente depois de debater por muito tempo, com amigos que também são fãs de Nier, sobre qual seria o rumo que a timeline levaria.

Já reservei meu suado dinheirinho pra comprar a versão Steam day one.

 No.10642

File: 1487955850594.png (640.98 KB, 540x960, Screenshot_2017-02-24-13-5….png)

>>10599

Eu literalmente só uso a Sadone com spear, não é uma das mais fortes, mas equipo ela com sub card da Chuu'liup Mimi team card que é o card mais quebrado de spear que tem, a skill gasta pouco sp, da muito dano e tem range muito alto. Uso a foice da Flora Sadone também, equipo ela com sub weapon de paralyze e life recovery. Basicamente consigo fazer tudo só com ela, se precisar pego a Flora Anko pra gun ou a Urara de dual.

 No.10649

>>10640
Estou mais ou menos, estou mais ansioso pro The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Apesar de ter interesse no NieR Automata, já vi que não vai ser um RPG aos moldes do original com o refinamento da Platinum Games.

Também não gostei que o jogo está atraindo muita gente leiga que nunca ligou para a série.

 No.10650

>>10649
Não sou o quotado, mas…

>já vi que não vai ser um RPG aos moldes do original

RPG aos moldes do original? Era um action RPG do mesmo jeito, só que com combate mais rudimentar. Automata é literalmente um Gestalt com combate bom e outras melhorias, nada mais. Única coisa que removeram até então foram as magias, mas pra quem leu as LNs pós Gestalt sabe que isto tem contexto completamente válido.

Also, o próprio Taro Yoko disse que nunca faz dois jogos iguais.

>Também não gostei que o jogo está atraindo muita gente leiga que nunca ligou para a série.

Não tem o que fazer. Se quisermos ver mais trabalhos do Taro Yoko, tal reconhecimento, mesmo que superficial, será necessário, já que isto se converte em $$$ pra futuros projetos.

 No.10652

>>10642
>essa roupa da Urara
L-lewd!

Queria investir na minha Sadone, por ser spear user, mas não consigo de jeito maneira pegar uma spear 4* pra ela. ;-;

 No.10653

>>10650
Eu me refiro ao fato do Nier original se passar em um mesmo cenário interconectado com áreas hub e diversas side-quests. Pelo que eu entendi o Automata está mais pra um Metal Gear Rising com skin de NieR.

Sobre ele nunca fazer jogos iguais, todos os Drakengard possuem uma mesma fórmula. E sobre os casuais e leigos, o que me incomoda é que dá um ar de falsidade, pessoas que nunca ligaram pra série repentinamente dando uma de fãs. A série se manteve até hoje sendo de nicho, e faz parte da essência dela.

 No.10654

>>10653
>mesmo cenário interconectado com áreas hub e diversas side-quests
Você descreveu o Automata, anão. Relaxe, pois mesmo que tenha sido produzido pela equipe do MGR, a essência de Nier ainda está lá. Ando acompanhando discussões de pessoas que estão jogando o Automata versão JP e HK, que também possuem dublagem e legendas em inglês e deu pra reparar que está tudo igual ao seu antecessor, com seu único defeito [o sistema de combate] sendo corrigido.

Só não fui além nas discussões por medo de spoiler, mas ao olhar os troféus da história por cima, deu pra notar que muito do que eu imaginei irá acontecer no jogo, principalmente com o envolvimento do Emil na história.

>E sobre os casuais e leigos, o que me incomoda é que dá um ar de falsidade, pessoas que nunca ligaram pra série repentinamente dando uma de fãs

Sim, também me incomodo com isso, mas fico feliz em ver mais jogos de um dos meus diretores favoritos junto do Akira Tsuchiya. Simplesmente ignore 70% da base, que jogará Automata por ter o nome da Platinum, e seja feliz.

>A série se manteve até hoje sendo de nicho, e faz parte da essência dela

Concordo, mas mesmo que Automata esteja sobre tantos holofotes, toda a essência de Nier está lá, como as Weapon Stories, finais alternativos, personagens doentios e outros elementos que tornam Taro Yoko um gênio louco. Só ver que nada foi alterado/censurado pra agradar casuais, como a roupagem da 2B e de outras personagens. Até mantiveram as text adventures do Gestalt hue.

 No.10656

>>10640
Após terminar o primeiro, fiquei ainda mais ansioso pelo Automata. Se tiver uma história, clima e soundtrack tão caralhuda quanto a do anterior e o gameplay tiver sido melhorado e com todos os defeitos corrigidos, então será um GOTY garantido.

Uma pena que o Weiss não vai voltar. Espero que o Automata tenha um personagem com tanto carismalol quanto ele.

 No.10695

File: 1488044687636.png (3.42 MB, 3547x1995, A3YvNWY.png)

Como não temos uma board nem um fio de VNs (fica a sugestão), vou compartilhar isso aqui mesmo.

Acabei de encontrar um link que pode interessar aos senhores, é um compilado com todos os torrents já disponibilizados pela fuwanovel, que há algum tempo parou de oferecer downloads ilegais.

https://catbox.moe/official.php

 No.10697

>>10695
Quando eles avisaram que iam remover os links, foi uma correria para eu baixar tudo que me interessava, mas devo ter deixado passar alguma coisa.

 No.10716

File: 1488117318350.png (5.04 MB, 2820x1600, Captura de Tela (75).png)

Como ficarei sem celular por um tempo, até poder pegar um novo, acabei instalando o Nox em meu PC, e não é que ficou legal jogar BGHS assim? Deitei o monitor pequeno pra deixar mais cômoda a visão.

Fiz uma gravação rápida como teste (https://vid.me/sD7S). Deixei o mouse com as movimentações principais de touch, mas configurei o teclado pra usar swipes rápidos na horizontal e vertical, pra facilitar na hora de esquivar. Ficou bem confortável de jogar.

 No.10741

File: 1488167239637-0.png (1.44 MB, 890x1599, Captura de Tela (77).png)

File: 1488167239637-1.png (1.52 MB, 888x1600, Captura de Tela (78).png)

Mas como esse escorpião é chato, puta que pariu! Se não fica quase o tempo inteiro embaixo da terra, com aquela garra de hitbox quebrada, fica pulando igual macaco de um lado pro outro.
Preciso farmar 12 tickets dourados desse porra, mas não tem condições de farmar no Normal porque acho que nem dropa, e do Hard pra cima a luta se prolonga demais.

Qual seria o armamento recomendado pra esse puto? Kaede de martelo não tem muito futuro nessa luta não. Precisa de muita mobilidade e velocidade de ataque.

 No.10745

>>10741

Spear ou sword com ataque de vento ou dual gun com skill forte, só faço ele com outras pessoas, ele é forte.

 No.10752

File: 1488217678738.jpg (181.25 KB, 600x338, Blue-Reflection_2017_02-26….jpg)


 No.10756

Só passando para avisar que a versão de Wii U do Zelda caiu na internet, se não quiserem esperar até sexta para jogar.

 No.10765

>>10752
Mistura de Atelier com Persona. Fiquei muito interessado agora. Tem até chances de se tornar o meu RPG favorito.

 No.10770

File: 1488306058709.jpg (35.12 KB, 509x289, IMG_0406.JPG)

Terminei de jogar Steins;Gate 0 recentemente. Vou fazer uma mini-análise aqui.

Gostei bastante, acho que mais do que o primeiro. Mas ele é bem menor. Não porque ele seja pequeno, o original é que é realmente grande. As músicas do 0 são ainda melhores. E o clima é mais sombrio, e tem muito mais ação. O original era meio que dividido em partes: no início a história é mais light e engraçada, depois vem um monte de discussões e explicações sobre física, e depois chega a parte em que você começa a namorar as garotas, misturadas com umas sequências de ação. O 0 é como se só tivesse a última parte.

Tem 2 personagens novos importantes, a Maho(-tan) e o professor Leskinen, que são a amiga e o orientador da Kurisu na Universidade nos Estados Unidos. A Kurisu já está morta, mas antes disso, a consciência dela foi passada pra um programa de Inteligência Artificial, o Amadeus. E o Okabe começa a conversar com ela através desse programa. Mas a consciência dela é um pouco antiga, da época em que ela ainda não havia conhecido o Okabe. Ah, sim, tem mais uma personagem nova importante, a Kagari, que é a filha adotiva da Mayuri, e que viaja para o passado junto com a Suzuha. Tem também as 3 colegas da Mayuri, fãs de cosplay, Yuki, Kaede e Fubuki. No primeiro jogo elas apenas são citadas brevemente, mas nesse elas aparecem até que bastante. A Yuki é a futura esposa do Daru.

Uma coisa que eu achei um pouco estranha é que a personalidade de alguns personagens ficou um pouco diferente. O Daru parece que ficou mais idiota. A Suzuha, que no outro jogo era uma ciclista, nesse é tipo uma militar (se bem que no caso dela foi de propósito que fizeram isso mesmo). A Kurisu virtual ficou um pouco mais formal e menos rabugenta. O que pra mim talvez seja até bom. A Kurisu original era insuportável.

A história se passa no meio do Steins;Gate original, quando o Okabe sai da linha beta e volta para a linha alfa, mas antes de você entrar no final verdadeiro. (Talvez eu tenha trocado a linha beta e a alfa, nunca consigo decorar direito qual é qual, desculpem). O Okabe fica deprimido durante o jogo inteiro, já que ele matou a Kurisu e não consegue reverter a situação.

Essa Maho é bem legal, gostei dela. No jogo tem um final pra ela, um pra Kagari, um pro Leskinen, um pra Mayuri, um pra Kurisu, e mais o final verdadeiro. As bifurcações da história nesse jogo são meio diferentes. Quando o capítulo 2 acaba, a história se divide em 2 caminhos, cada um com 3 finais.

No primeiro caminho você é perseguido por um cientista querendo te matar, dizendo que tentar construir um programa de IA é querer brincar de Deus. Você dá um passeio com a Maho também. E tem uma hora em que o Nakabachi entrega as descobertas dele para a Rússia, e a Rússia usa uma máquina do tempo para fazer com que a União Soviética não acabe na década de 1990. Quando isso acontece, o Okabe muda de linha temporal pra outra onde acontece uma 3ª Guerra Mundial entre a União Soviética de um lado, e os Estados Unidos do outro. O Japão é meio que forçado pelos Estados Unidos a cooperar com ele.

No segundo caminho a Kagari perde a memória, e você começa a tentar descobrir uma maneira de fazer com que ela lembre o passado. Tem uma hora em que todo mundo se junta pra comemorar o Ano Novo, com várias garotas trabalhando de miko no templo do pai do Lukako. Entre outras coisas.

Uma coisa que tem de diferente na história é que dessa vez existem vários inimigos. Além do SERN, ainda tem a Rússia e/ou União Soviética, mais uma companhia privada de espionagem, a Stratfor, e até o Japão e os Estados Unidos são apresentados meio que como vilões também. A história também discute uns conceitos de neurociência e inteligência artificial, além de continuar tratando sobre viagens no tempo. Se você for parar pra pensar, tem algumas coisas na história que não têm o menor realismo científico. Mas é de propósito isso, na verdade. Por exemplo, esse conceito de Campos de Atração… Falando nisso, Steins;Gate faz parte de uma série, em que cada jogo fala sobre alguma área científica diferente. Robotics;Notes é sobre mecânica. Occultic;Nine é meio que uma exceção à regra, porque fala sobre ocultismo. E Chaos;Head é sobre psicologia.

O estilo em que os personagens foram desenhados também mudou um pouco. No primeiro jogo eles tinham um estilo meio diferente, tipo como se fosse uma aquarela ou sei lá. Agora eles foram desenhados num estilo mais comum.

Bem, acho que é isso. Se eu lembrar de mais alguma coisa eu boto depois. Ah, e sim: a melhor garota continua sendo a Mayuri. (Se bem que a Yuki também não fica muito atrás).

 No.10790

File: 1488386081488-0.jpg (422.27 KB, 1920x1080, 20170301130255_1.jpg)

File: 1488386081488-1.jpg (349.42 KB, 1920x1080, 20170301121129_1.jpg)

File: 1488386081488-2.jpg (367.14 KB, 1920x1080, 20170301125542_1.jpg)

Terminei Atelier Sophie hoje de manhã, mas ainda não fiz tudo o que pode ser feito no jogo, mas peguei boa parte dos eventos. Foi um ótimo Atelier, superou as expectativas, estava esperando algo como Atelier Rorona mas tive um jogo muito mais completo e divertido de se jogar. Como sempre, ao terminar um Atelier vou ver os comentários dos compositores e ouvir as seiyuus falando, mas dessa vez não peguei as referências que o Achiwa escreveu (quem infernos é Isabel, Emmanuel e Vanessa? De que série são esses nomes?), eu ri depois do comentário sobre aquela música que toca na intro do jogo, eu não tinha notado de como ela era IGUAL ao "Asuiro" que é a abertura do anime de Atelier Escha to Logy cantada pela Murakawa Rie. São os mesmos compositores afinal…

Asuiro:
https://www.youtube.com/watch?v=Q_o0QHfSAo4

The World: Stars, Skies and Paths:
https://www.youtube.com/watch?v=KlHvGTQHRzw

 No.10854

File: 1488665910165.jpg (357.38 KB, 1920x1080, 1525125125125.jpg)

Alguém mais jogando essa delícia?

Nunca fui fã da série Tales of, tentei jogar o Zestiria e não achei lá muito bom, tanto em gameplay quanto em história, mas a coisa foi bem diferente com Berseria, a propaganda que eles fizeram no anime de Zestiria foi efetiva comigo, personagens carismáticos e gameplay gostoso de jogar. Valeu a compra na steam.

Comecei domingo e já estou chegando nos 40 horas de jogo, quero tentar terminar 100%. No momento estou assistindo Zestiria, mas assim que terminar Berseria vou voltar a jogar ele para pegar todas as referências do outro.

Devo confessar que doeu meu coração quando vi um spoiler sobre a Magilou, em Zestiria você encontra o túmulo dela.

 No.10855

>>10640
Se não me falha a memória, não era a série Nier que tinha uma futanari no jogo?

 No.10856


 No.10880

>>10854
Velvet é uma delicia, mas em muitos momentos ela parece o Kratos(GoW), podiam ter deixado ela menos "trigger", como uma feminista possuída pelo demônio.

A melhor garota é sem sombra de duvidas a Magilou
https://www.youtube.com/watch?v=jEd_YDdP1Uc
Ela deixa a historia engraçada e interessante.

 No.10881

File: 1488761409253.png (2.69 MB, 1920x1080, 429660_20170227184727_1.png)

>>10854
Andei jogando bastante, mas Grindblue Fantasy me chamou novamente. ;-;

Acho que já estou com umas 40 horas de jogo também. O sistema de combate está ficando bem legal na dificuldade mais alta, mas a discrepância de nível entre minha party e os mobs é alta demais. Se no menor vacilo minha party pode ser varrida em encontros normais, basta um Dire Foe aparecer pra estuprar todos os bonecos com apenas um hit hue.

Mas bem, eu preciso voltar a jogar, pois logo tem Nier Automata pra me internar indefinidamente.

>>10880
Pra quem se fodeu tanto quanto a Velvet, não julgo o fato dela ser "edgelord" demais. Ninguém em sã consciência ficaria feliz ao perder o irmão, ter virado um therion, ter sido trancafiada por 4 anos numa masmorra, se alimentando apenas de daemons, e ainda perder o senso de gosto, sentindo apenas o gosto de sangue.

Quando levei isso tudo em consideração, parei de me incomodar com o jeito de ser da Velvet. Até me impressiono ver a forma com que ela aborda seus objetivos, pois normalmente num JRPG padrão o MC aos poucos vai se amaciando. Ela não, à cada cidade que ela passa o caos só piora. Diria que é prazeroso ver um personagem não sofrer da síndrome do heroísmo.

 No.10883

>>10880
Eu não acho, anão. Em muitos momentos ela tem a pose de malvada e "foda-se o mundo", mas quanto mais ela vai ficando com o Laphicet, mais a gente percebe que ela é toda carinhosa e morre de ciúmes dele. Só achei um pouco forçado o irmão dela ser o "final boss", mas achei genial a quest do Videl e a indicação que o Laphicet tinha a doença dos 12 anos e faz a Velvet pensar nas ações do Arthur e também ela sentir culpa por ter matado o Oscar na frente da Theresa, porra ela matou diversas pessoas até chegar neles, nunca passou na cabeça dela que aquelas pessoas também tem famílias?

Eu sabia que conhecia a dubladora da Velvet, o grito que ela solta era parecido com alguma personagem que já tinha visto e não deu outra, a dubladora dela é a mesma que faz a Misaka Mikoto.

>>10881
Estou na última parte do jogo, mas estou perdido. O que falta de puzzle nos outros mapas, esse tem de sobra, ou eu sou muito cego para não ver as pistas. Como disse no post anterior, queria terminar 100% o jogo, mas descobri que existe um new game+. Então estou correndo para saber logo da história e começar um novo jogo já com a dificuldade alta.

>discrepância de nível entre minha party e os mobs


Eu também sinto isso, mesmo jogando no normal. Ou tem inimigos muito fáceis de matar ou eles demoram demais para morrer. Tenho pouca experiência com jogos de RPG, mas pelo que me lembro do que joguei de Final Fantasy, sempre tem uma parte que você precisava ficar ganhando lvl para passar de determinado inimigo. Em Berseria eu não senti isso, a dificuldade foi progredindo conforme eu ia avançando na história, o que eu achava maravilhoso, só na última fase que os inimigos são problemáticos, se eu não me descuidar eles levam minha party toda. Outro inimigo que achei bem desafiador foi o Phoenix fiquei na dúvida se era para ganhar dele ou deixar ele ganhar para fazer o Eizen encontrar com a Edna, mas vou tentar ganhar dele depois, estou mais curioso para saber como a história vai terminar e como ela liga com Zestiria.

 No.10892

File: 1488810697189-0.jpg (Imagem Spoiler, 218.64 KB, 1280x720, mpv-shot0011.jpg)

File: 1488810697189-1.jpg (Imagem Spoiler, 230.95 KB, 1280x720, mpv-shot0012.jpg)

File: 1488810697189-2.jpg (Imagem Spoiler, 206.64 KB, 1280x720, mpv-shot0013.jpg)

File: 1488810697189-3.jpg (Imagem Spoiler, 248.03 KB, 1280x720, mpv-shot0014.jpg)

File: 1488810697189-4.jpg (Imagem Spoiler, 267.42 KB, 1280x720, mpv-shot0015.jpg)

>>10883
>estou mais curioso para saber como a história vai terminar e como ela liga com Zestiria

No anime do Zestiria já contaram.

A merda toda que acontece em Zestiria começou por causa do ódio da Velvet. Artorius é um Shepherd.

 No.10896

File: 1488833276071.jpg (157.98 KB, 964x872, magic wallet.JPG)

>106 reais
Dessa vez vou ter que deixar passar. Se for que nem o outro e sair pirata no mesmo dia do lançamento, acho que vou jogar pirata mesmo e comprar quanto tiver dinheiro.

 No.10899

>>10896
Amanhã já?
Nem terminei Sophie, e Mês que vem ainda ter Persona 4.

 No.10902

File: 1488848623163.jpg (272.5 KB, 1920x1080, 20170306003749_1.jpg)

>>10892
No anime contaram o começo da história, não precisa colocar isso em spoiler, anão. Eu quase dropo o anime quando assisti essa cena, mas pensei "eles não iriam colocar o FINAL de Berseria sendo lido pelo Sorey", até descobri que o anime está tomando um rumo original desde o episódio 10, creio que seja para entrelaçar ainda mais a história de Berseria com Zestiria.

Mas enfim, consegui terminar ontem mesmo o jogo, achei o final um pouco rushado, mas como um todo foi muito bom, estou pronto para recomeçar o jogo novamente. Se quiser saber o final, anão: Velvet derrota Arthurius e o irmão dela fica fora de controle, ela resolve então usar o seu braço para sugar o poder dele e ele morde ela para sugar a energia que ela tem, criando assim um loop infinito, eles vão se consumir eternamente.

O final eu senti um pouco. Velvet fica abraçada com o irmão dela e passam cenas de deles de como seria se eles viajassem pelo mundo juntos. Mas não senti tanto quanto a parte que eles vão para a vila da Velvet, é nessa parte que o trem de sentimentos começa a pegar força, depois disso é só ladeira abaixo.

Estou ansioso para o próximo jogo.

 No.10903

File: 1488852311414.jpg (414.64 KB, 1280x720, 1484668503506.jpg)

>>10896
E-Eu nem queria comprar no primeiro dia mesmo…

 No.10911

File: 1488922356044.jpg (25.98 KB, 659x161, 132.JPG)

E lá vamos nós.

 No.10915

File: 1488956162704.jpg (Imagem Spoiler, 177.69 KB, 1280x720, [2017.03.08_03.59.33].jpg)

>>10911
Que feio!

 No.10922

>>10896
Acho que perdi, eles sabem como me controlar. Vou pagar R$ 95,00 só para ter essas roupinhas DLC. Acho que até sexta compro o jogo.

http://steamcommunity.com/games/527290/announcements/detail/539708459774328867

 No.10924


 No.10936

File: 1489042449575.png (271.21 KB, 369x441, melhor garota.png)

Tem alguém que joga Granblue Fantasy aqui?
Comecei a jogar faz 2 dias e não consigo parar. Está muito legal.
Pena que sou muito novato e não entendo muita coisa ainda. Gostaria de compartilhar esse sentimento com alguém e se tiver algum manjador, tirar as minhas dúvidas. (Por enquanto não tenho muita dúvida, mas se por acaso surgir gostaria de perguntar algumas coisas.)

 No.10938

File: 1489044201414.png (2.21 MB, 1080x1920, Screenshot_20170309-042131.png)

>>10936
>10936
Comecei a jogar quando rolou todas aquelas bonificações em comemoração ao terceiro aniversário jogo fazem nem 10 dias direito e viciei completamente! Sistema de progressão delicioso, com camadas e camadas de conteúdo variado, e meta game extremamente complexo. Era justamente o que eu estava procurando em meio a tantos mobages.

Pergunte quase qualquer coisa que irei lhe responder com o maior prazer do mundo. :3

 No.10939

File: 1489044892139-0.png (174.94 KB, 492x305, bahamut.png)

File: 1489044892139-1.png (837.68 KB, 509x837, 6609e4e730f8bcc9fb1a8d9f0d….png)

>>10938
Eu também comecei a jogar por causa das bonificações do aniversário!
Mas peguei quase no fim, então não tive quase nada de lucro.
Os dois pull que fiz de graça não veio nada. ;_;

Você conseguiu derrotar o Bahamut desse evento já?
>mcq demorei mais de 4 horas pra derrotar
Fode não ser noob. O bom é que só apertei o Auto e deixei rolar.
Peguei a espada.

Você me recomendaria pegar esse Dark Fencer? Eu peguei o Weapon Master pois, como um bom noob, eu queria é meter dano em geral. Mas agora que estou mais por dentro do jogo, gostaria de saber a opinião dos outros.

Vejo que os seus personagens estão tudo com 4 boosts. Tem como aumentar isso ou varia de cada personagem?

 No.10942

File: 1489064135796-0.png (2.47 MB, 1080x1920, Screenshot_20170309-094305.png)

File: 1489064135796-1.png (1.64 MB, 1080x1920, Screenshot_20170309-094319.png)

File: 1489064135796-2.png (1.37 MB, 1080x1920, Screenshot_20170309-094329.png)

File: 1489064135796-3.png (1.9 MB, 1080x1920, Screenshot_20170309-095906.png)

File: 1489064135796-4.png (1.97 MB, 1080x1920, Screenshot_20170309-095918.png)

>>10939
Bem, vamos por partes pra facilitar a explicação:

>Você conseguiu derrotar o Bahamut desse evento já?

Sim, levei em torno de 300 turnos pra matar hue. Larguei no auto e fui tirar um cochilo. E pensar que tem conquista pra matá-lo em 4 turnos…

>Você me recomendaria pegar esse Dark Fencer?

Rapaz, é uma das melhores classes pra quem tá começando a jogar, pois é completamente focada em debuffs que dão stack com debuffs de outros personagens. Dá pra segurar a barra tranquilamente em raids de lvl 70 pra cima só gerenciando os debuffs, mas precisa ter algum membro pra protege-lo.

>Vejo que os seus personagens estão tudo com 4 boosts. Tem como aumentar isso ou varia de cada personagem?

Então, na verdade isso é bônus das armas que estão equipadas em seu grid. Veja as imagens que postei, por exemplo. A primeira é meu grid, que tem mais armas do tipo dark. A segunda imagem mostra o bônus da adaga do Bahamut, que dá aumento de ataque acho que de 25% pra personagens humanos. A terceira imagem mostra tais bônus em prática, onde ???? representa a raça unknown (MC também é classificado como unknown, Orchid e outros personagens) e +2 é acúmulo do mesmo bônus.

Quando se monta um grid de armas, tem que se levar em consideração a raça dos personagens se for fazer um grid de Bahamut weapons e o elemento. É sempre bom focar apenas em um elemento, pra maximizar a bonificação das armas, ou usar algum personagem que tenha boa sinergia com personagens de outros elementos, como o caso da Vira, que tem um skill que adiciona o elemento light em seus ataques, que são originalmente do tipo dark.

Dá trabalho pra burro montar um grid à partir de farm, já que come muitos recursos, mas é super satisfatório ver os personagens estuprando raids de nível alto.

Also, hoje dei sorte de ter tirado a Vira nos pulls de hoje. Vai maximizar demais o dano de minha party, e ela ainda consegue se curar sozinha. :3

 No.10943

File: 1489070300734.png (664.22 KB, 506x749, Sara.png)

>>10942
Obrigado, anão. Isso vai me ajudar bastante.
Vou tentar pegar essa classe então.

As sub-weapons também ativam os boost ou só a que está no Main?

>Also, hoje dei sorte de ter tirado a Vira nos pulls de hoje. Vai maximizar demais o dano de minha party, e ela ainda consegue se curar sozinha. :3


Caralho, anão. Ela era a próxima que eu estava de olho em paga-la. Estou com muita inveja do senhor.
Não dei o pull hoje porque eu tenho muito azar com esse negócio de pull, então vou guardas as minhas 9000 pedrinhas para o LegFes que dobra a porcentagem.
Completando aquela tabelinha de missões, eu ganhei um ticket que vinha um SSR e peguei a Sara. Dizem que é um bom tank e estou super feliz também.

 No.10944

>>10943
Sim, as sub weapons também ativam o boost. A arma principal só determinará o tipo de equipamento, charge attack, e elemento que o MC usará. Todo o resto do grid contará como bônus se estiver usando personagens que aproveitem tais bônus de ataque/HP e dano geral que o MC e a party causarão.

>Estou com muita inveja do senhor

Não sinta inveja, pois de todos os pulls grátis de aniversário, eu só consegui dropar SSR no primeiro pull e nesse, que gastei 9000 pedrinhas. ;-;

 No.10951

File: 1489114313741.png (831.96 KB, 1000x673, Cyberdimension-Neptunia-4-….png)

4 deusas na linha para PC e PS4:

http://gematsu.com/2017/03/cyberdimension-neptunia-4-goddesses-online-coming-west-ps4-pc-winter

Esse ano os lançamentos para PC estão excelentes. Já tivemos Atelier Sophie, Atelier Firis, Nights of Azure, Tales of Berseria, Nier Automata, só falta lançarem também Blue Reflection.

 No.10952

File: 1489141330484-0.png (543.49 KB, 640x789, 1484783142216.png)

File: 1489141330484-1.png (156.88 KB, 160x361, df656ae6f575e5f0dca55672fb….png)

O poder do dinheiro.

Não sou muito de gastar dinheiro com mobage, mas esse negócio de poder escolher uma personagem SSR da sua escolha me fisga com força.
Não consegui me conter.

 No.10953

File: 1489146709027.png (2.9 MB, 1440x2560, Screenshot_20170310-085039.png)

>>10952
Estou pensando em fazer o mesmo pra pegar a Narmaya ou a Jeane D'ark (ambas dark), pois ainda preciso de mais duas type dark pra fechar meu time.

Mas duro é que não são só os personagens que influenciam no jogo, e sim o grid de armas que você monta. Vou ver se farmo a raid do Diablo pra pegar as armas dark e seu summon SSR, já que não tenho nenhum summon dark decente.

 No.10959

De olho nesse jogo.

 No.10960

File: 1489174665659.jpg (1.49 MB, 1200x1290, linda.jpg)

>>10953
Eu tenho a Jeane D'ark, mas acho difícil de usa-la, pois esse negócio de tomar dano a cada turno depois de usar aquela skill deixa complicado. A terceira skill é boa, mas depois de 5 turno ela fica imobilizada. Acho que precisa de um healer bom pra usar junto com ela.
Mas ela tem um dano bem alto, já que quanto mais HP baixo, mais dano ela vai dar.
Mas se for pra fazer missões level alto acho difícil, já que sou apenas um noob por enquanto.

 No.10970

>>10960
O problema é achar healer bom que tenha boa sinergia com tipo dark. Não sei se existem personagens do tipo dark que curem a party toda, já que normalmente é um tipo bem egoísta, que só trabalha com self heal e self buff. Tem a Lyria, que foi dada nesse evento que rolou. Tem bons buffs e o refresh dela é bem bom, mas além de não atacar, se ela morrer, o MC vai junto, e vice versa. É bem complicado de manter ela num time por causa disso.

Mas sim, queria a Jeane D'ark justamente pelo seu poder de ataque elevado, mas vou me contentar com a Orchid e a Vira por enquanto.

Só sei que pegamos um elemento difícil de trabalhar, anão. Por mais que dark seja o tipo mais poderoso, é o que mais requer grind. Nesses 10 dias que estou jogando eu tive um puta ponta pé inicial, por já estar aguentando raids de nível 50, mas ainda vai um bom tempo pra eu aguentar mais do que isso.

 No.10994

Sabem me dizer como coloco as legendas de Tales of Berseria em português?
Baixei pirata e não tem a opção de mudar o idioma das legendas.

 No.11001

File: 1489375023168.jpg (433.84 KB, 728x728, Velvet.jpg)

>>10994
Tentei apagar as outras linguagens que estavam na instalação e fodi tudo, vou ter que reinstalar.

 No.11193

File: 1490321942045.jpg (57.42 KB, 680x558, 1490321482271.jpg)

>mcq apenas 2 semanas para Persona 5 sair

 No.11235

File: 1490487043473-0.jpg (171.88 KB, 1024x768, gfs_247962_2_11.jpg)

File: 1490487043473-1.jpg (45.83 KB, 500x375, MOMODORA4-43.jpg)

File: 1490487043473-2.png (649.03 KB, 640x480, rks2-2_sichte002.png)

Anões, me indiquem bons jogos na Steam do gênero platformer side-scroller, podem ser de fases ou metroidvanias, o único requisito é que tenha character design inspirado no estilo anime. Se tiver protagonista feminina é um diferencial, mas não é obrigatório.

De jogos assim já joguei:
>Rabi Ribi
>Rosenkreuzstilette
>Rosenkreuzstilette Freudenstachel
>Momodora III
>Momodora IV
>Fortune Summoners

 No.11237

File: 1490490108583.jpg (715.27 KB, 1920x1080, X13vgeD.jpg)

>>11235
Giga Wrecker! http://store.steampowered.com/app/454410/

Adoro esse joguinho. Tem um char design muito bom, ótima trilha sonora, bosses super empolgantes e level design bem original, onde toda sala é um quebra-cabeça.

E sim, o jogo tem como protagonista uma garota robô. :3

 No.11239

File: 1490491615202.jpg (99.7 KB, 666x666, 60833997_p15_master1200.jpg)


 No.11240

File: 1490492169101.jpg (32.35 KB, 696x392, chinese-indie-devs-hit-ste….jpg)


 No.11254

File: 1490565766338-0.jpg (1.07 MB, 1920x2560, CAM00285.jpg)

File: 1490565766338-1.png (300.91 KB, 900x563, Happy Kyouko.png)

FINALMENTE ADQUIRI THE LEGEND OF ZELDA: BERAFU OF THE WAIRADO!

 No.11312

File: 1490806048984.jpg (126.63 KB, 655x317, p5.jpg)


 No.11316

P5 podia vazar logo.

 No.11511

File: 1491865051948.png (750.64 KB, 983x572, beta.png)

Idea Factory abriu a seleção para se registrar como Beta Tester de Superdimension Neptunia vs Sega Hardgirls para Steam:

http://ideafintl.com/beta.php

Já somos beta, só falta ser tester.

 No.11512

>>11511
Não passei em nenhum beta test até agora, cheguei a conclusão que não interessa testar meu hardware para eles.

 No.11513

>>11512
É a primeira vez que vou tentar com este PC novo. O único beta testing que eu já participei foi um de Ragnarok Online há décadas atrás.

 No.11558

Yoru no nai kuni 2 para console da Nintendo? O que a foda?

 No.11565

Omega Quintet será portado para a STEAM. Dizem que este jogo é ruim, mas eu vou comprar porque eu weeaboo. Pelo visto os "exclusivos" de PS4 japoneses não serão mais tão exclusivos assim. Para mim a cada dia que passa a vontade de comprar um PS4 está mais longe e a escolha de ter pego um PC novo parece mais e mais acertada.

http://gematsu.com/2017/04/omega-quintet-coming-pc-via-steam-2017

 No.11592

File: 1492190393972.jpg (692.53 KB, 616x800, AS_Aug302015_A01.jpg)

A KT está de parabéns. Mesmo um jogo lançado em fevereiro deste ano (Atelier Sophie) e já tendo lançado outros (Atelier Firis), eles ainda estão fixando problemas que foram encontrados por jogadores posteriormente e fazendo updates.

Update de ontem (13/04/17):
http://steamcommunity.com/games/527270/announcements/detail/236845278924628248

 No.11606

Tipo Lua anunciou o jogo de Destino/VAI para espertofone em inglês neste verão:

https://www.koi-nya.net/2017/04/15/juego-moviles-fate-grand-order-recibira-una-version-ingles-este-verano/

 No.11640

>>11606
Finalmente vou poder entender a lore dessa merda. Baixei uma vez mas sem entender nada não consegui ir em frente.

 No.11648

File: 1492475264402-0.jpg (135.93 KB, 1200x900, 5c6fef31e0accdb6d35e2ec2dc….jpg)

File: 1492475264402-1.jpg (226.58 KB, 640x400, pockygbaj.jpg)

File: 1492475264402-2.jpg (206.03 KB, 725x1024, wii 1.jpg)

/R/equesto indicações de jogos que tenham mikos como protagonistas ou que sejam personagens relevantes no jogo. Já joguei os títulos de Touhou, Kiki Kaikai (Pocky and Rocky) e Legend of Sayuki / Heavenly Guardian. Já havia pedido essa indicação anos atrás por aqui, mas acho que agora deve ter surgido mais jogos indies e alguns anões possam ter conhecido outras pérolas escondidas.

 No.11736

File: 1492922369487.jpg (86.87 KB, 500x548, 金剛型戦艦.jpg)

Hoje é o 4º aniversário de KanColle!

 No.11737

File: 1492946320446.gif (1.01 MB, 600x545, 2015-04-17-727931.gif)

>>11736
Eu achava que KanColle era um pouco mais velho que isso.

 No.11740

File: 1492962023610.jpg (440.6 KB, 707x1000, Zelda.(Breath.of.the.Wild)….jpg)

Venho jogando The Legend of Zelda: Breath of the Wild nos dois últimos feriados prolongados. :3

Posso dizer que toda a espera valeu a pena, estou amando o jogo, é como ver um sonho se tornando realidade. Até nos meus sonhos mais ambiciosos eu não imaginava que seria humanamente possível fazer um Zelda de mundo aberto tão bom. Estou com algumas dezenas de horas de jogo, porém como estou fazendo o máximo de conteúdo opcional, ainda falta muita coisa na main quest. Porém, irei escrever as minhas impressões até o momento e outras coisas aleatórias.

A história se passa em uma Hyrule que foi destruída um século atrás, com o ressurgimento de Ganon. Na época, a família real sabia das profecias de que Ganon ressurgiria, e a profecia dizia que o segredo para derrotar Ganon estava nas profundezas. Eles então iniciam excavações por Hyrule, e descobriram diversas invenções dos Sheikah (muito avançados tecnologicamente), de 10.000 anos atrás, que foram utilizadas para selar Ganon com sucesso naquela época.
Dentre as invenções, as principais eram os Guardians (aqueles bichos mecânicos que atiram laser pelo olho, que o Link enfrenta no primeiro trailer do Breath of the Wild) e as Divine Beasts, que pelo que eu entendi são espécies de "mechas" feitos com tecnologia Sheikah, que seriam pilotados por cada um dos quatro Champions da princesa Zelda, sendo cada Champion de uma raça diferente.
O plano era que o exército de Guardians e as Divine Beasts protegessem a princesa Zelda e o Link quando o Ganon ressurgisse, pois o Link, que era o capitão da guarda da princesa Zelda e único capaz de derrotar o Ganon, derrotasse ele.

Porém, quando o Ganon ressurgiu, ele conseguiu controlar os Guardians e as quatro Divine Beasts, destruindo o centro de Hyrule e ferindo o Link fatalmente. A princesa Zelda usou os poderes dela pra selar temporariamente o Ganon no castelo, como víamos nos trailers aquela névoa preta e roxa com olhos no castelo de Hyrule.

O jogo então se passa cem anos depois, quando o Link acorda no santuário que selaram ele para que ele se regenerasse, com a missão de matar o Ganon, que está quase se libertando.

 No.11741

File: 1492962071814.jpg (369.4 KB, 700x520, 0b666f8e2cdcbcd2eaf6b9242d….jpg)

A atmosfera do jogo passa essa sensação de "reino destruído que está começando a se reconstruir aos poucos". Conforme você vai viajando, encontra pelos cenários os sinais da Great Calamity (como é chamado o evento de um século atrás), como Guardians destruídos, muralhas, fortes e templos destruídos, dentre outras coisas. Porém também encontra vilarejos com as pessoas levando uma vida quase normal.

O mundo do jogo é extremamente vasto, tem MUITA coisa pra explorar, tem regiões inteiras que eu nem pisei ainda. E você se deslocar de um lugar para o outro pela primeira vez é uma verdadeira jornada, a sensação de vastidão é fantástica. E o mais incrível é que todos os lugares são únicos e dão a sensação de terem sido feitos à mão.

Os gráficos do jogo são literalmente os mais bonitos que eu já vi, é surreal o quão bonito o jogo é, cores extremamente vivas e vibrantes, física e efeitos visuais fantásticos. O character design dos personagens também é incrível, combinou perfeito com o clima do jogo, principalmente do Link e da princesa Zelda.

E o gameplay é aonde o jogo mais impressiona, tem tanta coisa pra fazer que chega a assustar. O jogo tem a main quest e as side-quests como a maioria dos RPGs de mundo aberto, e além disso tem diversos Shrines espalhados pelo mundo, que são quase sempre puzzles envolvendo raciocínio e física. Tem também torres em cada região que precisam ser escaladas para revelar o mapa daquela região.
Você também encontra pelo mundo "mini-puzzles" que ao serem concluídos revelam Koroks que te dão Korok Seeds pra expandir o seu inventário.
O Link pode coletar diversos alimentos e materiais pelo mundo, que servem para fazer comidas e elixirs com propriedades especiais. Você também pode mineirar para conseguir minérios e jóias preciosas, pegar lenha, etc.
Você também pode comprar uma casa, capturar e andar com cavalos e cachorros.

Tem também uma mecânica de tirar fotos de itens e inimigos pra ir completando o Hyrule Compendium, que pode ser entendido como uma espécie de Pokédex.

O combate e a dificuldade de exploração lembra em muitos aspectos a série Soulsborne, você pode ir pra qualquer lugar do mapa praticamente, mas algumas regiões tem criaturas muito mais fortes que não vão te deixar prosseguir se você não estiver preparado. Além disso, tem criaturas mais fortes e mini-bosses que dão trabalho para serem derrotados, mas que em compensação dropam itens valiosos.
O Link vai coletando sets de armas e armaduras com propriedades únicas, porém as armas, arcos e escudos quebram com o uso. Isso pode parecer estranho a princípio, mas fortalece a sensação de aventura e faz com que você sempre esteja trocando os seus armamentos e criando a necessidade de coletar recursos, ao invés de você fazer um item overpowered e usar ele o jogo todo.

Tem mecânicas de stealth, que se você se aproximar de um inimigo sorrateiramente, pode dar um golpe que causa muito dano e que mata ele com um golpe ou algo próximo disso, dependendo do inimigo e da sua arma. Tem outra mecânica que se você esquivar de um golpe do inimigo no momento certo, o jogo fica em câmera lenta e você pode dar diversos golpes rápidos no inimigo. Algo parecido acontece quando você salta do cavalo ou de um lugar alto e usa o arco-e-flecha, o jogo fica em câmera lenta e você pode soltar várias flechas.

O jogo também faz um bom uso do GamePad, você pode mirar nas coisas usando o giroscópio do GamePad, como quando você quer lançar flechas, arremeçar armas, tirar fotos ou marcar pontos importantes no mapa usando o "binóculo". Muitos shrines também usam o GamePad para os puzzles, como um que você controla uma plataforma inclinando o GamePad pra mover uma esfera de metal, e outro que você vai girando umas plataformas pra criar caminho, da mesma forma.

Enfim, a Nintendo e a Monolith Soft criaram uma verdadeira obra prima transcendental como apenas eles conseguem fazer, apesar de estar ansioso para ver as partes finais da história, estou jogando com calma pois quero fazer o máximo de conteúdo dessa obra prima e sentir que tudo foi parte integral da história.

 No.11743

File: 1492964688277.jpg (3.45 MB, 3500x5000, ANIME-PICTURES.NET_-_51358….jpg)

Ninguém jogando Persona 5 e o GOTY 2017 e Nier Automata? Completei o Automata na semana passada 60 horas de jogo e estou com mais de 50 horas no Persona 5.

Posto impressões quando chegar em casa.

 No.11747

File: 1492969523234.jpg (102.86 KB, 900x900, C2TIydMVIAQeDSW.jpg)

>>11743
Estou jogando Nier, anão. Estou jogando novamente para tentar completar 100%, mesmo com bugs no PC valeu à pena comprar, o final é extremamente lindo. Ainda preciso completar Gravity Rush 1 e começar a jogar o 2, ainda mais agora que descobri que você pode conseguir a roupa da 2B para a Kat.

>>11740
>>11741

Só conheço Zelda do gameboy color, o Seasons, conheço um pouco a história, mas bem por cima. Vocês parecem conhecer mais podem me tirar uma dúvida? Afinal, o Link tem um caso com a Mipha ou é só amor não correspondido dela? Não consigo imaginar ele e a Zelda juntos, está mais para um relacionamento Cavaleiro e Princesa do que outra coisa.

 No.11751

File: 1492974307432.jpg (10.25 KB, 300x330, Lapis_graduado_Koh-i-noor_….jpg)

>>11743
>>11747
Quando cair o preço eu compro o Nier Automata, a não ser que Atelier Firis fique em promoção também, então acho que a preferência vai para Atelier Firis. Mas estou a fim de jogar esse Nier novo.

 No.11753

File: 1492977779242.jpg (139.04 KB, 1023x586, 1492967658575.jpg)

>>11743
Terminei hoje Persona 5 com 120 horas de gameplay e ainda acho que não aproveitei completamente o jogo.

Sem sombra de dúvidas um dos melhores JRPGs já feitos, esses quase 8 anos de espera por um sequência valeram muito a pena.

 No.11754

File: 1492977818582.jpg (159.48 KB, 1441x2048, IMG_20170315_110146.jpg)

>>11747
>mesmo com bugs no PC valeu à pena comprar
FAR resolveu 90% dos problemas do port, então consegui jogar tranquilamente.

> o final é extremamente lindo

Sim, o Ending E foi uma das coisas mais lindas que já vi na vida. Final justíssimo, emocionante e único. Quando pedi ajuda pra outro jogador e o coro entrou na música eu não me aguentei. Lágrimas caíram sem fim. Foi algo tão simples, mas tão emocionante e impactante…

Se o começo do Ending C já deixou claro que eu estava jogando o GOTY 2017 independente do que falem, o Ending E fez com que Nier Automata se tornasse meu top 1 de todos os tempos. O conjunto da obra é simplesmente perfeito. Entretém, emociona, brinca com os sentidos do jogador, sem ter medo de ser um vídeo jogo e sem se importar com rótulos…

Eu só fiquei chateado por não terem falado mais sobre Emil, e o que aconteceu com ele depois que desapareceu no meio da guerra contra os alienígenas, mas vendo as possibilidades infinitas que o Ending D criaria, não me surpreenderia se ele fosse a figura principal de uma possível sequência.

 No.11755

File: 1492979237097.jpg (272.44 KB, 1024x1604, persona_5___hifumi_togo_by….jpg)

>>11753
>Sem sombra de dúvidas um dos melhores JRPGs já feitos, esses quase 8 anos de espera por um sequência valeram muito a pena.

Concordo com número, gênero e grau. Conseguiram reformar uma fórmula já defasada e transformaram em algo divertido, dinâmico e rápido. Os palácios são muito criativos e gostosos de explorar, os Confidants agora fazem muito sentido, pois dão bônus importantes no combate e no dia a dia do jogo, ao invés de ser apenas gordura pra aumentar o tempo de jogo, e a história toca em temas delicados, ao invés de tentar ser só mais um jogo sobre adolescentes justiceiros.

Único porém é que o jogo não larga a sua mão. Se não está ensinando algo, está restringindo sua liberdade. Atualmente estou no palácio do pai da Haru e simplesmente o jogo me tirou quase 10 dias de jogo em prol de um draminha sem sentido. Isso sem contar as constantes cobranças via SMS, diálogos e afins, pra tu ir pra algum palácio ou pra fazer requests no Mementos.

Mas apesar dos pesares, estou me sentindo nos tempos áureos de PS2, onde eu passava a tarde inteira jogando, com um sorriso bobo na cara, explorando tudo que o jogo tem a oferecer.

Also, Hifumi melhor garota.

 No.11756

>>11754
Eu instalei esse patch, mas nãos sei se ele resolveu ou não, para mim ainda continua a mesma coisa, fullscreen e cutscenes bugados. Talvez eu devesse ter ficado com a versão do PS4, mas o que me mata é o preço dele ser caro e os futuros DLCs também não serão baratos comparados ao do PC.

Eu achei que os meus dados seriam passados para um outro jogados aleatoriamente, eles ficaram dentro de um boneco jogado no mapa para alguém pegar ou coisa assim. Não regreto ter apagado meu jogo. Mas não achei tão original essa parte, o mesmo acontece no Nier do PS3 você se sacrifica para salvar uma menina, e é esse final que é a continuação do Automata.

Faz uns 3 meses, mas também terminei Tales of Berseria, gostei muito mais desse do que o Zestiria, espero muito que haja uma adaptação para o anime dele.

 No.11757

>>11756
Não falo do fato de deletar o save, já que como você mesmo disse, isso já aconteceu no Gestalt pra salvar a Kaineé. Digo mais pelo fato de tudo o que o Ending E culmina os jogadores sendo representados pelos bots, que estão atendendo o desejo da 2B de destruir seus criadores. Toda a ideia de coletividade foi muito linda, anda mais pelo fato do jogo mostrar o nome dos jogadores, a mensagem escolhida e de que país são.

Also, Taro Yoko não mentiu ao dizer que o desfecho do Automata seria feliz Hue.

 No.11758

File: 1492981736072.jpg (51.54 KB, 960x720, 1492979863108.jpg)

>>11755
Esse Palace é de longe o pior do jogo, sinto que houve uma crise de criatividade na hora de projetar ela e fizeram da forma mais genérica possível. Ao menos próximo Palace é o melhor.

Eu também senti a mesma coisa, faziam anos que eu não me divertia tanto quanto me diverti com Persona 5. Pretendo começar logo um NG+ jogando no Merciless mas no mesmo ritmo de uma campanha normal.

Aliás, a Hifumi era para ser originalmente uma personagem jogável mas foi cortada e reduzida para Confidant pois acabaria ficando muito longo, esse é um dos rascunhos de como seria a roupa dela dentro do Metaverse.

 No.11759

>>11758
Não que eu não tenha curtido o Palácio. Até achei o design legal apesar desse Dungeon só ter se tornado realmente legal quando chegou no trecho com as air locks, mas fizeram muito drama em cima do corporativismo de uma multi nacional. Até a cena onde mostra os robôs quebrados se transformando em combustível pra fábrica foi muito superficial.

E caramba, fiquei triste pela Hifumi agora. Seria uma excelente party member ;-;. Foi um dos Confidants mais legais do jogo, só pelo jeito calmo dela falar e pela forma viajada que ela joga shogi hue.

 No.11767

File: 1493000632505.jpg (167.41 KB, 640x905, 1492931525095.jpg)

>>11756
>>11754
>>11751
>>11747
>>11743
Parece que hoje foi o primeiro dia do concerto de Nier lá no Japão e parece que falaram algumas coisas sobre o final. No final E, 9S é o único que não acorda.

 No.11769

>>11767
Interessante. Seria algo relacionado ao Ending D, onde é lhe dada uma escolha sobre mandar as memórias e o subconsciente do 9S pra dentro da arca que foi lançada ao espaço pela Network AI?

Se o Ending D for considerado o final canônico do Automata, possibilidades infinitas virão! Ou espero que expliquem o que aconteceu com o Emil original, já que só existem clones na terra e expliquem o que realmente existe na Lua, pois não creio que a Network AI se daria ao trabalho de destruir um mero banco de dados com informações e materiais genéticos da raça humana, levando em consideração que a Yonah era o único ser humano puro na Terra, por ser a única que teve sua alma restaurada ao corpo.

À cada informação nova eu fico mais e mais animado!

 No.11877

File: 1493595786694.jpg (160.08 KB, 1280x720, Frog Scene.jpg)

>>11747
>Só conheço Zelda do gameboy color, o Seasons, conheço um pouco a história, mas bem por cima. Vocês parecem conhecer mais podem me tirar uma dúvida? Afinal, o Link tem um caso com a Mipha ou é só amor não correspondido dela? Não consigo imaginar ele e a Zelda juntos, está mais para um relacionamento Cavaleiro e Princesa do que outra coisa.

Não cheguei ainda na parte da Mipha, mas é muito comum na série Zelda que diversas garotas gostem do Link, sem serem correspondidas.

Nunca foi esclarecido oficialmente o relacionamento do Link com a Zelda, mas eu gosto de imaginar que eles ficam juntos depois dos jogos e que as almas deles estão destinadas um ao outro.

Apesar de achar interessante a ideia de alguma encarnação trágica que não permitiu que eles ficassem juntos.

No Breath of the Wild eu acho que eles tem uma química muito boa, eles se passam fácil por irmãos mas ao mesmo tempo combinam muito.

 No.11879

>>11877
>>11747 aqui.



Já completei todas minhas memórias e as 4 feras divinas. Não sei se vou em direção ao castelo ou se passeio mais pelo mapa, talvez eu deva passear para melhorar meus equipamentos e achar mais 3 fadas que faltam. E eu ainda não consigo ver o casal Link e Zelda, ok eles tem um relacionamento próximo, mas acho que no máximo rola uma amizade e o senso de justiça dele para proteger a princesa, há mais desenvolvimento entre Mipha e Link que aparentemente são amigos de infância do que a Zelda. E também, a dublagem japonesa é muito boa, pena que não é possível deixar ela ativada com as legendas em inglês, não que as americanas tenham ficado ruins, mas ouvir a Zelda com sotaque britânico enquanto todos os outros não tem é estranho, sendo que nem na versão japonesa ela tem sotaque.


Eu achei o nível do jogo ok, talvez eu teste o modo hard quando sair, mas até agora o maior desafio que eu tive foi a luta contra Lynels, ainda me lembro do calor da primeira batalha que tive com um deles, foi justamente para pegar as flechas de choque para enfrentar a primeira fera divina, nunca me senti tão empolgado e tão aliviado por derrotar um inimigo antes. Gosto do estilo do jogo, não é seu lvl que importa, é a sua experiência com a mecânica do jogo e os equipamentos que você tem que conta. Todos meus amigos que tem o jogo sempre me falaram que preferem evitar por achar muito difícil, eu sempre que vejo um saio correndo para cima porque sei que o desafio será gostoso e compensador, nem os bosses que existem trouxeram tanto desafio quando um Lynel.

 No.11894

File: 1493672447545-0.jpg (240.6 KB, 1632x918, nights-azure-ps483.jpg)

File: 1493672447545-1.jpg (379.87 KB, 1632x918, nights-azure-ps430.jpg)

File: 1493672447545-2.jpg (111.63 KB, 1024x576, Nights-of-Azure---screensh….jpg)

Eu havia comprado o Yoru no Nai Kuni junto com o Atelier Sophie na promoção da Steam logo que saiu, mas só fui jogar ele de fato essa semana. Terminei ele hoje, fiz umas 30 e tantas horas. Adorei o jogo, me surpreendeu positivamente. Muita gente havia falado que o jogo tinha muitas falhas e repetitivo, mas eu achei excelente.

No início parece que vai ter poucas coisas além de um button smash, já esperava por algo como Drakengard e Nier, mas conforme novas opções iam abrindo o jogo ficava cada vez mais interessante. Eu adoro ficar aumentando os atributos dos meus personagens e programando o leveling, então os sistemas de compra de skills deste jogo foram um prato cheio para mim. No primeiro post-game o jogo fica mais difícil, com oponentes bem mais fortes e chefes extras desafiantes. Ao longo do jogo normal morri poucas vezes, mas no último chefe e no post-game morri várias. Tive que ir alterando a estratégia e aprendendo os padrões de golpes dos inimigos, não adiantava só descer o sarrafo no final.

O sistema de servants é bem interessante. São raros os jogos que se pode coletar monstros para o seu time e que são bem executados. Muitas vezes em RPGs podemos capturar monstros mas eles ficam bem mais fracos que os personagens humanoides, mas aqui eles possuem um papel fundamental. No início do jogo parecem que vão ser quase como o Donald e o Goofy em Kingdom Hearts II, mas quando o jogo começa a ficar mais complexo eles se tornam muito importantes.

A arte do jogo foi magnífica, mas isso eu já esperava da Gust. Deu para notar um salto dos jogos de PS3 para este de PC/PS4, com detalhes bem mais polidos que os jogos anteriores. Em vários cenários até o chão era todo desenhado, coloquei o filtro anisotrópico para trabalhar e o resultado foi estupendo. O contato entre as personagens ficou muito bom (em várias cenas elas se dão as mãos, tocam uma na outra, se abraçam, etc), tomaram cuidado para os modelos 3D não se atravessarem. E tudo em 60 FPS lisos sem slowdowns. O design de todos os personagens ficou muito bom, principalmente as transformações da Arnice e a last boss que eram cheio de detalhes. A expressão dos personagens também vem progredindo muito de jogo para jogo da Gust, neste eles ficaram muito bons. E as músicas ficaram 10/10, conseguiram fazer algo bem diferente das que conhecemos na série Atelier mas mantiveram a excelente qualidade da Gust.

A história em si não tem nada demais, mas o enredo foi muito bom. Como era de se esperar de um título japonês, há várias cenas de comédia mesmo em um enredo mais sério, porém mantiveram o timing muito bem. A relação da Arnice e da Lilisu foi bem desenvolvida, até tem uns textos extras do passado delas que podemos ir lendo conforme progredimos na história. A cena do altar e da dança depois foi muito romântica, a relação delas foi bem tratada e sem fanservice exagerado (normalmente se pensa "lésbicas, então vão ficar se pegando", mas não teve nada disso), foi bem natural. Gostei muito da Chris também, no início ela não aparece muito, mas no post-game tem bastante espaço.

O jogo é excelente. Recomendo para quem gosta de hack n' slash com elementos de RPG. O enredo contém um certo yuri, que não é forçado, mas quem não quiser ver imagine elas como apenas boas amigas. Apesar de ser feito pela Gust não tem nada a ver com a série Atelier ou Ar tonelico, é totalmente diferente, a única coisa em comum é o capricho e excelente direção.

 No.11897

File: 1493681109937.png (450.23 KB, 492x734, 1374456883857.png)

>>11879
Eu sempre vejo os dois como casal. :3

Se você só jogou o Seasons além do Breath of the Wild, recomendo muito jogar os demais, principalmente se você for como eu que consegue apreciar jogos de diferentes épocas. Sem querer dar spoiler, mas no Ocarina of Time várias garotas gostam do Link, inclusive princesa dos Zora (Ruto) fala de casar com o Link quando eles crescerem.

Also, eu estou gostando da dublagem americana, comecei a gostar de sotaque britânico no Xenoblade Chronicles.

E é verdade, também gosto muito disso do level não importar, basicamente o jogo tem toda a parte boa de um action RPG, mas sem o aspecto de grind que muitas vezes tira a graça e dificuldade do jogo.

 No.11918

File: 1493771982565.jpg (74.48 KB, 1280x720, maxresdefault.jpg)

Boa noite anões, aparentemente há uma promoção de agora até dia 9/5 da Golden Week na PStore e estou decidindo quais jogos devo comprar. Segue o link:
https://store.playstation.com/#!/pt-br/ps4-deals/cid=STORE-MSF77008-GOLDENWEEKPS4G


Meu primeiro salário chega esta semana e estou disposto a comprar algumas coisas na próxima sexta-feira (quando ele deve cair), minha cota de entreterimento por mês (estipulada por eu próprio) é de 1000 reais (o que daria para comprar tudo que pretendo na promoção, mas não o farei pois tenho certeza que não devo jogar por agora).

Alguma indicação séria?

Estou pensando em algum destes e gostaria que me ajudassem a decidir:
- Nier Automata
- Tales of Berseria
- Atelier Sophie
- Senran Kagura
- Blazblue (qual?)
- Final Fantasy XV

Por favor levem em consideração o preço externo (principalmente Mercado Livre mídia física) ou possibilidades de sair uma promoção melhor em um futuro próximo (como exemplo eu já comprei FFF e Neptunia que estão na promoção com um desconto menor que o que estão oferecendo agora).

Acho que Atelier vai, pois 40%(+20=60%) de desconto é muito atrativo.

 No.11919

>>11918

Compre Nier e Senran, só.

Blazblue só compre se curtir bastante jogo de luta e o resto

 No.11920

>>11919

>e o resto deixe pra depois.

 No.11921

File: 1493775048493.png (600.64 KB, 1000x1000, 4446652.png)

>>11918
Nier Automata só via ML ou importando, pois todas as cópias prensadas no Brasil estão com problemas. Houve recal, mas vai ser o mesmo caso do Gravity Rush 2, que nunca mais voltou pras prateleiras brbr.

Mas bem, vamos lá. Eu recomendaria somente o goty 2017 Nier Automata, Digimon Story: Cyber Sleuth e Persona 5 por que não está em sua lista? de imediato, e incluiria Gravity Rush 2 e pra futuramente. O resto dá pra esperar por uma sale, por serem jogos que já estão no mercado há algum tempo.

Blazblue é complicado. Lançam mil versões diferentes do jogo, com algumas adições bobas, então fica difícil de falar qual que tu deva pegar. Até então o Continuum Shift Extend contava o que acontecia no Calamity Trigger, que é o primeiro da franquia, mas não sei se o mesmo ocorre no Chronophantasma e no Central Fiction.

De resto, eu nem sei o que te indicar mais. Se sua lista é tão vaga, creio que já deva ter jogado o principal.

 No.11936

>>11921
Até onde sei, Nier está já na segunda leva. Mas mesmo assim não arriscaria em comprar.

>>11918
Recomendo Tales of Berseria, é uma delicia de gameplay e a história também é interessante.

Fora isso, já viram o novo Dark Souls com waifus?

 No.11937

>>11919
>Senran
>não sendo a versão do switch

Esses filhos da puta sabem como atrair o público otaku. Nunca me interessei pelo jogo, mas essa "tecnologia" me interessa, nunca testei os meus joycons para saber o nível de sensibilidade, mas dizem ser muito realista.

 No.11942

Não é japonês mas tem o traço estilo anime. Eles melhoraram mais o sprite da Lily, ficou mais bonitinha. Até o jogo ser lançado vai ficar muito mais polido. Para quem é fã de metroidvanias este jogo vai ser excelente. Tenho expectativas altas, espero algo como Momodora.

https://www.kickstarter.com/projects/duckblockgames/forsaken-castle

http://www.siliconera.com/2017/05/02/castlevania-gets-little-cuter-forsaken-castle/

 No.11945

>>11942
Não sei anão, eu achei uma cópia muito mal feita de castlevania. Igual um outro jogo que fizeram com umas personagens de Touhou, copiaram na cara dura as animações do Alucard.

Estou procurando por algo estilo Momodora, é inspirado em castlevania, mas não É um castlevania.

 No.11946

File: 1493926129673.png (567.32 KB, 680x383, cf22c3911cddf54e669aa7ddec….png)

>>11945


Não curti muito também, achei bem copiado.

Eu estou esperando o Bloodstained que é do mesmo criador de Castelvania: https://www.kickstarter.com/projects/iga/bloodstained-ritual-of-the-night

 No.11947

>>11946

>Castlevania


fix'ed

 No.11984

>>11921
Comprarei o Nier digitalmente. Sobre os outros jogos, pretendo pegar eles em um futuro.

Agradeço pelas dicas anões, elas não serão desconsideradas (apenas postergadas).

 No.11999

>>11984
Aqui, acabei de testar Nier Automata, gostei do que vi até agora, acho que valeu meus suados shekels.

 No.12000

File: 1494114152176-0.jpg (61.99 KB, 320x240, 100% Super Mario 3d Land.jpg)

File: 1494114152176-1.gif (177.28 KB, 203x249, 1482358722372.gif)

Fiz literalmente 100% no Super Mario 3d Land!

>venci todas as fases com o Mario e com o Luigi, tanto nos mundos normais quanto nos especiais

>peguei todas as Star Coins
>toquei o topo da bandeira em todas as fases
>nunca vi a Invincibility Leaf, isto é, morri menos de 5 vezes em cada fase dos mundos normais
>venci a verdadeira última fase, que só abre depois de fazer todas as coisas acima (exceto a parte da Invincibility Leaf). Ela é difícil pra caramba

Você só pega cinco estrelas brilhantes com esse requisito da Invincibility Leaf, caso contrário são cinco estrelas normais.

Postem provas que vocês não são completos casuais em jogos japoneses. Alternativamente, postem sobre platformers da Nintendo.

 No.12004

File: 1494123517338-0.jpg (41.27 KB, 283x480, 182935_front.jpg)

File: 1494123517338-1.jpg (16.66 KB, 480x360, hqdefault.jpg)

File: 1494123517338-2.jpg (90.96 KB, 800x1167, full.jpg)

File: 1494123517338-3.jpg (112.25 KB, 1280x720, maxresdefault.jpg)

Estou tentando novamente jogar o Weiss Schwarz para PSP, dessa vez sei um pouco de japonês e as regras do cardgame. Agora consegui progredir um pouco mais no jogo e venci minha primeira batalha. Gostei bastante de que o jogo tem as Climax animadas, e as seiyuus das personagens falam quando usamos suas cartas no jogo, isso ficou muito bom. Sabendo bem as regras do jogo de cartas e conhecendo os padrões não é difícil entender o que as cartas fazem, e algumas estão com muitos hiraganas e katakanas nas descrições, então fica fácil ler.

O jogo é dividido em duas partes: VN e card game. A parte do card game é a principal, segue as mesmas regras reais do jogo e tem mais de mil cartas disponíveis de várias franquias. A parte de VN é uma historinha do MC que foi transferido de escola e lá ocorrem vários torneios de Weiss Schwarz, mas eles jogam "em dupla" de um garoto e uma garota, então o MC tem que ficar com uma boa afinidade com uma garota que será sua dupla. Em cada batalha pode-se optar qual será a garota que lhe acompanhará, então ela dá dicas e "narra" o jogo falando as phases e jogadas. Tem um medidor de corações na parte de VN que vai subindo conforme decisões do jogador e eventos que ele vai vendo e abrindo, como em um dating sim. No meu caso acabei gostando mais da Minami (essa de rabo de cavalo), ela é muito bonita e sua seiyuu é a Miyuki Sawashiro (minha seiyuu favorita).

É um jogo interessante para quem gosta do jogo de cartas, mas precisa saber ler kanas e alguns kanjis básicos, além de saber as regras gerais do cardgame, se não ficará perdido no jogo.

 No.12041

>>12004
Se alguém mais quiser se aventurar no jogo este site é muito bom para ler os textos das cartas em inglês:

https://littleakiba.com/tcg/weiss-schwarz/

Mas o jogo é bem simples. Entendendo os hiraganas e katakanas dá para se virar bem.

 No.12107

File: 1494642541881.png (584.1 KB, 1273x673, 15124125251262.png)

Alguém já terminou Zelda Botw?

Acabei de fechar o jogo, ainda falta muita coisa para fazer, mas fiz o principal, me equipei com meu melhor equipamento e fui enfrentar o Ganon. Confesso que fiquei chateado um pouco, ele é bem fácil de derrotar ou eu que consegui aprender a jogar bem, mesmo assim, ainda acho os Lynels mais desafiadores do que o Ganon ou qualquer outro inimigo no jogo. Agora? Eu vou voltar a explorar o jogo, mas fiquei triste por não continuar depois que salvamos a Zelda. Ela poderia ter dito algo como "Agora eu quero ver o reino com meus próprios olhos, você me guiaria, Link?" E voltamos a jogar com a companhia dela.

Eu estou pensando seriamente em comprar a DLC, mas quero esperar até a próxima sair para ver se compensa mesmo ter ela.

 No.12185

File: 1494896653405.jpg (112.35 KB, 943x404, melhores tags.jpg)

>essas recomendações baseadas nas tags
Meu gosto é deveras refinado.

 No.12186

File: 1494897027516.jpg (69.62 KB, 960x960, ochinchin automata.jpg)

Achievement unlocked.

 No.12434


 No.12441

File: 1496008219091-0.jpg (1.15 MB, 1200x1073, Donkey Kong Country Return….jpg)

File: 1496008219091-1.jpg (112.86 KB, 790x593, 1411677709037.jpg)

Acabei de terminar o Donkey Kong Country Returns 3D. Que delícia de platformer!

O plot do jogo é sobre a invasão da tribo Tiki na ilha do Donkey Kong. Eles começam a hipnotizar os animais e roubam todas as bananas da ilha. O Donkey Kong (que é imune a ser hipnotizado) descobre e com a ajuda do Diddy Kong, sai numa jornada pra vencer a tribo Tiki e recuperar as bananas. Pra conseguir isso, eles passam por diversos cenários, como selva, praia, ruínas, cavernas, floresta, penhasco, fábrica e vulcão (esses são os oito mundos).

A jogabilidade do jogo segue a essência dos jogos anteriores, porém com muito mais complexidade. O Donkey Kong pode bater no chão, rolar, assoprar, etc; e diversas dessas ações podem e devem ser usadas pra interagir com os cenários e inimigos. Diddy Kong tem um jetpack que permite que os dois planem por um período.

As boss fights ficaram muito melhores e mais complexas, nos DK anteriores costumavam ser um pouco simplórias, já nesse você realmente tem que aprender o padrão de ataque dos chefes pra vencê-los.

O level design então é uma obra prima, dá pra perceber que tudo foi pensado minuciosamente, eu diria que é o Dark Souls dos platformers da Nintendo. O jogo realmente requer muita habilidade, principalmente se você jogar no Normal Mode, que é o que eu joguei, e não no New Mode que tem várias mecânicas casualizadas.

Os gráficos ficaram belíssimos, o jogo é bonito como um todo e mesmo em momentos avançados do jogo, tem vários momentos que você se impressiona com alguma cena.

Joguei a trilogia clássica inteira de SNES e o Jungle Beat no final de 2015, comprei o Donkey Kong Country Returns 3D no ano passado, tinha jogado só até o começo do segundo mundo e não tinha gostado. Fui jogar de novo esse ano e não consegui largar o jogo, impressionante como a experiência pode mudar totalmente de acordo com o momento. Acho que uma coisa que me permitiu apreciar melhor foi ter feito 100% no Super Mario 3d Land, assim minhas habilidades com platformers estão bem mais avançadas.

Peguei as letras KONG em todas as fases, agora falta vencer o Golden Temple (abre quando você vence todos os K-Levels, que são fases especiais), e o Cloud World, que é um mundo bônus adicionado na versão de 3DS (o jogo foi lançado originalmente para Wii).

Ansioso para jogar o Donkey Kong Country: Tropical Freeze daqui alguns meses.

Sou o >>12000, a propósito.

 No.12442

>>12441 aqui.

A propósito, ultimamente venho gostando muito de jogar no meu 3DS, é muito confortável e prático jogar em portátil. Acho que agora eu entendo porque portáteis fazem mais sucesso no Japão do que PCs e consoles de mesa.

E os jogos são fantásticos, não teve um jogo de 3DS que eu comprei e não gostei, todos são diversão pura que rende dezenas de horas de gameplay.

Tem um colega meu que tem um PS Vita, joguei um pouco e também vi ele jogar, e achei o hardware e gráficos bons. No caso, ele tem jogos originais em mídia física e digital, mas destravou pra jogar jogos de SNES/GBA/Mega Drive, etc.

Isso me fez lembrar que tem alguns jogos de PS Vita e PSP que eu queria jogar e nunca joguei, até fiquei com vontade de pegar um, mas eu queria aproveitar os jogos de PSP também. Tem como fazer tudo no Vita, jogar jogos de PS Vita, PSP e de preferência emular PSX e GBA?

 No.12443

File: 1496015487146.png (923.15 KB, 986x672, 1376358190835.png)

>>12441
Tropical Freeze é melhor que Returns em todos os aspectos. Não deixe de jogar esta maravilha, anão.

 No.12444

File: 1496019421945.png (49.05 KB, 646x318, ne co pa ra.png)


 No.12466

File: 1496142585663.jpg (85.74 KB, 600x337, Atelier-20th-Ann-Presentat….jpg)

Já estou hypado para o anúncio. Imagino que seja o novo Atelier que vai finalizar a trilogia atual. Como são os 20 anos da série Atelier imagino que mais algo vem por aí. Um remake do primeiro jogo seria excelente.

http://gematsu.com/2017/05/atelier-20th-anniversary-presentation-set-june-7-new-title-announcement-teased

 No.12552

File: 1496605087909-0.jpg (196.95 KB, 400x240, 100% DKCR 3D.jpg)

File: 1496605087909-1.gif (2.03 MB, 335x360, 1496514736860.gif)

>>12441 aqui. Fiz 100% agora no Donkey Kong Country Returns 3D. Venci o Cloud World e o Golden Temple.

Não achei as fases difíceis em si se comparadas com as fases normais do jogo, apenas mais longas. Como elas não tem as letras KONG, fica mais tranquilo.

Já o Golden Temple eu achei bem desafiador, principalmente naquela parte que tem uns pilares que ficam balançando, e que quando você pisa nas frutas em cima deles elas explodem. Ou então naquela parte que ficam caindo umas laranjas gigantes e você tem que pular nas plataformas minúsculas e nas bananas rodando.

Venci a fase só com Donkey Kong, sem o Diddy Kong ou suco de banana dourado. Não foi tão difícil como a verdadeira última fase do Super Mario 3d Land mas foi bem desafiadora.

Uma coisa que eu fiquei pensando é sobre a hidden lore do jogo, até procurei na internet e não achei nada. Uma coisa estranha é que no Cloud World, na fase da fábrica conforme o jogador interage com o cenário ele vai montando uma espécie de "mecha". Quando você chega no final da fase percebe que o mecha tem a mesma aparência do Donkey Kong, e quando você ativa, ele te ajuda destruindo os inimigos. Será que os Kongs criaram uma tecnologia secreta de guerra e protegeram com os Orbs?

E os Tiki aparecendo do além no Golden Temple? Será que eles são criaturas sobrenaturais?

A minha teoria é que o Golden Temple é o paraíso dos Kongs, eles mantiveram em segredo e apenas algumas poucas pessoas sabem sobre ele, como Cranky Kong. Eles esconderam o portal pro paraíso e espalharam os Orbs que o abrem pelos templos da ilha, com diversas armadilhas mortais. Também criaram mechas de guerra com a mais avançada tecnologia Kong.

Os Tiki são criaturas sobrenaturais que querem invadir o paraíso dos Kong, e o jogo na verdade é uma jornada pra derrotá-los e proteger o paraíso.

Porque os desenvolvedores não colocam as coisas no jogo em vão, ainda mais em um jogo para crianças.

Claro, isso tudo é uma teoria. A Game Theory.

>>12443
Vou fazer isso, anão, já até comprei o jogo por um preço em conta. Se for melhor que o Returns em tudo, então vai ser uma delícia completa, pois gostei muito do Returns.

Fiquei animado com o David Wise ter feito a trilha sonora do Tropical Freeze, uma coisa que poderia ser melhor no Returns é a trilha sonora, ela não se destaca nem um pouco, principalmente se comparada com a trilha sonora GOAT da trilogia de SNES.

 No.12553

Also, baixei a demo do Yoshi's Woolly World pra 3DS.

Não é um jogo que estava no meu radar mas me surpreendi com a demo, os gráficos ficaram muito bonitos no 3DS e a jogabilidade é bem divertida.

A trilha sonora me surpreendeu, muito comfy, só que me bugou porque ao mesmo tempo que o jogo é feliz me lembrou a trilha sonora de Katawa Shoujo.

Só fiquei meio em dúvida porque eu vi que o jogo tem uma interação forte com amiibos, aí não sei se teria uma experiência satisfatória sem comprar amiibos. Também fiquei em dúvida entre a versão de Wii U e 3DS, não sei se a versão de Wii U tem tudo que a de 3DS tem.

 No.12567

>Koei Tecmo
>Atelier Online (アトリエオンライン)
>Bureseiru no Renkinjutsushi (プレセイルの錬金術士)

http://gematsu.com/2017/06/japanese-trademarks-atelier-online-alchemist-braceir-koei-tecmo-save-earth-sony

http://www.siliconera.com/2017/06/06/atelier-online-trademarked-koei-tecmo-wander-arts-square-enix/

http://blog.hokanko-alt.com/archives/51436401.html

Vídeo parcialmente relatado, é um evento dos 20 anos de Atelier, vai ser hoje de noite/madrugada para quem mora no Brasil.

 No.12568

Blue Reflection no oeste para PC e PS4 em 26 de setembro. Já vou preparando minha carteira, sale de final de ano na Steam vai render.

http://gematsu.com/2017/06/blue-reflection-coming-west-ps4-pc-september-26-north-america-september-29-europe

http://www.siliconera.com/2017/06/06/blue-reflection-heading-west-september/

 No.12571

File: 1496782303118.jpg (1021.53 KB, 1920x1080, 969.jpg)

https://www.humblebundle.com/sekai-project-bundle

Iniciou hoje um bundle da Sekai Project no Humble Bundle.

 No.12572

File: 1496782900782.jpg (238.14 KB, 1000x1414, download_20170508_024949.jpg)

>>12571
Bundle fodido esse, hein. Uma caralhada de VNs por meros R$42~. Comprarei assim que meu cartão virar.

 No.12573

>>12567
>Bureseiru no Renkinjutsushi (プレセイルの錬金術士)
Detalhe que os sites ficam se copiando as notícias sem verificar as fontes e "romanjizaram" errado o nome do segundo jogo da Koei Tecmo, o primeiro errou e os outros só foram copiando. Não é "Bureseiru no Renkinjutsushi", é "PUreseiru". Já estavam chamando de "Atelier Braceir", hue. Ainda bem que eu sei ler um pouco de runas lunares. Lembrem-se, vocês viram primeiro aqui (ou no meu comentário no site de notícias).

 No.12575

File: 1496795955360-0.jpg (171.01 KB, 1200x600, DBpOUvMXkAEgwBp.jpg)

File: 1496795955360-1.gif (1.03 MB, 500x281, qezX1eU.gif)

FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK FUCK!

Não sei se eu fico com raiva ou se fico feliz.

Se for uma sequência pro Sun/Moon assim como Black & White 2 foram pro Black & White, eu vou ficar bem feliz. Agora se for o mesmo jogo apenas com algumas adições, como foi o Yellow pro Red/Blue, eu vou ficar com muita raiva.

Deveria ser ilegal lançar uma versão praticamente igual à anterior com apenas algumas modificações, ainda mais apenas seis meses desde o lançamento da original, e ainda cobrar o preço completo de $40. Está lesando quem comprou a versão anterior, pois fez a pessoa ter uma experiência incompleta e ainda tira o estimulo de jogar a Ultra Sun & Ultra Moon, já que em menos de um ano dificilmente a pessoa vai ter ânimo de re-jogar o mesmo jogo tudo de novo.

Also, se eu tivesse comprado um Switch achando que seria o console único da Nintendo estaria me sentindo um pouco traído, eu falei desde o começo que devia ter retrocompatibilidade com os jogos de Wii U ou pelo menos com os de 3DS, não fizeram isso e agora o Switch não roda o novo Pokémon, sendo que a proposta era ser uma plataforma integrada de console de mesa e portátil.

 No.12583

Atelier Online será para Android, IOS e PC. Sim, PC também (tem na descrição do vídeo da Gust no canal do Youtube).

http://gematsu.com/2017/06/atelier-online-announced-smartphones

http://www.siliconera.com/2017/06/07/atelier-onlines-teaser-trailer-shows-off-multiplayer-gathering-synthesis-battles/


E anunciaram também o terceiro jogo da trilogia Mistery, 『リディー&スールのアトリエ』- em romanji seria "Ridï to Süru no Atorie", talvez Atelier Lidy e Surl Alchemists of Misterious Painting. Ainda estou tentando entender o nome, talvez tenham feito algo como em "Escha to Logy" que formaria a palavra "Eschatology", mas não identifiquei qual palavra seria.

http://gematsu.com/2017/06/atelier-liddy-soeur-alchemists-mysterious-painting-announced

http://www.siliconera.com/2017/06/06/atelier-lidy-soeur-announced-newest-entry-series/

Só que deste novo Atelier só colocaram as sombras das duas protagonistas e falaram quem vai fazer o character design. Fora disso não comentaram mais nada.

 No.12588

>>12575
Já anunciaram que é o mesmo jogo, apenas com algumas coisas a mais.
Está mais pra DLC do que jogo novo.

 No.12589

>>12588

Eles são de fazer essa bosta mesmo, tipo como fizeram com Pokemon Crystal, Pokemon Platinum e por ai vai.

 No.12597

>>12588
>>12589
O que me deixa decepcionado é que eu achei que já tivéssemos superado isso, já que o último assim foi o Platinum de DS, e desde então todos os Pokémon foram inéditos ou remakes.

 No.12599

>>12597

Anão, estamos falando da Nintendo, que continua milkando as mesmas franquias a décadas. Ela não vai perder esse costume assim tão fácil.

 No.12612

>>12589
Fonte? No direct eu lembro de ouvir o contrário disso, nos sites só vejo coisas como:

While few details were offered, we do know a handful of things about these new Nintendo 3DS entries in the series. They will feature an alternate storyline.

 No.12613

File: 1497035667231.jpg (103.8 KB, 636x330, pokemon_generations_genera….jpg)

>>12612

Fonte do que? Que eles costumam lançar jogos que são exatamente a mesma coisa só que com um ou outro extra?
Só pegar e jogar Pokemon Yellow, Crystal, Platinum e etc. São exatamente os mesmos jogos só que com uma coisinha a mais, Yellow com o Pikachu e referencias ao anime, Crystal que dava a opção de jogar com uma garotinha(coisa que não tinha nos anteriores) e assim vai. Não sei qual seu intuito em questionar isso, mas é uma prática conhecida da Nintendo pra qualquer um que já teve um Game boy da vida.

 No.12620

>>12613
Você ao menos B2/W2? O jogo mais recente que citou aí já tem 9 anos.

 No.12621

File: 1497053842013.png (20.01 KB, 210x211, wat.png)

>>12620

E…? E como isso nega o fato que eles tinham tal costume?

Nada disso nega o fato que a Nintendo realmente teve o costume de lançar jogos idênticos só que com uma coisa a mais que os anteriores, por mais que você não queira acreditar ou aceitar.
Além disso, o fato de terem lançado o B2/W2 ao invés de seguirem a "tradição" não impede de voltarem com ela, isso não justifica e nem prova nada. Eles podem muito bem voltarem a fazer isso, seja agora ou futuramente.

 No.12638

File: 1497069642217.jpg (469.15 KB, 1600x1200, original.jpg)


 No.12639

Sem briguinhas, por favor.

 No.12641

>>12621
>>12613
Perdão, no meu post >>12612 quotei incorretamente o >>12588. Não que isso te dê passe livre para bostejar aqui.

 No.12642

>>12638

Caralho, anão. Você é o cúmulo do fanboy autista.

>>12639

Deixe os anões discutirem um pouco, mod.
Apesar que nem vale mais a pena mais neste ponto.

 No.12645

>>12642
Todo nintendista acaba assim em algum ponto, sem capacidade de admitir que joga remakes dos mesmos jogos há 20 anos.

 No.12659

File: 1497124933834.png (221.19 KB, 476x480, caterpie.png)

Eu sinto uma inveja tremenda de vocês já que vários aqui sabem ler runar lunares. Eu tenho 30 anos, sou um fracassado completo na vida e ainda não aprendi as tais runas. Acho que vou criar coragem e começar a aprender, quem sabe daqui 5 anos eu consigo saber alguma coisa.

Eu não tenho vontade de fazer parte do mundo exterior mais, este imageboard é a Mecca virtual para todos nós e eu sinto que devo passar mais tempo aqui. Aqui é o melhor lugar da internet brasileira, com as melhores pessoas e o melhor conteúdo. Espero aprender as tais runas e poder consumir as melhores coisas do mundo no melhor idioma.

Muito obrigado, boa tarde.

 No.12727

Super Mario Odyssey!

Caramba, parece divertidíssimo, e os gráficos estão magníficos.

 No.12728

XANABLADE 2!
A
N
A
B
L
A
D
E

2
!

 No.12916

Este jogo parece que será excelente. Estava vendo o vídeo de gameplay, ele é bem mais aprimorado que o primeiro jogo. Eu já havia gostado do primeiro Yoru no Nai Kuni, mas este segundo tem tudo para superá-lo. Vai rodar lindamente em 1080p 60FPS cravados no meu PC (no vídeo tem quedas de FPS, mas posso garantir que o primeiro jogo no PC roda sempre em uma taxa fluída e sem quedas). Uma coisa que me incomodava um pouco no primeiro jogo era a câmera, mas neste parece bem mais dinâmica. Só esperando o anúncio para Steam.

http://gematsu.com/2017/06/nights-azure-2-gameplay-event-scene-videos

http://gematsu.com/2017/06/nights-azure-2-details-demon-malvasia-three-popes

http://www.siliconera.com/2017/06/27/beauty-meets-beauty-beauty-nights-azure-2s-new-trailer-gameplay-video/

 No.12936

http://store.steampowered.com/app/650110/Princess_Maker_3_Fairy_Tales_Come_True/

>Princess Maker 3 saindo no vapor


S-será que vão lançar todos?

 No.12941

>>12936
Pelo visto sim. Estou ansioso pelo 4, é o que tem o character design mais bonito de toda a série.

 No.12942

>>12941

Quero jogar o 5, pois parece bem diferente e interessante.

 No.12966

Yoru no Nai Kuni 2 será lançado para PC no dia 27/10/17. Pode ser que eu compre no primeiro dia este jogo, se não eu pegarei com certeza na Winter Sale deste ano.

http://www.siliconera.com/2017/06/29/nights-azure-2-launches-north-america-october-24-europe-october-27/

http://gematsu.com/2017/06/nights-azure-2-launches-ps4-switch-pc-october-24-north-america-october-27-europe

O primeiro jogo já foi bom mas este parece estar muito mais aprimorado.

 No.12971

Isso está na promoção no Vapor. Acho que depois de ver o vídeo relatado, parece-me um bom negócio.

 No.12972

File: 1498783469921-0.jpg (189.15 KB, 1280x720, 69861ca7b8e09835fe81096a9d….jpg)

File: 1498783469921-1.jpg (139.94 KB, 1280x720, 4427903ca6b4795d97f23c1e3e….jpg)

File: 1498783469921-2.jpg (100.89 KB, 650x366, monstermonpiece1.jpg)

>>12971
Parece muito bom, mas só vou pegar na Winter Sale. Até lá o preço baixa mais. Já vou comprar muitos jogos para esse semestre e ainda tenho mais alguns na conta.

Os que eu vou pegar hoje (e pagar amanhã) serão esses:

>Atelier Firis

>DLC da mizugi da Firis
>Scribblenauts Unlimited
>Senran Kagura Bon Appetit!
>Ghost 1.0
>Mini Ghost
>Middle-Earth: Shadow of Mordor

Gastarei R$ 146,72.

Já comprei com o saldo da conta:

>Portal 2

>Monster Monpiece

Se bem que ao ver a foto da mizugi da Sophie estou pensando em gastar mais R$ 5,00 pelo eyecandy. Apesar de achar muito estranho usar essas roupas e ver elas nos eventos com esses bikinis. No Tales of eu achava muito fora de contexto algumas roupas, mesmo elas sendo muito legais.

 No.12973

>>10880
Essa dublagem tá muito boa, mas deve ser melhor em japorengo.

 No.13002

Acho que não vou pegar nada nessa summer sale da steam, não tem nenhum jogo que eu faça questão de pegar, seria apenas por impulso.

 No.13004

Comprei todos os Nep Rebirth, gostei do primeiro, mas achei o segundo meio meh. Posso pular e ir direto para o 3?

Até gosto da Nepgear e da Uni, mas estou achando bem mais ou menos.
Também comecei a jogar o Fairy Fencer F, estou gostando e pensando em já comprar o Advent Dark Force, pois 80% de desconto é muito bom. Acho que o Megadimension vou deixar pra mais tarde por enquanto, já que ainda tenho o combo da Gust pra jogar.
Queria comprar o Berseria (com aquela merda de DRM) e Nier, mas ainda tá muito caro, acho que vou deixar pra depois. E eu pensando que não compraria nada nessa sale.

Gostaria de saber também se há alguma DLC interessante no Advent Dark Force, dei uma olhada em cada, acredito que não estou perdendo nada, mas achei que seria melhor perguntar.
Algum outro jogo weeb interessante que deixei passar que vocês recomendariam? Acho que já tenho os mais populares, exceto os novos e mais caros (R$70+). Não tive nenhum console depois do PS2, então a maioria pra mim é novidade.
Obrigadinho.

 No.13006

File: 1499031130959-0.jpg (583.08 KB, 640x1103, ysarkofnapishtim_pspbox.jpg)

File: 1499031130959-1.png (195.33 KB, 1280x1280, main2_bgt.png)

File: 1499031130959-2.jpg (484.37 KB, 1920x1080, Katsuragi melhor garota.jpg)

File: 1499031130959-3.jpg (320.93 KB, 1920x1080, loli tempo.jpg)

File: 1499031130960-4.jpg (263.57 KB, 460x215, header.jpg)

>>13004
No meu caso foi ao contrário. Eu joguei os de PS3 e não os de PC, então gostei mais do MK2 e do Victory que do primeiro (é que o original usa um sistema todo diferente, os de PC são bons). O 2 pode pular se não gostou muito, o Victory é muito bom e temos a Pururut que é uma das melhores garotas da série. Para jogar o V só precisa saber que as megamis tem imoutos e quem são elas, o restante é tudo novo.

Sobre jogo weeaboo tem vários na Steam. Recomendo:
>Rabi-Ribi (metroidvania com referências a GochiUsa)
>Senran Kagura Bon Appetit (música)
>Princess Maker 2 Refine (daughteru simulator)
>Nights of Azure (hack n' slash yuri)
>Atelier Sophie (JRPG)
>Atelier Firis (JRPG)
>Tales of Zestiria (action JRPG)
>Ys The Ark of Napshitim (hack n' slash com elementos de RPG)
>Ys Origins (hack n' slash com elementos de RPG)
>Fortune Summoners (action adventure com elementos de RPG)
>Rosenkreuzstilette (Rockman style)
>Forward to the Sky (action adventure)
>Senran Kagura Stival Versus (beat em' up ecchi)
>Momodora: Reverie Under the Moonlight (metroidvania)
>The Legend od Heroes: Trails in the Sky (JRPG)

Veja quais lhe agradam.

 No.13011

File: 1499046756212-0.jpg (490.55 KB, 1920x1080, Firis (1).jpg)

File: 1499046756212-1.jpg (473.57 KB, 1920x1080, Firis (2).jpg)

File: 1499046756212-2.jpg (510.94 KB, 1920x1080, Firis (3).jpg)

File: 1499046756212-3.jpg (330.89 KB, 1920x1080, Firis (4).jpg)

File: 1499046756212-4.jpg (368.66 KB, 1920x1080, Firis (5).jpg)

Estou adorando o Atelier Firis. Comecei a jogar ele hoje, e por enquanto é o que tem a exploração mais deliciosa de todos os Ateliers que já joguei até hoje. Eles fizeram em um modelo de mundo aberto parecido com o de Tales of Zestiria, então são mapas enormes com muitos itens para se interagir. Recém passei da segunda cidade e estou explorando os mapas, é muito divertida essa sensação de viajar por um mundo enorme em Atelier Firis.

As músicas continuam excelentes, mas desta vez quem merece destaque são os cenários. Pela primeira vez fizeram estilo mundo aberto e com mapas grandes, então ainda tenho que me acostumar. Os cenários estão bem mais bonitos se comparados com os ateliers anteriores, pois como dá para girar a câmera livremente podemos ver os arredores, então colocaram fundos mais detalhados. Podemos comparar Atelier Sophie com Atelier Rorona e Atelier Firis com Atelier Totori, é um salto bem semelhante.

 No.13013

Algum anão poderia me recomendar algum MMORPG? Eu estou procurando na steam, mas não acho nada de interessante, voltei a baixar o TERA que joguei uma vez há bastante tempo eu tinha gostado do sistema de combate que era em tempo real e não por "turnos".

 No.13020

>>13013
Não sei que tipo de experiência você busca em MMORPG (comércio, grind, farm ou clã), mas não existem muitas opções novas.
Tree of Savior é bonitinho, dá pra se divertir por umas 400 horas pelo menos, só fazendo as quests, mas o jogo é meio quebrado e até hoje tem problemas de desempenho e o caralho. Eu já parei de jogar faz alguns meses, mas eu me diverti durante a jornada de qualquer forma.

Elder Scrolls Online, é essencialmente um The Elder Scrolls, tem dublagem, pequenas quests no mesmo estilo do jogo offline, a main quest e side quests são decentes e no geral fornece também umas 300 horas só de quest + exploração das áreas, dungeons e quests fora da linha principal. O jogo, como um MMORPG, é bem casual. Não precisa se matar por grind, nem equipamento, nem nada. O único meta que o pessoal se esforça (e pouco comparado a outros jogos) é PVP e instância. Falando brevemente da casualidade, o sistema de equipamento do jogo é simples, os melhores equipamentos são feitos pelo jogador, literalmente qualquer jogador. Quando você forja um equipamento pode escolher o trait e depois você encanta. Assim como no single-player, você precisa upar o blacksmith/leather/cloth e enchant, você aprende novos traits/enchants reciclando um equipamento qualquer dropado. É só nesse ponto que o jogo possui o maior tempo de espera/progresso, a cada nova pesquisa o tempo de conclusão aumenta e os melhores traits precisam de 7/9 para serem desbloqueados, são cerca de 6 meses no total pra desbloquear a porra toda. Não é algo pra se desanimar, pois você pode simplesmente comprar de outro jogador e não é algo caro. Tem guild de anon e todo mundo forja de graça por lá, já que o jogo no geral é casual e foda-se o dinheiro, não tem muito uso mesmo. O jogo até tem economia e AH, mas não é essencial como você esperaria de um MMORPG, pois novamente ele é casual.
O combate pode ser em terceira ou primeira pessoa, o nível escala com o do personagem, então você pode ir pra qualquer lugar que quiser e explorar desde o level 1. Pode jogar sem usar nenhuma skill (ou só buff) se quiser, pode abusar de hotkey também, se quiser. Meio que tanto faz, dá pra progredir solo por todo o conteúdo, exceto alguns chefes que dão spawn por Tamriel. Ele é bem tranquilo, sem estresse, sem grind (só faz sentido se quiser ir PVP, e só pra fechar a build certinha - aliás tem reset pago com moeda do jogo mesmo), pouco farm (só pra pegar aquela arma/set que dropa, ao invés de forjar alguma coisa), bem 4fun, praticamente sem crianças, com jogadores andando e agachando/roubando (dá pra roubar npc, gaveta/baú, etc) e muito autismo (a maioria tem nome temático de acordo com a raça).
Geralmente não é o que se esperaria de um MMORPG, mas tá aí o review e recomendação se por ventura for de seu interesse. Prometeram achievements no Steam, mas até hoje nada (ainda não deu um ano, mas tá quase), então entre comprar na Steam e direto no site vai do seu gosto. E comprar o Gold Edition vale a pena só se quiser Thieves Guild ou Dark Brotherhood, apesar que Orsinium é bacana. A expansão de Morrowind é bem meh, questline é curta, inferior ou jogo base, é caro e de bom mesmo é só a classe exclusiva. Comprar fora da Steam costuma ser mais barato, e pode comprar na Kinguin/G2A se quiser, a ativação é no site, por launcher deles e não dá ban caso se preocupe (pois é impossível, por algum motivo a Zenimax não tem um banco de dados com os dados de venda/distribuição pra revogar key, de acordo com o próprio suporte), mas considere o preço com seguro (importante!).

Só pra finalizar, acho que o mais próximo de weeb e de "novo" é Tree of Savior e Final Fantasy mesmo.

 No.13021

>>13013

Tera é único em quesito de combate, até hoje poucos MMOs se comparam a ele.
Se quiser no máximo que vai encontrar é um Black Desert Online da vida, se for só combate que procura.

 No.13044

>>13011
Jogando um pouco mais notei uma queda de FPS em alguns momentos. Andando por uma floresta com muitas sombras e uma neblina começou, com mais uns efeitos no mapa, o FPS caiu para 54, as vezes tinha picos e ficava nos 40 e poucos. Baixei a qualidade da sombra para o médio e voltou a ficar com o FPS normal. Estou com uma RX 480 de 4GB, pensei que seria o suficiente para rodar Atelier Firis no máximo, mas devido a optimização não consegui rodar no full o tempo todo, mas na prática o efeito das sombras no médio não afetou tanto. Atelier Sophie e Yoru no nai Kuni rodou no full sem problemas. Espero que melhorem mais a optimização no Blue Reflection, Yoru no nai Kuni 2 e no novo Atelier para rodarem no máximo sem problemas no meu PC (está cedo para trocar a RX 480 por outra GPU).

 No.13045

>>13013

Se você gosta de Shadow of Colossus, quem sabe Dragons Dogma Online.

 No.13051

O único MMO que me prendeu foi ultima online, infelizmente não posso falar muito sobre isto.

No mais, comprei Princess Maker 1-3, Rabi Ribi e Neptunia Blanc +Neptune vs zombies, deu 100 reais, acho que é um bom gasto de minhas finanças.

 No.13055

File: 1499211129961-0.jpg (42.45 KB, 460x215, header.jpg)

File: 1499211129961-1.jpg (875.83 KB, 1920x1080, ss_4b940065622aaaa633a5072….jpg)

>>13006
Obrigado pelas recomendações, dei uma olhada em todos já e estou me preparando para finalizar o carrinho amanhã, quando acabar a promoção.

Notei que o Fairy Fencer F Advent Dark Force é um remake do original e não faz sentido eu gastar 18 reais em um jogo que eu já tenho, apesar dos extras. Não estava muito afim de grindar e pensei em comprar algumas DLCs, mas pelo que li nas reviews ela são OP além da conta. Fode não, também não quero jogar levando 0 de dano.

Da sua lista eu fico em dúvida se compro ou não Zestiria. Pelo que li quando o jogo apareceu no Steam é que ele não era dos melhores, e também não vi o anime pra ter algum hype por ele, apesar que é uma opção pois talvez faça eu apreciar ele mais (ou não, também não sei como foi a adaptação). Algum anão saberia me responder?

 No.13059

>>13055
O Fairy Fencer F Advent Force não é um remake, é o segundo jogo da série. Coisa de desenvolvedor japonês que não coloca numeração nos títulos e acrescenta subtítulos.

Sobre o Tales of Zestiria, o anime é um pouco diferente, foca mais na história e nos detalhes que não aparecem direito no jogo, bem como no jogo tem coisas que não aparecem no anime, fora que no anime criaram algumas coisas que no jogo não há. Mas eu gostei muito do jogo de Tales of Zestiria, pretendo jogá-lo novamente para fazer os extras. Tem um guia na Steam para tirar a trava de 30 FPS do jogo e fazer ele rodar em 60 FPS, recomendo fortemente (mas o Tales of Berseria já é 60 FPS nativo).

 No.13062

>>13059
>O Fairy Fencer F Advent Force não é um remake, é o segundo jogo da série.
Bem, não é o que dizem no fórum. Eu vi que tem conteúdo a mais, mas só teria interesse em fazer uma única rota de qualquer forma, não sei se teria saco pra rushar uma segunda/terceira e achievements.
https://steamcommunity.com/app/524580/discussions/0/135509124600011675/
https://steamcommunity.com/app/524580/discussions/0/2592234299549190160/
https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=860074676

>The game features improved graphics, larger fights and two additional storylines along with endings for every girl. Players can either follow the original storyline of Fairy Fencer F (called the Goddess route) or one of the other two alternatives, depending on your actions in Godly Revival.

http://fairy-fencer-f.wikia.com/wiki/Fairy_Fencer_F_ADVENT_DARK_FORCE

>Tem um guia na Steam para tirar a trava de 30 FPS do jogo e fazer ele rodar em 60 FPS

Darei uma olhada, obrigado.

>mas o Tales of Berseria

Ah, meua migo, nem me fale dele. Queria muito jogar, mas nem fodendo que pago aquele preço e ainda com aquela DRM de bosta. Se bem que ele está disponível desde fevereiro "gratuitamente".
Acho que vou comprar o Zestiria então, você tem alguma sugestão entre começar no jogo ou no anime ou ver os dois ao mesmo tempo?
Sinto um pouco de inveja da Rússia poder pagar 32 reais ;_;
Mas vou considerar comprar os dois Tales of e desistir do resto do carrinho.

 No.13066

>>13055
Estou caindo de paraquedas no fio, mas só para saber, o anime de Zestiria segue uma rota original tentando arrumar o que o game fez de errado e inserindo muito mais a Velvet de Berseria.

Particularmente eu não consegui jogar Zestiria por completo, parei na metade e não tenho vontade de jogar mais, Sorey é um personagem sem sal, ele é o típico personagem que quer salvar o mundo e deixar todo mundo feliz.

>>13062
Não faça isso, eu comprei Berseria quando saiu e não me arrependo nem um pouco da compra, o sistema de combate dele é o mesmo de Zestiria só que melhorado 1000 vezes e a história é muito mais interessante, Velvet Crowe é mais interessante do que Sorey, ela não quer salvar o mundo, ela quer matar o cara que salvou o mundo. Se eu fosse você aproveitava agora a promoção da steam e comprar o jogo por 99 reais.

 No.13069

>>13066
99 reais? Berseria tá R$ 77,99.
Depois do post eu comecei a pensar melhor, e realmente até poderia gastar R$100 pra levar os dois, mas não estaria aproveitando muito na série justamente por conta do MC do Zestiria (em questão de personalidade eu sou mais o Kazuma, Kazuma e afins). Acabaria não aproveitando tudo que o jogo tem pra oferecer, extras e as 150+ horas de jogo, por exemplo.
Comprarei o Berseria.

 No.13075

>>13062
Sou um dos quotados. Realmente, notei que o Fairy Fencer F Advent Force é uma espécie de "remake". Na verdade é a versão de PS4 portada para PC, a outra é a versão de PS3 portada para o PC.

 No.13076

Fate/Extella virá para PC ainda neste mês:

http://gematsu.com/2017/07/fateextella-coming-pc-via-steam-july-25

http://www.siliconera.com/2017/07/05/fateextella-heading-pc-july-25-2017/

Mais um jogo para a minha wishlist da Sale de Inverno.

 No.13084

>>13076
Filhos da puta, comprei um PS4 só para jogar essa merda e me lançam para o PC. Pelo menos tenho a edição Noble Phantasm.

 No.13085

File: 1499300134245.png (1.98 MB, 1362x1576, 984981681.png)

>>13069
78? Melhor ainda, compre que você não vai se arrepender. Eu havia comprado o Zestiria porque queria conhecer a franquia Tales of, mas depois de jogar um pouco eu deixei de lado, o hype só aumentou quando fiquei sabendo de Berseria. O único motivo que me faria voltar a jogar é para pegar as referências de Zestiria que se passam 1000 anos antes de Berseria, mas o anime faz mais referências do que o jogo. Sem contar que a Velvet é dublada pela Satou Rina que fez a Biribiri da série To Aru.

É engraçado que a party de Berseria não é bem um grupo de amigos querendo salvar o mundo. Cada um está lá por um objetivo específico que coincidentemente bate com o resto do grupo, tem gente que está lá só por diversão, outro quer matar o irmão, outro está procurando pelo capitão do navio pirata, outro está como "refém/espião", etc. Sem contar que tem várias cenas bonitas e trágicas, como o mindbreak que a Velvet tem ao descobrir a verdade sobre o irmão que ela quer vingar.

 No.13111

>>13076
Fornique sim. Agora só faltam lançar um "remaster" do CCC traduzido.

 No.13168

File: 1499648656287.jpg (373.15 KB, 1920x1080, Atelier Shirou.jpg)

Jogando Atelier Firis quando de repente um adepto do Shirouismo aparece.

 No.13280

File: 1500191269267.jpg (223.15 KB, 897x890, Garcia and Paula.jpg)

Comecei a jogar Shadows of the Damned.

A experiência é uma mistura de diversão com auto-tortura. Tortura por causa da quantidade de gore, diálogos com sentido sexual, sons perturbadores e aparência dos inimigos, e diversão pelo mesmo motivo, além do gameplay prender.

Tem a bizarrice característica dos jogos do Suda 51 e a trilha sonora é quase que idêntica dos Silent Hill, pois foi feita pelo Akira Yamaoka.

 No.13283

File: 1500226638572.png (810.33 KB, 1300x1700, 139172929982.png)

Anões, estou quase comprando um PS4 Pro, até combinei de comprar junto com um amigo, mas estou com um pouco de dúvida, queria a opinião de vocês.

Tem vários jogos novos que eu tenho vontade de jogar, mas ao mesmo tempo eu venho jogando cada vez menos vídeo-games, não tenho a mesma empolgação de antigamente, e não sinto mais prazer de conversar sobre o assunto. Além disso tem um monte de jogos acumulados que eu nem joguei ainda.

Ao mesmo tempo, o ruim de jogar apenas jogos mais antigos é que não consigo conversar com ninguém, o online é morto e não acompanho a época dos jogos novos.

O que vocês fariam no meu caso?

 No.13285

File: 1500232443746.jpg (47.1 KB, 504x722, download_20170716_130953.jpg)

>>13283
Difícil. Estou basicamente no mesmo dilema. Muito o que jogar, mas pouco tempo e ânimo. Nada mais me agrada, e quando agrada, não vou muito longe. No fim, só estou jogando mobage no celular.

Mas falando do ponto de vista de quem tem PC e PS4, não sei dizer se qualquer um dos casos resolveria seu problema. Montar um PC só faria seu backlog piorar ainda mais, perdendo todo o resto de ânimo que você ainda tem. E o PS4, por mais interessante que seja, só prenderá sua atenção por um tempo, até virar só mais um objeto ocupando espaço em sua estante, principalmente se já tiver PC.

Porém, se você quer só jogar mesmo, eu diria que o PS4 fornecerá menos distração. Você não se verá lurkando o sfc, ou navegando aleatoriamente na internet, enquanto estiver jogando no PS4, mas precisará se desligar de qualquer interação online pra curtir o que está jogando.

Just my two cents.

 No.13288

File: 1500241008648.jpg (40.11 KB, 500x490, Nepugya.jpg)

>>13283
>O que vocês fariam no meu caso?
Faria uma lista dos jogos que quero jogar independentemente se são novos ou antigos, então daria prioridade para os que me interessam mais. Ia comprar um PS4 ano passado, mas com todos os ports que tivemos acabei optando por um PC e está excelente. Não jogo nada por obrigação, só jogo os títulos que me interessam e quando interessam, então acontece de as vezes dropar algum jogo e voltar muito tempo depois e outros de eu ficar jogando só eles direto até platinar com mais de 70 horas de jogo.

Eu senti isso que você citou há uns anos atrás, lá por 2008. Acabou que só voltei a jogar videogames em torno de 2010, então mesmo tendo PC e podendo pegar um PS3 optei por jogar os títulos de PS2 pois vários me interessaram. Acabou que viciei em alguns jogos específicos e quando peguei o PS3 procurei mais semelhantes, e desde então não parei mais de jogar. Fazem anos que me falta tempo para jogar tudo o que quero (nesse meio tempo comecei a fazer estágio, trabalhar, graduação, especialização, mestrado, curso de japonês, etc…). Como citei ates, jogo o que me dá vontade, não tenho essa obrigação de "jogar o backlog". Só que eu costumo focar bem nos jogos, se eu estou a fim de jogar algo eu pego e o jogo até perder a vontade, ou seja, acabo terminando o jogo e fazendo os extras. Alguns jogos eu perco a vontade e depois ela volta, como aconteceu com Fate/Hollow Ataraxia que foram meses entre a data que comecei a jogar e de quando terminei. Outros jogos duram poucos dias como Atelier Sophie que joguei direto por uma semana até terminá-lo.

Sobre conversar com os outros, bem, costumo comentar nos fios daqui e do /jo/. Como eu gosto de jogar não me interesso muito em pausar para ir comentar sobre algo, mas quando surge a oportunidade acabo comentando quando alguém pede indicações ou também comenta que jogou/joga algum jogo. E como pode notar eu evito jogos online, tomam muito tempo e são virtualmente infinitos, então foco em jogos offline apenas.

Enfim, jogue apenas o que te interessa, não se force a jogar algo que não está a fim só para dizer que jogou. É bom fazer aquela listinha de jogos que te interessam por plataforma, então compre o PS4 ou melhore o PC dependendo de qual lista é maior.

 No.13292

File: 1500242299814-0.jpg (417.78 KB, 1920x1080, 20170715212700_1.jpg)

File: 1500242299814-1.jpg (387.03 KB, 1920x1080, 20170716155541_1.jpg)

Meu desu, Atelier Firis virou meu segundo Atelier favorito. Este jogo é muito bom. Quando o primeiro ano do jogo acaba começa a segunda parte que é muito boa. Os mapas deste jogo tem um tamanho muito bom e vários pontos para se explorar. O nível de desafio do jogo é bem melhor que seus antecessores, eles nerfaram bastante alguns traits dificultando a "quebra" dos atributos. Por enquanto foquei só na história da Lia-nee (adoro quando a Firis chama ela assim), não esperava por essas revelações e esse rumo que tomou, muito bom. O sistema de batalha me lembra bastante o de Atelier Shallie, bem melhor que o de Atelier Sophie. O mundo aberto é uma delícia, espero que no próximo Atelier façam assim também e com esta mecânica do atelier móvel.

 No.13295

>>13283
Sairia de casa.
Encontraria a fagulha para reacender a minha paixão.
Seja homem ou mulher.
Faria amizades.
Jogaria com meus amigos.
Continuaria feliz por jogar com os meus amigos, seja o jogo ou gráfico que for.
Vai pro mundo, cara.(O USUÁRIO FOI CONVIDADO A IR PRO MUNDO, CARA)

 No.13296

>>13295
Esse foi o pior conselho que já ouvi alguém dar.
Lá fora só tem dor, falo por experiência.

 No.13298

>>13283
Primeiro minha própria experiencia: Comprei um ps4pro neste ano e ainda não me arrependi, mesmo jogando pouco. Joguei poucos jogos, todos comprados em promoção (com o pouco tempo que estou tendo, Nier:Automata está como meu GOTY), tenho mais meia dúzia na wishlist, ainda acabou de sair FF XII e vai sair o VIIremake. Além disso pretendo comprar o Destinymeme 2 para jogar com um primo (só compre jogos online se já tiver com quem jogar).

Jogos de PC exclusivos pouco me interessam e não estou com vontade de comprar um PC para jogar, como já falaram há distrações de mais no PC (infernos, quanto tempo faz que terminei uma VN? É impossível se focar em algo no PC), apesar de que gostaria de ter ~3 monitores(+1 tv 4k) e pretendo montar um PC o suficiente para isto ano que vem, por isto imagino que o PS4 esteja sendo de valia p/ minha pessoa.

Concordo com o "Faça uma lista de jogos", acho que qualquer coisa menor do que 10 jogos que te interessem não valeria a pena comprar o consolo. Recomendo que liste suas necessidades e quais o PS4 viria a calhar.

 No.13300

File: 1500255245158.png (551.28 KB, 1024x768, 135111694767.png)

Obrigado pelas respostas, anões.

>>13285
>Muito o que jogar, mas pouco tempo e ânimo
É isso o que acontece comigo, eu tenho vontade de jogar mas não sinto a empolgação de começar de fato, fico procrastinando.
Por causa disso tem jogos que eu comprei faz anos e que não toquei até hoje.

Sobre a questão de distrações, eu praticamente não ligo mais o PC durante a semana por causa disso, e estou sentindo que consigo aproveitar mais o meu tempo livre.

>>13288
>Não jogo nada por obrigação, só jogo os títulos que me interessam e quando interessam
Então, eu sou assim também, todos os jogos que eu peguei é porque em algum momento eu fiquei muito empolgado com eles, e só jogo quando bate uma vontade especial.
O problema é que cada vez menos sinto essa vontade, por isso o questionamento. Se continuar nesse ritmo, a compra do PS4 Pro (ou de qualquer outra plataforma de jogos) talvez não valha tanto a pena.

>Sobre conversar com os outros, bem, costumo comentar nos fios daqui e do /jo/

Então, eu acessei o /jo/ assiduamente por alguns bons anos, mas hoje em dia não acesso mais. O que me desanimou é que apesar de venderem a ideia de que era uma board pra "jogadores entusiastas de vídeo-games", eu não conseguia discutir sobre a grande maioria dos jogos que eu jogava, além de praticamente todas as opiniões serem enviesadas pra plataforma que preferem.
A gota d'água pra mim foi quando criei uma thread do Xenoblade Chronicles X no começo do ano passado e não consegui discutir o jogo. Nunca mais abri a board desde então.

Usei também um pouco o Reddit e o Neogaf, o formato do Reddit não me agrada muito. O Neogaf é um pouco melhor mas não muito, e tem alguns outros problemas.

O chato é que eu nunca consegui discutir sobre os jogos, praticamente. Eu jogo e guardo pra mim, tudo bem que eu jogo pra me divertir mas às vezes questiono até que ponto vale a pena, já que daqui alguns anos não vou mais lembrar tudo e vou morrer um dia.

>É bom fazer aquela listinha de jogos que te interessam por plataforma

No PS4, de cabeça tenho mais interesse no Bloodborne, Persona 5, NiOh, Uncharted 4, Dark Souls 3, NieR: Automata e Destiny 2. Não é nenhuma lista impressionante, mas pro meu gosto é a plataforma atual com a melhor lista.
No PC seria Dark Souls 3 e NieR: Automata, só que perderia os outros exclusivos que me interesso, pagaria mais caro no hardware e não teria os troféus no meu perfil da PSN.

>>13295
>>13296
O meu problema é que como eu tenho gostos muito específicos e não populares, não consigo criar conexões com as pessoas com facilidade.

Eu queria dissertar mais sobre esse assunto relacionando com a sociedade e os hobbies nipônicos mas acho que descarrilharia a thread.

>>13298
Bom saber que alguém está gostando do PS4 Pro. Se eu comprar, acho que vou tentar comprar apenas um jogo por vez e só comprar mais quando zerar.

 No.13301

File: 1500256279544.jpg (23.05 KB, 450x438, 1484668503506.jpg)

>>13300
>mas às vezes questiono até que ponto vale a pena, já que daqui alguns anos não vou mais lembrar tudo e vou morrer um dia.
Assim como qualquer coisa. Uma pessoa que viaja pelo mundo pode falar isso, ou alguém que lê muitos livros também pode dizer o mesmo, e por aí vai. Se pensar assim não vai fazer nada porque vai se esquecer e morrer mesmo.


>Sobre a questão de distrações, eu praticamente não ligo mais o PC durante a semana por causa disso, e estou sentindo que consigo aproveitar mais o meu tempo livre.

Isso acontece mesmo. Eu parei de acessar o /b/ fazem alguns anos, por isso consigo fazer mais coisas que antes não fazia porque ficava dando F5 para acompanhar dezenas de fios. Agora só tenho acompanhado do /jp/ do SFC e o /jo/ que tem um fluxo de postagens menor. Tem dias que acabo acessando uma ou duas vezes cada um apenas.


>O meu problema é que como eu tenho gostos muito específicos e não populares, não consigo criar conexões com as pessoas com facilidade.

Estava pensando sobre isso essa semana. Eu tenho uns três grupos distintos de amigos, cada qual é por um hobbie diferente. Nenhum dos meus amigos tem os todos os mesmos hobbies que eu, então tem coisas que falo e faço com uns e não com outros. E isso também é relatado para jogos, já que vários jogam no PC ou em consoles, só que os mesmos jogos que eu nenhum deles (as vezes indico alguma coisa para um que outro quando encaixa no perfil, mas são raras as indicações por causa dos gostos).


>Se eu comprar, acho que vou tentar comprar apenas um jogo por vez e só comprar mais quando zerar.

Na geração passada quando estava com o PS3 eu fazia isso, e compensa muito. Como eu comprava apenas um jogo por vez acabava pesquisando cada título por muito tempo. Então meu hype aumentava muito, quando o jogo chegava focava em jogar só aquele.

 No.13302

File: 1500258873438.jpg (615.96 KB, 1080x1080, 59143440_p0.jpg)

>>13300
>eu praticamente não ligo mais o PC durante a semana
Preciso aprender a fazer isso. Estou perdendo tempo demais lurkando em sites aleatórios. E olha que eu nem acesso outros chans além daqui.

Pior que é engraçado. À cada nova geração de consoles anunciada, mais e mais distrações são oferecidas aos jogadores. O PS4 mesmo tem muitas funções sociais irrelevantes, como fóruns, histórico de atividades, compartilhamento de fotos e vídeos etc. Dá pra falar com segurança que atualmente grande parte dos jogadores não joga pra si só, mas sim pra mostrar aos outros que realizou alguma façanha…

>O chato é que eu nunca consegui discutir sobre os jogos

O que eu acho mais engraçado é que mesmo que todos os jogadores do sfc tenham a mesma vontade de discutir à respeito de jogos que nós gostamos, é bem raro ver alguém abordando algum assunto do tipo com mais "vontade". Há menções aleatórias sobre jogos, mas que costumam ser ignoradas pela grande maioria.

E o mais engraçado disso tudo é que mobages acabam tendo discussões mais produtivas que jogos de consoles/PC. Só ver que fomos obrigados a criar um fio separado, justamente por estar havendo um fluxo enorme de postagens e imagens. Em pouco mais de um mês tem bem mais postagens que este fio.

Creio eu que se o pessoal parasse de se preocupar mais com a plataforma que cada um estivesse jogando, e focassem mais nos jogos em si, o fio principal de jogos daqui teria bem mais discussões produtivas.

>No PS4, de cabeça tenho mais interesse(…)

>Sem Gravity Rush
Por que ninguém gosta da Kat? ;-;

Mas secundo sua lista de jogos. Eu até incluiria Evil Within no meio, por ser um excelente survival. E se tiver com quem jogar, Dying Light é excelentíssimo. Até Batman: Arkham Knight é um excelente jogo. E vale lembrar que se for pegar o Bloodborne, o DLC é mais que obrigatório.

 No.13304

>>13302
Eu posto bastante nos fios de animu, mas não participo dos fios de jogos porque console é fora de questão para mim.
Os poucos jogos japoneses que saem para PC são ports de jogos de console. Já tentei jogar alguns, mas não gostei de nenhum.
São jogos sem multiplayer (que eu gosto muito), para ser controlados por gamepad (o que eu odeio, me sinto um atleta paraplégico) e com muito conteúdo repetido.
Quando a arte é bonita, a qualidade porca do 3D atrapalha.
Além disso, a maioria das histórias são genéricas ou mal adaptadas pro inglês.
Só a dublagem boa não salva.

Resumindo, é questão de gosto mesmo. Eu gosto muito de animus mas prefiro vidia ocidental.

 No.13318

File: 1500347663037.jpg (120.88 KB, 600x258, Aimasu-vs-Rabu-Raibu-Talk.jpg)

>The Idolmaster vs. Love Live
Sei que isso nunca vai acontecer, mas seria puro lulz. Jogo de luta crossover de idols.

http://gematsu.com/2014/11/blazblue-dengeki-bunko-fc-devs-want-make-idolmaster-love-live-fighting-games

Não duvido que daqui um tempo façam um crossover de luta com personagens de Neptunia.

 No.13319

>>13318

Rapaz, não duvido que seja possível. Principalmente vindo da Cygames.

 No.13362

>>13301
>Assim como qualquer coisa. Uma pessoa que viaja pelo mundo pode falar isso, ou alguém que lê muitos livros também pode dizer o mesmo, e por aí vai. Se pensar assim não vai fazer nada porque vai se esquecer e morrer mesmo.
Entendo. Mas algumas pessoas consideram que certas coisas são mais importantes que outras na vida. Por exemplo, alguém pode considerar que uma viagem é uma experiência de vida mais significante do que jogar um jogo que você não consegue conversar com ninguém e que vai esquecer os detalhes depois de alguns anos.

>>13302
>Preciso aprender a fazer isso. Estou perdendo tempo demais lurkando em sites aleatórios. E olha que eu nem acesso outros chans além daqui.
Graças ao smarthphone eu praticamente não preciso mais usar o PC, acesso pelo celular mesmo os sites que eu acompanho em momentos ociosos do dia, e graças a isso nem preciso ligar o PC durante a semana, até porque tenho a impressão que fóruns e imageboards estão em decadência, então acessando uma vez por dia já dá pra ver tudo que tem de novo, praticamente.

Realmente senti que aproveito muito mais o meu tempo livre.

>O que eu acho mais engraçado é que mesmo que todos os jogadores do sfc tenham a mesma vontade de discutir à respeito de jogos que nós gostamos, é bem raro ver alguém abordando algum assunto do tipo com mais "vontade". Há menções aleatórias sobre jogos, mas que costumam ser ignoradas pela grande maioria.

Eu acho que é um problema do tipo "ovo e a galinha". As pessoas não se sentem animadas pra postar com mais "vontade" porque sabem que dificilmente terão uma discussão satisfatória, e ao mesmo tempo as discussões satisfatórias não acontecem porque as pessoas não postam com "vontade".

Mas acho que não tem solução pra isso, talvez "jogos japoneses" seja um tema muito abrangente pra conseguir criar uma afinidade e vontade de discussão nas pessoas.

>Creio eu que se o pessoal parasse de se preocupar mais com a plataforma que cada um estivesse jogando, e focassem mais nos jogos em si, o fio principal de jogos daqui teria bem mais discussões produtivas.

É que pra mim não tem como ter uma discussão saudável a partir do momento que falam que determinados jogos ou séries são uma bosta, mas quando lançam pra PC magicamente as pessoas começam a falar bem e a querer discutir. Apesar disso acontecer com menos frequência no SFC, muitas opiniões acabam tendo o mesmo problema. Por isso que parei de acessar o /jo/.

>Mas secundo sua lista de jogos.

Obrigado. Fazendo a lista eu fiquei surpreso por não ter tantos jogos assim que me interessam nessa geração, mas pelo menos os que interessam são God Tier pro meu gosto, por isso estou querendo pegar o PS4.

>>13304
Se você tiver um gosto parecido com o meu, nunca vai gostar de jogos japoneses jogando só no PC. Eu também não gosto dos jogos japoneses que lançam pra PC.

A grande maioria dos jogos que eu gosto nunca lançam pra PC.

 No.13363

>>13362
E qual jogo você me recomendaria, considerando que eu:
1. Não gosto de jogos com gráficos ruins (a arte pode ser simples, só não quero polígonos faltando e texturas de baixa resolução);
2. Gosto de multiplayer on-line com várias pessoas, pode ser co-op ou versus;
3. Odeio jogos com jogabilidade ruim;
4. Não gosto de ficar subindo 100 andares de uma torre com andares iguais uns aos outros (sim, estou usando Persona como exemplo).

 No.13364

File: 1500819768764.png (2.37 MB, 1960x1468, 09g5i1b[1].png)

>>13363
Pelos pontos que você colocou, recomendo Splatoon, Mario Kart e Bloodborne.

 No.13368

File: 1500822489468.jpg (94.4 KB, 1280x720, maxresdefault[1].jpg)

>>13280 aqui. Terminei Shadows of the Damned.

É o terceiro jogo do Suda 51 que eu jogo, tinha jogado antes Lollipop Chainsaw e No More Heroes, sendo que esse último ainda preciso terminar.

Você joga com o Garcia, que é um mexicano caçador de demônios, que um dia encontrou a Paula numa lixeira atrás do supermercado, sem lembrar de nada. Ele leva ela pra casa pra cuidar dela e com o tempo os dois começam a viver como amantes. Até que um dia o lorde dos demônios chamado Flemming captura a Paula e a leva pro inferno pra fazê-la sofrer eternamente. O Garcia então vai pro inferno pra salvá-la.

O jogo é literalmente um "Resident Evil 4 meets Silent Hill meets Suda 51". A jogabilidade é bem parecida com a do Resident Evil 4 porém com umas mecânicas bem interessantes, o design dos inimigos parece um misto de Resident Evil 4 com Silent Hill, e muitos elementos do plot e a trilha sonora como um todo lembram Silent Hill.

Uma coisa que se destacou no jogo pra mim foram uns livros que você encontra que conta uma história mórbida sobre cada um dos chefes quando eram humanos, antes deles se tornarem demônios. Parecem contos que o Junji Ito teria escrito ou algo assim. E o ponto principal pra mim é o humor característico do Suda 51, pra quem não gosta de SJWs e gosta de hypermasculinismo, é um prato cheio.

A trilha sonora me deixou com saudades de Silent Hill, porém. Pena que não fazem mais bons Silent Hills.

 No.13369

>>13364
Splatoon e Bloodborne são third person shooters, né? Se for mesmo, eu não consigo jogar esses jogos em gamepad porque fico me sentindo um tetraplégico, com dificuldade de fazer algo tão simples de com teclado e mouse.

Mario Kart eu já joguei o do Nintendo 64 e o do Wii U. É bem legalzinho, mas não vale o preço de um console só pra isso. Também duvido que você queria comentar aqui na thread sobre Mario Kart.

Eu sei que o que eu quero não existe. E eu sei que o problema não são os jogos japoneses, mas o meu gosto que não encaixa. Mas eu adoraria ter versões com meninas fofas e bem dubladas de jogos como Team Fortress, Torchlight, Age of Mithology e tal.Splatoon teria muito potencial se fosse em primeira pessoa, com mouse e teclado.

 No.13370

>>13369
>Splatoon e Bloodborne são third person shooters, né?
O Splatoon é um third-person shooter, já o Bloodborne é um action RPG em terceira pessoa.

>Se for mesmo, eu não consigo jogar esses jogos em gamepad porque fico me sentindo um tetraplégico, com dificuldade de fazer algo tão simples de com teclado e mouse.

Então, eu jogo no PC e nos consoles e me orgulho de ser bom com ambos os tipos de controles. Geralmente eu torço o nariz quando alguém reclama de controles porque pra mim não é um motivo de orgulho e sim de vergonha.

Quer dizer, quem você admiraria mais, um corredor que é bom com qualquer carro que ele pegue ou um que só sabe pilotar um modelo? Um soldado que é um super sobrevivente com qualquer arma que pegue ou um que só sabe usar a arma que ele foi treinado?

Em todo caso, a experiência no Splatoon é totalmente diferente porque você controla a mira com o giroscópio do GamePad, então com poucos minutos de jogo já fica incrivelmente natural e fluído.

O Bloodborne, como toda a série Soulsborne, não envolve muita mira e foi projetada para ser jogada com um controle, então acredito que você não teria problemas, além de ter co-op e PvP, que você disse que gosta.

>Também duvido que você queria comentar aqui na thread sobre Mario Kart.

Na verdade eu quero, pra mim o que faz as discussões interessantes são as pessoas, às vezes as coisas mais bobas podem dar discussões interessantes. Tanto que eu vivo comentando sobre platformers da Nintendo, como Super Mario 3d Land, Super Mario Bros U e Donkey Kong Country Returns 3D, que apesar de em primeira vista acharem que não rendem discussões, acho que pode ser agradável de se conversar. Na época que eu acessava o /v/ via várias discussões divertidas sobre os platformers da Nintendo.

>Eu sei que o que eu quero não existe. E eu sei que o problema não são os jogos japoneses, mas o meu gosto que não encaixa

Você que está assumindo isso sem testar a biblioteca dos consoles. Quando eu montei meu PC na geração passada, também achei que eu não gostasse dos jogos japoneses modernos, mas quando voltei pros consoles descobri que o problema não era eu e nem os jogos japoneses, e sim que eu não gostava dos jogos japoneses que lançavam pra PC.

>Mas eu adoraria ter versões com meninas fofas e bem dubladas de jogos como Team Fortress, Torchlight, Age of Mithology e tal

O Splatoon é basicamente um Team Fortress bom e com squidgirls. O jogo todo foi projetado pra ser em terceira pessoa, se fosse em primeira pessoa não seria nem 40% do que é e nem tão fast-paced.

Os nipônicos não costumam fazer jogos como Torchlight e Age of Mithology, mas sinceramente até no PC esse tipo de jogo está em falta. Desses estilos os últimos que eu gostei foram Diablo 3 e StarCraft II. Mas se você gosta de estratégia e garotas fofas, poderia dar uma olhada em Fire Emblem. E se gosta de jogos baseados em loot mais roguelikes, poderia dar uma olhada no Let It Die, não joguei mas parece interessante.

 No.13372

>>13370
Eu não me orgulho de não gostar de gamepad para jogo de tiro, mas eu acredito que a sua analogia foi muito ruim.
Acredito que gamepad para jogo de tiro é simplesmente a ferramenta errada. Uma boa analogia seria usar um serrote para fincar um prego.
Digo isso porque, não importa quão bom você seja com o gamepad, ainda perderia para um iniciante com mouse+teclado.

>O Splatoon é basicamente um Team Fortress bom e com squidgirls.

Sim, eu percebi isso. Mas TF2 é de graça e roda em qualquer computador velho (até linux), além de ser primeira pessoa, mouse+teclado e internet de graça (Não sei se a Nintendo cobra pra jogar pela internet). Considerando todos esses pontos, eu acho que não é um jogo que vale mais que 20~30 reais.

Vou dar uma pesquisada sobre os outros jogos que você citou. Fire Emblem eu já li sobre.

 No.13373

File: 1500843901271.jpg (199.16 KB, 1280x720, 2128997-169_pikmin3_review….jpg)

>>13372
>mas eu acredito que a sua analogia foi muito ruim.
>Acredito que gamepad para jogo de tiro é simplesmente a ferramenta errada. Uma boa analogia seria usar um serrote para fincar um prego.

Mas não é a ferramenta errada se o jogo foi projetado para aquele controle. Splatoon foi projetado desde o início pra ser jogado com GamePad e giroscópio, todas as mecânicas foram desenvolvidas e os testes de qualidade foram feitos pensando nesse controle.

A mesma coisa com Halo ou Killzone, foram projetados para serem jogados com controle, todo o pacing e as mecânicas do jogo foram desenvolvidas e testadas para isso.

>Digo isso porque, não importa quão bom você seja com o gamepad, ainda perderia para um iniciante com mouse+teclado.

Mas é a mesma coisa que falar que não pode ter um campeonato de espadas porque perderiam pra um iniciante com uma arma de fogo.

>Mas TF2 é de graça e roda em qualquer computador velho (até linux), além de ser primeira pessoa, mouse+teclado e internet de graça (Não sei se a Nintendo cobra pra jogar pela internet).

Baixei TF2 ano passado e achei impossível de se divertir, o jogo ficou uma completa bagunça com aquele um milhão de itens dropáveis com efeitos diferentes.

O online do Wii U é de graça, só precisa ter o console e os jogos. O Nintendo Switch eu já não sei.

>Considerando todos esses pontos, eu acho que não é um jogo que vale mais que 20~30 reais.

Então o problema é outro, não é que você não gosta de jogos japoneses ou que os jogos japoneses de consoles não te atraiam, e sim que você não acha que o preço vale a pena.

Eu, por exemplo, adoraria jogar Halo, mas também acho que não vale a pena comprar um Xbox só pra isso. Mas isso não significa que Halo seja ruim, apenas significa que eu não acho que valha o investimento.

>Vou dar uma pesquisada sobre os outros jogos que você citou. Fire Emblem eu já li sobre.

Um outro jogo que eu lembrei que você pode gostar é Pikmin, é um RTS feito pela Nintendo.

 No.13378

File: 1500909209716.jpg (470.07 KB, 606x1200, 32013583_p6.jpg)

Ninguém aqui está jogando/já jogou Danganronpa? Terminei o SDR2 ontem e puta que pariu, achei sensacional, melhor que o 1 em diversos aspectos. Por enquanto terminei apenas a história principal, ainda falta o Island Mode, o minigame da Usami e a LN.

Tentei puxar o assunto no /vlm/ mas não deu muito certo.

Meu corpo está 100% preparado para o V3. Assim que possível comprarei o Another Story.

 No.13622

Fiquei em dúvida se isso se encaixa melhor aqui ou no fio de notícias. Como é adaptação de um jogo, resolvi postar aqui.

>A-1

B-Bem, pelo menos temos uma boa equipe de VAs!

 No.13627

File: 1502192528824.jpg (56.7 KB, 760x428, AtelierLidyandSoeur.jpg)

Mais informações do novo Atelier. A seiyuu da irmã mais velha é a mesma da Kanna de Kobayashi-san chi no Maid-dragon.

>3D models are said to have been vastly improved for this title.

>Possibly the conclusion of the Mysterious series.
>No protagonist selection.
>Since it’ll be an adventure inside a painting, Gust originally had idea of having you adventure past Atelier games, Blue Reflection, and such through paintings. However, this idea was rejected after considering the world setting.
>Although, there might be a little something [laughs].
>You’ll meet residents living inside the painting.

>Battles consist of three pairs of characters for a total of six characters in a party.

>Synthesis during battle is called “Battle Mix.” The synthesis itself takes on a simple form, allowing players to instantly create an item using the items they already have in their possession.
>The game will have the feeling of an adventure while still mainaining its Atelier-ness.

Pelo que passou acho que será um jogo com mapas grandes (como Firis), mas delimitados pelo mundo de cada pintura. Então vai ter uma cidade principal onde vai estar o atelier das irmãs, logo não será bem mundo aberto, mas também não terá mapa-mundi para ficarmos nos movendo. Pessoalmente eu gostei da ideia que foi descartada de viajar entre os mundos dos Ateliers anteriores, mas seria melhor aproveitada em um jogo crossover, fizeram uma boa decisão de design. Estou curioso pelo sistema de batalha, isso dos personagens acompanharem o protagonista lembra Tales of que controlamos um personagem e programamos os outros.

http://www.siliconera.com/2017/08/08/atelier-lidy-soeur-revealed-switch-ps4-ps-vita-launches-winter-2017-japan/

http://gematsu.com/2017/08/atelier-liddy-soeur-launches-ps4-switch-ps-vita-winter-japan

 No.13629

>>13627
Nunca fui muito fã dessa mudança que eles resolveram fazer, de tornar os jogos mais parecidos com um RPG de aventura. Com aquele Atelier-de-bolso que você pega e monta em qualquer lugar. Pra mim os jogos antigos eram melhores, do Rorona até o Ayesha.

 No.13630

>>13622
Terminei de jogar o Persona 5 recentemente. Bom jogo, mas continuo achando o 4 melhor. Os personagens e a história do 4 são mais legais.

 No.13633

>>13622
Esperar o hype passar pra poder jogar sem influências desnecessárias. Ou talvez eu só assista o anime mesmo e fica por isso.

 No.13634

>>13629
Não era em qualquer lugar, é somente onde tem as fogueiras de acampamento (campfire). Isso dinamizou bastante para um jogo de mundo aberto, que era a premissa do Atelier Firis, só nele tem isso. Os mais focados em aventura são o Atelier Totori, o Atelier Ayesha e os Atelier Iris 1 e 2, gostei muito de todos, destes o Ayesha é meu favorito e em segundo lugar o Firis. Mas este novo parece que vai ter uma cidade base novamente, então a aventura é nas pinturas e depois retorna ao Atelier delas.

 No.13679

File: 1502331991839-0.jpg (98.33 KB, 640x426, l_5989ea037ebb2.jpg)

File: 1502331991839-1.jpg (161.33 KB, 658x871, 20170809_094239.jpg)

File: 1502331991839-2.jpg (239.46 KB, 808x1144, 20170809_094207.jpg)

File: 1502331991839-3.jpg (54.31 KB, 481x379, 20170809_094259.jpg)

Mais informações sobre o novo Atelier. Já estão elaborando teorias, falando que essas garotas são irmãs da Cornelia do Atelier Sophie (já que ela fala no jogo que não sabe de onde veio e de onde surgiu seu poder de alquimia), e as gêmeas realmente tem a mesma cor de cabelos e olhos que a Cory. Caguei até um tijolinho quando li essa teoria pela primeira vez.

Mais informações do jogo:

http://www.siliconera.com/2017/08/09/atelier-lydie-soeur-reveals-twin-protagonists-pretty-painting-world-new-features/

http://gematsu.com/2017/08/first-look-atelier-lydie-soeur-alchemists-mysterious-painting-protagonists

No geral gostei da premissa e das protagonistas. Uma tem duas armas de fogo, adoro esse estilo de arma. Apesar disso o design delas não me chamou tanto a atenção (quase como o que aconteceu com a Sophie), a Lidie é bem "padrão" para uma alquimista da série Atelier, mas gostei da Su, ela parece bem fofinha.

 No.13689

>>13679
A Corneria é a minha personagem favorita do Atelier Sophie. Ela tem o melhor design do jogo, a loja mais útil do jogo, a personalidade mais adorável do jogo e a melhor voz da dublagem japonesa, literalmente não possui defeito algum.

Quando li o seu texto fiquei com o maior hype do mundo, mas depois de abrir a primeira imagem acabei achando as protagonistas meio genéricas. Elas ficaram bonitas nos desenhos, mas não acho que os designs ficaram bons em 3d.

 No.13694

Esse jogo parece que vai ser muito bom.

 No.13751

File: 1502722842782-0.jpg (89.36 KB, 600x828, Atelier-Lydie-and-Soeur-Al….jpg)

File: 1502722842782-1.jpg (161.55 KB, 600x1331, Atelier-Lydie-and-Soeur-Al….jpg)

File: 1502722842782-2.jpg (402 KB, 1920x1080, Atelier-Lydie-and-Soeur-Al….jpg)

Meu desu, acho que estou apaixonado pela Su-chan, ela é muito fofinha! Tem tudo para ser um ótimo jogo. Mais alguns detalhes revelados:

http://gematsu.com/2017/08/atelier-lydie-soeur-alchemists-mysterious-painting-first-details-screenshots

 No.13827

File: 1502943267075.png (298.05 KB, 554x540, goddessesonline.png)

>To ensure a smooth gameplay experience, the Steam version of the game has been rescheduled for an early 2018 launch.
Poxa.

 No.13828

>>13827

Deve ser porque as pessoas estavam deixando de comprar a versão console pra comprar a de pc por ser mais barato.

 No.13829

>>13828
Com certeza. É mais ou menos como o delay entre passar no cinema e sair em dvd/bd, que no japão é particularmente grande.
Eles querem dar um tempo para vender o mais caro primeiro, e de quebra ainda ganham mais tempo para descansar um pouco e terminar o port, se é que adicionar suporte para mouse/teclado e linkar com a API do Steam pode ser chamado de port.

 No.13833

>>13827
Só vou jogar esse jogo na Sale de Inverno do ano que vem pelo jeito. Na Sale de Verão vou ter muitas coisas para comprar/jogar.

 No.13835

File: 1502977528038-0.jpg (118.41 KB, 1125x1125, download_20170817_104222.jpg)

File: 1502977528038-1.jpg (220.53 KB, 1920x1080, download_20170817_104159.jpg)

De tempos em tempos eu sinto uma vontade imensa de jogar algum musou, só que desta vez o hype está tão grande pelo Dynasty Warriors 9 que eu não consigo jogar mais nada. Principalmente agora, que a Koei compartilhou imagens do novo design de minha personagem favorita, Lu Lingqi.

Apesar de eu não ter gostado da nova arma que ela está usando espada e escudo ao invés de uma crossed pike, gostei bastante de seu novo design.

Só espero que a Koei não demore muito pra lançar o jogo na Steam, pois o hype está enorme.



Deletar Mensagem [ ]
[Voltar] [Vá para o topo]
[ jp / vlm ] [ th / k ] [ p ] [ mod ] [ irc ]